segunda-feira, 21 de março de 2016

Esquadrão Dimensional Force Five - Ep 09

poster_definitivo.png

Fala Galerinha, chegando depois de tanto tempo pra mais um episódio do Esquadrão Dimensional Force Five. Nesse epísodio, algumas coisas que envolvem a historia de Tatsumi Mitsubasa serão reveladas, novos inimigos surgirão e as consequências desses acontecimentos pode acabar de vez com o grupo de guardiões dimensionais. Boa leitura a todos.


Últimos Episodios:
Ep05; Ep06Ep07Ep08;  

Episódio: Revelações


DIMENSÃO ARGÓS


O alarme da Central Base tocou enlouquecidamente. Os Force Five foram chamados e imediatamente enviados a dimensão onde toda essa guerra começou, Argós. O céu de Argós ainda se conservava meio escuro com nuvens ainda mais negras, como se o apocalipse tivesse passado por aquela dimensão anos atrás. O solo, apedregulhado com algumas poucas filetas de matos secos, tinha ainda em sua composição buracos provocados por erosões no solo. Neste ambiente, os Force Five, já transformados corriam com urgência em direção a um morro que estava a frente deles. Instintivamente eles param a frente do morro. Raios e relâmpagos cortavam os céus nesta hora.


Pink Force: O que está acontecendo?


Red Force: Fiquem espertos, Tatsumi nos avisou que algo estava prestes a acontecer?


Blue Force: Não to vendo nada aqui.


Neste instante, uma enorme chuva de raios e relâmpagos começam a descer dos céus e cair sobre os Force Five provocando enormes explosões ao redor do espaço, envolvendo-os em chamas e fumaça e projetando os corpos dos cinco no ar.


Force Five: AARRAAAARRGGGGGGHHHHHHHH!!!!!!


Eles vão ao chão se chocando com o solo com extrema violência.


Red Force tentando se levantar:  Mas afinal o que é isso?


Pink Force:  Pessoal, olhem lá!!


Quando os cinco olham em direção ao morro, percebem a figura de um ser que se aproximava cada vez mais, ate parar na beira e olhar para baixo na direção deles.


Ele usava uma capa preta esverdeada e um elmo que cobria toda a cabeça, estilo cavaleiro medieval, o qual, a parte da frente possuía um visor preto que atravessava lado a lado e uma faixa de metal dourado que descia pelo seu rosto. Vestia uma armadura prata que era constituída de um metal especial, com um colam preto por baixo. Sua armadura era capaz de aguentar grandes impactos. Em seu cinturão, do lado direito ele carregava um coldre com uma arma laser, do outro lado, encaixado ao cinturão existia uma bainha onde ele carregava seu maior bem, sua espada.


Red Force: Quem é você?


O guerreiro misterioso então resolve quebrar o silêncio e se revelar aos guardiões.


Zandor: Eu sou Zandor….


Nesse momento um relâmpago corta os céus iluminando mais o espaço e preenchendo a pausa dada após a apresentação do guerreiro, depois disso ele prossegue.

zandor.jpg


Zandor: Caçador de Guardiões.


Outro relâmpago, como se fosse o preludio de que algo ruim estava prestes a acontecer, corta os céus novamente.


CENTRAL BASE - ABAIXO DO PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA


Dentro da Central Base, Tatsumi Mitsubasa e Hikari estavam de olho no monitor que trazia a eles contato visual de tudo que acontecia na Dimensão de Argós.


Ao ouvir o nome do Caçador de Guardiões Zandor, Tatsumi Mitsubasa sente um gelo na espinha.


Hikari: Esse cara não parece ser um inimigo comum como os outros que já enfrentamos.


Tatsumi: Então, ele ainda estava vivo!


DIMENSÃO DE ARGÓS


Zandor retirando sua espada da bainha: A muito tempo que ando vagando pelas dimensões destruídas, resultado da guerra que ocorreu a cem anos atrás, caçando guardiões.


Zandor vira seu rosto como se parasse para recordar alguma coisa e prossegue com sua explicação.


Zandor: Claro que matei muitos guardiões antes da guerra, mas a maioria morreu durante a ela defendendo todo o universo Dimensional das Forças de Destrus. Quando não haviam mais guardiões para caçar me confinei em uma dimensão qualquer a espera do dia em que o único guardião ainda vivo se revela-se.


Os Force Five ficam atentos a cada palavra do possível inimigo a sua frente.


Zandor: Quando descobri que cinco guardiões estavam lutando mais uma vez na defesa do universo Dimensional, resolvi então sair do meu confinamento, pois agora, além do guardião lendário, Victor, eu tenho vocês pra matar.


Confusos, os Force Five conversam entre si.


Blue Force: Victor!? Esse nome de novo!


Black Force: Quem nos tornou Guardiões foi o Tatsumi.


Pink Force: Ele mesmo disse que foi ele quem aprisionou Destrus e seus lacaios dentro da dimensão das Trevas. Mas esse Victor...


Red Force: Será que…?


Nesse momento, Yellow Force se lembra da primeira vez, aqui mesmo em Argós, em que eles enfrentaram Destrus.


Inicio do Flash back


Destrus: Ouvi vocês dizerem que um homem sabia da nossa chegada e conferiu a vocês poderes para que pudessem lutar como guardiões. Foi o Victor, não foi?


Red Force: Quem?


Blue Force: Claro que não!! Nem conhecemos esse tal de Victor. O nome do cara é….


Antes que Blue Force termine de falar, Yellow Force coloca seu braço a frente em sinal para que o mesmo parasse, e o interrompe.


Yellow Force(Kumiko): E se for o Victor? Isso não é da sua conta.


Destrus: Vocês perguntaram quem eu sou, e eu vou lhes responder, antes de mandá-los para o inferno. Eu sou aquele cujo o poder da o direito de reger todo este Universo Dimensional da forma que eu quiser e de exterminar qualquer um que apareça no meu caminho. Vou lhes dar uma escolha, juntem-se a mim, e vivam no meu mundo como meus escravos particulares ou morram numa tentativa patética de me enfrentar.


Fim do Flash back 01


Inicio do Flash Back 02


Mitsubasa: Vocês se saíram muito bem, porem a batalha está apenas começando. Ainda falta muito pra chegarem perto do poder para vencer Destrus para sempre.


Mitsubasa caminha e fica de costas para todos enquanto eles prestam atenção em suas palavras.


Mitsubasa: O agora intitulado Império das Trevas, não desiste fácil quando quer alguma coisa. Pelo que pude ver, eles não vão mudar de ideia em relação a Terra.


Reiko: Ele citou um homem chamado Victor. É você não é? Seu verdadeiro nome?


Mitsubasa olha para todos: Essa conversa fica pra um outro dia. Por hora descansem.


Ele se vira para os cinco.


Mitsubasa: Existem aposentos aqui na central base que foram preparados para acolher vocês. A cidade neste momento deve estar um caos por causa da luta de vocês lá em cima. Fiquem por aqui e esperem a poeira baixar.


Mitsubasa passa pelos cinco


Ryu: Ei, onde você vai?


Mitsubasa: Eu sou o maior empresário que essa cidade tem no momento. Com toda essa bagunça, preciso estar a frene da empresa. Como o rico Tatsumi Mitsubasa, eu não posso me ausentar por muito tempo. Amanhã conversaremos.


Fim do Flash Back 02  


Inicio do Flash Back 03


Tatsumi: Eu sei de tudo isso, por que o guardião que lutou a cem anos atrás e selou os rebeldes na dimensão das trevas fui eu.


Fim do Flash back 03


Depois de alguns segundos Yellow Force volta sua atenção para a atual realidade.


Yellow Force: Não pode ser!? Como deixamos isso passar?


A indagação de Yellow Force chama a atenção dos outros quatro guardiões que passam a olhar para ela.


Yellow Force: É do Tatsumi que eles estão falando. Esse tal Victor só pode ser ele.


Red Force: Na ocasião perguntamos a ele sobre isso, mas com tudo que estava acontecendo, deixamos passar.


Blue Force: Eu mal me lembrava disso.


Neste instante Zandor chama novamente a atenção dos heróis.


Zandor: Eu vou acabar com vocês e fazer com que Victor apareça.


Zandor tira sua espada da bainha fixada ao lado de seu cinto e a aponta para o ar, alguns relâmpagos começam novamente a cortar os céus escuros de Argós quando de repente um dos relâmpagos desce dos céus energizando a espada. Zandor aponta sua lâmina para os cinco guardiões e…


Zandor: ****RELÂMPAGO ASSASSINO***


Numa velocidade jamais vista pelos defensores da terra, o relâmpago se desprende da lâmina e voa em direção a eles provocando uma gigantesca explosão.


Force Five:  AAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRGGGGGGGGGHHHHHH!!!!!!!!


Essa explosão é tão forte que os corpos dos cinco são arremessados contra o morro do lado oposto ao que Zandor estava. Eles batem no morro com violência e rolam para baixo em meio a terra e os pedregulhos.


Zandor salta do morro e pousa no chão de pé na frente dos guerreiros que ainda no chão tentavam se levantar. Ele tira sua capa mostrando um corpo protegido por sua armadura prateada.


Red Force:  Quem é você? É mais um Guerreiro das Trevas?


O guerreiro ali parado, demonstra um olhar firme e um enorme ódio contra os guardiões.


Zandor: Hum, Guerreiro das trevas? Não me façam rir.


Blue Force se levantando: Como é!?


Zandor começa a caminhar na direção dos guardiões que ainda estão tentando se levantar e lentamente vai se aproximando.


Zandor: Os guerreiros que hoje se intitulam Guerreiros das Trevas não tiveram a menor capacidade de derrotar vocês. Como eu, Zandor, o caçador de guardiões, famoso pelo sangue de guardiões que derramei com minha lâmina, poderia fazer parte desse império. Minha meta, é acabar com vocês, e em seguida, esmagar o crânio de Victor e guardar os pedaços de seus ossos como troféu.


Red Force: Como é!?


Yellow Force segura o braço de Red Force antes que este comece a falar ou tomasse alguma decisão precipitada e o adverte sem que Zandor ouça.


Yellow Force: Red Force, tome cuidado. Em hipótese alguma, ele pode saber que esse Victor e Tatsumi são a mesma pessoa. Entendeu?


Red Force: Eu sei, mas não podemos ficar parados aqui, vamos derrotar esse cara, antes que ele comece a nos caçar pela dimensão da terra.


Black Force: Eu concordo.


Os cinco se levantam com toda a força que seus corpos ainda possuem e fazem frente ao novo inimigo.


Zandor mais uma vez se coloca em posição de ataque.


Zandor: Vamos Force Five!! Venham.


Os cinco levam suas mãos ao lado direito do cinturão e uma pequena luz materializa suas Force Sabres.


Force Five: ***FORCE SABRE****!


Red Force: Ao ataque!!


Todos: OK!!


Os cinco correm em direção ao caçador de guardiões que faz o mesmo em relação a eles. Em fila, os Force Five vão atacando, mas Zandor era mais rápido e mais ágil. Blue Force ataca com sua sabre, Zandor defende passando por ele, depois se virando e desferindo um ataque com sua lâmina nas costas de Blue que sofre uma pequena explosão localizada e cai, em seguida, muito rapidamente, Zandor se  vira novamente e defende o ataque de Black desviando a lâmina do guardião para esquerda, vira para o lado e desfere um golpe na vertical em Pink Force que também sofre uma explosão no corpo decorrente do ataque e cai. Red e Yellow tentam acertá-lo mas ele desvia se abaixando e passando pelos dois, se vira na direção deles e, em um ataque em “X” com sua lâmina os atinge tirando-os do caminho, restando apenas Black Force que tenta investir novamente, Zandor rebate a sabre Force de Black e desfere um corte na vertical de baixo pra cima fazendo Black Force voar para trás e cair com as costas no chão enquanto explosões ocorrem pelo seu corpo. Black se choca contra o solo e sai rolando contorcendo-se com a dor provocada pelo ataque certeiro do inimigo. Os outros meio cambaleantes, vão ao seu auxilio.


Red Force: Black!! Tudo bem.


Os cinco novamente resolvem contra - atacar.  


Eles convertem suas sabres nas Force Lasers.


Todos: ***FORCE LASER***


Os lasers voam em direção ao caçador de guardiões que colocando sua lâmina em sentido horizontal, defende os tiros, não repelindo, mas absorvendo suas energias, em seguida, este gira sua lâmina e apontando-a para frente, devolvendo os lasers dos Force Five contra eles. Os lasers explodem em cheio no peitoral dos heróis.


Force Five:  AAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRGGGGGGGGGHHHHHH!!!!!!!!


Eles vão ao chão se contorcendo com a dor provocada pelo ataque.


Yellow Force: Ele repeliu os lasers contra nós.


Red Force: Mas que droga.


CENTRAL BASE - ABAIXO DO PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA


Na central base, Tatsusmi começa a caminhar de um lado para o outro demonstrando nervosismo. Hikari então chama sua atenção.


Hikari: O que vamos fazer? Se continuar assim eles…


Tatsumi se virando para Hikari: Tire-os de lá, imediatamente. Chame-os de volta.


DIMENSÃO DE ARGÓS


As coisas na Dimensão de Argós começam a se complicar ainda mais. Neste instante os Force Five são arremessados contra uma parede de rochas e rolam morro abaixo. Zandor então começa a caminhar na direção dos guardiões ameaçando-os com a derrota eminente.


Red Force se levantando: Miserável!! Pensa que vai ser fácil assim? Pessoal, vamos de “Force Five Victory”.


Todos: OK!!


Os cinco sacam mais uma vez suas sabres e se colocam um do lado do outro com Red Force no centro, eles passam as mãos pelas lâminas tornando-as espadas lasers e correm contra Zandor. Seus corpos brilham em energias coloridas que se unem transformando-se em uma bolha de energia única que cresce a medida que vai se aproximando do inimigo.


Zandor: Podem vir!! Vamos ver até onde vai esse poder.


Zandor coloca sua espada na frente de seu corpo e defende a bolha de energia do Force Five Victory, porém, a pressão exercida pela energia dos Force Five começa a pesar contra a lâmina do caçador, mas este ainda faz frente ao poder da equipe mesmo com toda a força que os cinco desprendem para derrubá-lo. A energia começa a se desprender da bolha gerando raios que explodem ao redor. Zandor continua contendo a bolha de energia.


Zandor: ARRRGGHHH!! Então essa é toda a força que vocês possuem Force Five. Vão morrer nas minhas mãos!!


Zandor exerce uma pressão ainda maior contra a bolha de energia e a repele fazendo-a voltar para o lugar de onde veio. No caminho de volta a esfera energética se transforma novamente nos corpos dos guardiões que antes de se chocarem violentamente contra o solo, retornam as suas formas civis tombando perante o poder de Zandor e rolando pelo solo da dimensão de Argós.


Ryu: Arrrghhhh!!


Hioity e Reiko: Aaarrrhhhhh!!!


Maique e Kumiko: Aaaarrrggggghhhh!!!


Zandor: Vocês são patéticos!!


Ryu tenta se levantar, mas seu corpo não obedece. O impacto do Force Five Victory voltado contra eles os deixaram bastante feridos. Mesmo com todas as avarias em seus corpos, Ryu ainda tenta se arrastar na direção de Zandor numa tentativa suicida de continuar a luta, porém, por mais que ele se esfossasse, seu corpo não o obedecia. Todos nas mesmas condições agora estavam a mercê do Caçador de Guardiões.


Nesse momento o bracelete dos cinco tocam em unissono: Bibibibibibibiibi


Hikari pelo comunicador: Force Five, voltem imediatamente!!! Voltem!!


É nessa hora que a lâmina da espada de Zandor crava no solo, milimetros de distância ao lado do rosto de Ryu que ainda estava no chão.


Todos: RYU!!


Zandor agarra Ryu pelo colarinho e o levanta colocando seus olhos na altura dos olhos do guardião que não tem como esboçar reação, a não ser esperar pela morte que parecia se aproximar.


Zandor: Preste muita atenção. Dessa vez deixarei vocês viverem, mas avise ao Victor, que logo logo eu irei atrás dele, e vou destruir toda a dimensão da Terra se preciso for para encontrá-lo e arrarcar-lhe a cabeça. Passe esse recado para ele. Vocês têm apenas mais vinte e quatro horas de vida.


Zandor apenas abre a mão deixando seu oponente cair novamente, então se vira, e caminha em direção a um portal aberto em sua frente, adentra o portal e desaparece.


Ryu: Mal...maldito...Como pode...ter tanto poder…


Essas foram as ultimas palavras de Ryu, antes que sua visão começasse a ficar escura, misturando-se com a escuridão do céu da dimensão de Argós, e logo em seguida apagando sua consciência de vez. Os cinco desmaiam.  


DIMENSÃO DA TREVAS- FORTALEZA NEGRA.


fortalezanegra.png


Destrus, Morgana e Lizandra assistiram a tudo o que aconteceu em Argós através da bola de cristal que sempre estava flutuando sobre a mão da feiticeira dimensional.


Lisandra:  Mas afinal de contas, quem é esse cara?


Morgana:  Eu me lembro dele, é um caçador de guardiões, ele também viveu na época da grande guerra que dizimou toda a população dimensional de Argos e de outras dimensões. Muitos foram os Guardiões, antes mesmo da grande guerra começar, que morreram nas mãos dele.


Destrus se afastando das duas:  Mas ele não participou da guerra, ele saiu de cena logo que as batalhas se iniciaram, então por que ele retornou?


De repente, a sala da fortaleza fica escura e uma fumaça branca toma conta do ambiente. Saindo de dentro desta fumaça, caminhando calma e vagarosamente, um ser imponente com seu sabre na bainha presa a cintura, aparece perante os Guerreiros das Trevas.


Zandor:  Essa pergunta, eu mesmo posso lhe responder, Destrus.


Destrus:  Você!?


Lizandra e Morgana se impressionam com a aparição de Zandor, o guerreiro que acabara de derrotar os cinco guardiões que até então, se mostravam superiores as forças do Império das Trevas.


Zandor:  Eu apareci por que cansei de vagar pelas dimensões a toa. Todas elas estão estão desertas, destruídas, inabitáveis. Não a mais nenhum guardião a ser caçado, a não ser o lendário Victor. Fora os guardiões atuais, que se intitulam Force Five, ele é o único guardião que ainda vive.


Morgana:  Então você atraiu os Force Five para Argós para dar uma demonstração de sua superioridade, para que Victor pudesse vê-lo e assim se mostrar, não foi?


Zandor caminha de um lado para outro respondendo a pergunta de Morgana


Zandor: Morgana! Você tem razão, Isso se Victor for realmente o mentor deles. Eu fui muito famoso como caçador de guardiões, muitos morreram nas minhas mãos e eu fui muito bem pago pelas mortes de alguns deles, mas Victor é o Guardião que me resta para concretizar meu trabalho, e como bônus, ainda poderei eliminar os novos Guardiões, os Force Five.


Destrus:  Estamos atacando a Dimensão da terra a tempos, Victor nem se quer mostrou a cara, apenas os Force Five aparecem para acabar com meus planos. O que o faz pensar que você conseguira atraí-lo?


Zandor:  Por que eu tenho informações sobre algo que ele procura. Eu vou usá-las para atraí-lo, e assim eliminá-lo. Uma vez que Victor for destruído, se for ele o responsável pelo surgimento dos Force Five, todos eles cairão em seguida.


Lisandra: A que informação você se refere?


Zandor: Hum! Isso não é da sua conta.


Lisandra sacando sua espada: Como é? Ora seu….!!


Neste momento Zandor estica os dedos da mão disparando um raio que se transforma numa espécie de corda envolvendo Lizandra, a corda começa a eletrocuta - lá.


Lisandra:  AAARRRRGGGHHH!!!!


Ela cai de joelhos perante o caçador.


Zandor:  Não brinque comigo, não me ameace. Deixei os Force Five viverem por que preciso que eles me levem até Victor. Eu não preciso de você, por tanto, não exitarei em destruí-la.


Destrus se aproxima de Zandor


Destrus:  Muito bem Zandor, eu deixarei que execute seu plano e não vou interferir. Mas se está aqui, é por que precisa de algo que apenas eu possa lhe oferecer. O que você quer?


Zandor olhando friamente para Destrus:  Você se lembra da “Dimensão Fantasma”?


CENTRAL BASE- ABAIXO DO PRÉDIO CEDE DAS INDÚSTRIAS MITSUBASA.


Dentro do complexo subterrâneo da central base, existe uma enfermaria, uma ala com 5 camas camas de hospitais, onde cada Force Five ocupa uma, todos desmaiados, até que Hioity abre seus olhos, percebe que está na central base e se levanta rapidamente sentando na cama, ao sentir uma dor em seu corpo, ele para levando a mão ao estomago, olha para os lados e percebe os outros quatro, cada um deitado em uma das cama. Ryu é o segundo a abrir os olhos e se levantar, sentando-se também.


Hioity: Como você está?


Ryu: Meu ego ta mais destruído que meu corpo. Maldição, que cara era aquele?


Hioity: Ele é poderoso, poderia ter nos eliminado ali, mas nos deixou viver. Confesso que foi humilhante.


Kumiko, Maique e Reiko são os próximos a despertarem praticamente ao mesmo tempo. Os três se levantam também se sentando na cama.


Maique levando a mão a cabeça: Aquele cara era forte, forte demais. Nossas armas não funcionaram contra ele.


Reiko olhando em volta: Como chegamos aqui?


Kumiko: Estávamos desmaiados, não atravessamos portal nenhum. Alguém nos trouxe.


Neste momento a porta da enfermaria se abre, Mitsubasa e Hikari entram na sala, a porta se fecha atrás deles.


Mitsubasa: Fomos nós quem trouxemos vocês pra cá. Vocês estão bem?


Ryu desce da cama imediatamente e caminha em direção a Tatsumi Mitsubasa, parando na frente do poderoso empresário.


Ryu: Eu to ótimo, e eu quero saber por que aquele cara está atrás de você, Victor!


Mitsubasa: Isso é um assunto pessoal, vocês foram “contratados” para defender a dimensão da terra e enfrentar qualquer guerreiro das Trevas que tente destruir essa dimensão.


Kumiko também desce da cama: Acontece, que por um instante, senti que estamos lutando as cegas. Tem algumas informações que você nos omitiu. Queremos saber.


Hikari nesse instante coloca as mãos sobre o braço de Tatsumi e com um olhar amigo o aconselha.


Hikari: Tatsumi, acho que é hora deles saberem a verdade. Eles quase morreram lá. Eles tem o direito de saber pelo que eles estão lutando.


Ryu: Quase morremos naquela dimensão. Se você tem alguma coisa que ainda não nos contou é bom começar agora.


Mitsubasa respira fundo, se vira para uma das paredes da sala começando suas explicações.


Mitsubasa: Tudo que expliquei a vocês até então é verdade. Mas eu realmente omiti algumas informações que ao meu ver não eram necessárias naquele momento. Meu nome verdadeiro, ou melhor, meu nome de Guardião, era Victor, e como disse anteriormente, eu sou o ultimo sobrevivente da guerra de 100 anos atrás em Argós.


Hioity: Por que não nos disse logo seu verdadeiro nome desde inicio?


Tatsumi se vira novamente para os cinco: Por que Destrus não poderia saber de maneira alguma que eu ainda estou vivo, ou tudo estaria perdido.


Maique: De qualquer maneira Zandor sabe que é você que esta por trás da nossa aparição, e aquele Destrus sabe que você está vivo.


Tatsumi: Eu estou procurando algo importante, e se Destrus desconfiar das minhas intenções, tudo estará perdido.


Ryu: Procurando o que?


Tatsumi respira fundo mais uma vez: A cem anos atrás quando a guerra chegava ao seu final, não restavam apenas eu e os poucos guerreiros que apoiavam Destrus. Junto comigo havia outra pessoa. Seu nome era Zac, também um guardião dimensional assim como eu, e assim como vocês são hoje. Quando decidimos criar um Vortex dimensional para aprisionar as ultimas forças do Império de Destrus, Zac e eu também fomos tragados pelo Vortex e desaparecemos dentro do universo Dimensional. Eu cai na terra, mas não sei pra onde Zac foi. Eu precisava de um lugar onde pudesse construir uma base que gerasse poder suficiente para que eu pudesse ter a cesso ao máximo de dimensões possíveis novamente, para que assim, eu pudesse procurá-lo. A central base foi construída com essa finalidade, encontrar o meu amigo Zac. Eu não vim pra terra para protegê-la como eu contei antes, eu cai aqui por acidente, o mesmo acidente que levou Zac para uma dimensão desconhecida e que eu estou tentando encontrar.


Ryu: Deixa eu ver se eu entendi. Tudo isso, a central base, o Robô Force, nós, a empresa, tudo foi construído com a finalidade de encontrar esse seu amiguinho?


Kumiko: Nada foi pela dimensão da Terra, ou pelas pessoas que a gente vem protegendo? Foi tudo por isso?


Tatsumi: Eu só quero encontrar meu amigo, apenas isso.


Hioity: Por que colocou a gente nisso? Por que precisava de nós?


Tatsumi: A partir do momento em que a central base ficasse pronta, eu não poderia ser o guardião a acessar as dimensões atrás de pistas sobre o Zac, pois não podia dar nenhuma pista  de que estava vivo, e me mostrar colocaria Zac em perigo também, caso ele ainda estivesse vivo. Por isso a necessidade de vocês lutarem contra os Guerreiros das Trevas. Por que enquanto vocês lutam contra Destrus, eu poderia procurar Zac sem problemas. Com um pouco de sorte eu encontraria Zac e vocês acabariam destruindo os guerreiros das trévas. Mataria dois coelhos numa cajadada só, mas eu não contava com o poder deles.


Hioity: Por que não nos contou essa historia desde o inicio?


Tatsumi: Vocês aceitariam mudar suas vidas, deixar tudo pra trás para lutar apenas pelo meu interesse de encontrar um amigo desaparecido? Para lutar por uma causa que não é de vocês? Você Ryu, um presidiário que só se importa consigo mesmo e não gosta das pessoas? Você Hioity que diz, como policial, lutar pela justiça mas na verdade só luta para engrandecer seu ego? Você Maique que só se importa com lutas e provar o quanto você é forte? Ou você Kumiko, uma ladra que prefere ficar sozinha a fazer parte de algo que envolva outras pessoas? E você Reiko, que não consegue aceitar o fato de que o acidente que matou seus pais foi culpa sua e se esconde atrás dos outros?


Todos ficam calados ao ouvirem as pergunta do Empresario.


Tatsumi sorri debochadamente: É claro que não. Então eu menti. Precisei mentir, precisei convencer vocês a lutarem para que secretamente eu pudesse encontrar meu amigo sem que Destrus me percebesse,por que naquela guerra, Zac se sacrificou várias vezes para me salvar, então eu devo isso a ele. Por isso preciso de vocês. Enquanto lutam e mantem Destrus e seus lacaios afastados eu posso procurá-lo ainda que apenas através dos monitores da central base.


Ryu agarrando o colarinho de Tatsumi: Seu miserável maldito!! Você tá brincando com a gente? Você nos manipulou! Tirou de muitos de nós coisas que eram importantes, tudo pra encontrar esse seu amigo que venhamos e convenhamos já deve estar morto. Você colocou a gente numa guerra, sua guerra, pra lutar não pela dimensão da terra como você disse antes, mas pra lutar por você.


Tatsumi gritando: Eu não me arrependo do que fiz. Zac é meu amigo, e amigos não desistem um dos outros não importa quanto tempo passe, e eu vou encontrá-lo.


Kumiko com os braços cruzados: Não! O Zandor vai te pegar antes. Ele sabe que você está na terra e ele estará aqui em menos de vinte e quatro horas.


Tatsumi se solta de Ryu: E é por isso que vocês estão aqui. Vocês devem detê-lo.


Ryu: Não dessa vez. Essa luta nunca foi minha. Nunca foi nossa!


Ryu levanta o pulso com o bracelete e com a outra mão começa a retirá-lo.


Tatsumi: O que está fazendo?


Ryu: Eu fiz um trato com um cara que queria defender a Dimensão da terra, que queria ajudar as pessoas a não sofrerem por causa desses malditos Guerreiros das Trevas. Não fiz nenhum trato com um cara egoísta que roubou nossas vidas e nos fez lutar pelos seus próprios interesses...


Ryu joga o bracelete nos pés de Tatsumi Mitsubasa.


Ryu:  ...E nesse caso o trato não vale mais.


Ryu passa por Tatsumi Mitsubasa e vai em direção a porta deixando a sala. Em seguida Hioity fica frente a frente  com o empresário e também joga o Bracelete aos pés dele.


Hioity:  A alguns dias atrás eu nunca concordaria com Ryu, mas hoje, não da pra negar que ele tenha a sua razão. Boa sorte procurando seu amigo.


Hioity também sai.


Kumiko se aproximando: Os Force Five agora são unidos. Não era isso que você queria?


Ela joga o bracelete e também sai.


Maique se levanta e passa por Tatsumi, sem dizer nada, joga o bracelete no chão e sai.


Tatsumi foca seu olhar em Reiko agora.


Reiko de cabeça baixa: Não foi justo dizer aquelas coisas. Eu...eu prefiro ir com eles.


Ela se levanta, tira o bracelete, com sua mão direita, pega a mão de Tatsumi e com a esquerda repousa o bracelete na mão dele. Sai em seguida deixando na sala apenas Tatsumi e Hikari.


Tatsumi então se enfurece: MAS AFINAL DE CONTAS O QUE PENSAM QUE ESTÃO FAZENDO??????


Hikari desfere um tapa no rosto de Tatsumi:  PARE COM ISSO, PARE DE AGIR ASSIM!!!!


Tatsumi então se aquieta, espantado pela atitude da jovem a quem ele entregaria sua própria vida e nutria um enorme sentimento de gratidão.


Hikari voltando a falar baixo: Você precisa entender o lado deles. Todos eles foram forçados a lutar nessa guerra. Nenhum deles aceitou fazer isso por gosto, e hoje eles quase morreram lá em Argós. E agora eles descobrem que foi tudo por você, tudo um plano seu.  Você precisa falar com eles, pois os Force Five não podem ser substituídos, alem do mais, isso agora não diz respeito só ao seu passado como guardião, ou ao seu amigo desaparecido. Diz respeito a dimensão da Terra também. Sem os Force Five, não haverá mais a terra.


Tatsumi: Eu não sei o que dizer. Não sei o que fazer?


Hikari olha firme para ele: Nós já vimos esses garotos darem a vida pelas pessoas desta dimensão diversas vezes, eles não cruzarão os braços diante de um problema, contanto
que você seja sincero com eles, não como chefe, não como líder, mas como deveria ter sido desde o começo, como alguém que precisa de ajuda.


Tatsumi abaixa a cabeça e neste instante recebe um abraço de Hikari.


PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA


Ryu acabara de sair do elevador levando sua mochila com seus pequenos pertences e segui por um dos corredores visando alcançar a saída do prédio até cruzar com Saori que vinha em sentido contrário.


Saori:  Ryu, onde vai com essa mochila, e com toda essa pressa.


Ryu continua andando.


Ryu:  Eu to saindo dessa empresa, e da cidade!


Saori: Mas não pode ir embora. E quanto a nós? Pensei que estávamos bem.


Ryu para e se vira para Saori. Ele pega em um de seus braço e a puxa para um canto afastado das pessoas que circulavam por ali


Ryu:  Saori, vem comigo. Não tem nada pra gente aqui. Vamos embora.


Saori: Mas afinal de contas o que aconteceu?


Ryu:  Eu pedi demissão, to saindo fora da empresa Mitasubasa. E acho que coisas ruins vão acontecer, então, pega suas coisas agora e vem comigo.


Saori: Eu sinto muito mas eu não posso deixar meu emprego, minha casa, minha vida aqui pra fugir com você. Eu não sou mais aquela adolescente sem juízo que fugia quando tinha algum problema, e eu pensei que você também não fosse mais.


Ryu: Eu sei, eu sinto muito.Eu tenho que ir!


Saori:  Ryu, e quanto a mim? Você vai mesmo embora e vai me deixar logo agora que nos acertamos.


Ryu: Eu sinto muito, mas tenho que ir, eu tinha um acordo com o Tatsumi e eu quebrei, então quanto mais cedo eu sair menos problemas vou ter.


Ryu prepara-se para sair quando Saori o agarra pelo braço.


Saori: Espera, eu tive uma ideia, por que você não fica na minha antiga casa, eu sai de lá a pouco tempo mas os móveis ainda estão lá.


Ryu: Não posso ficar.


Saori se aproxima e coloca as mãos sobre os ombros de Ryu.


Saori: Só até eu sair do trabalho! Eu passo lá, a gente conversa e se você me convencer de que temos que ir embora, eu juro por Deus que vou com você. Mas me de esse tempo, por favor. Eu preciso pensar.


Saori tirando a chave do bolso: Por favor, pelo menos até podermos conversar melhor sobre isso tudo, eu saio as cinco, então por volta de umas 6 vou estar passando lá. Eu nunca te pedi nada, eu to te pedindo agora. Por favor!!


Ryu se lembra que Zandor deu vinte e quatro horas antes de invadir a dimensão da terra e resolve dar o tempo que Saori pede.


Ela entrega a chave nas mãos de Ryu.


Ryu olha para chave e em seguida para ela


Ryu: Tudo bem! Eu vou te esperar lá.


CENTRO DA CIDADE.


Em cima de um viaduto olhando o movimento do transito, apoiado a cerca de proteção de concreto, estava Hioity, ele passava a mão sobre o pulso no local onde ficava o bracelete e se lembrava de alguns momentos que viveu como Black Force, até que uma voz interrompe seus pensamentos.


Reiko correndo na direção de Hioity: HIOITYY!!!


Hioity: Oi Reiko.


Reiko ofegante: E então, pra onde vai?


Hioity:  Eu não sei, Tatsumi apagou nossas vidas quando nos tornamos Force Five, a minha casa não me pertence mais, eu não tenho pra onde ir.


Reiko:  Bom, a casa do meu pai não ta mais no nome dele, mas eu ainda tenho as chaves, você pode vir comigo se quiser.


Hioity:  Acho que vou ficar aqui por enquanto olhando pro prédio.


Reiko se aproxima de Hioity e também direciona seu olhar para o prédio sede das industrias Mitsubasa:


Reiko: Nós passamos muitas coisas ali, vou sentir falta.


Neste instante Maique e Kumiko também aparecem.


Maique:  Pelo jeito não somos os únicos sem lugar pra ir.


Kumiko:  O que vocês estão pensando em fazer?


Hioity:  Reiko vai pra velha casa do pai dela eu acho.


Reiko:  Eu ainda tenho a chave e a casa ainda não foi vendida pela imobiliária. Vocês podem vir comigo


Maique: Não sei não!  Eu to pensando em descer pra parte baixa da cidade.


Kumiko: Vai voltar a lutar?


Maique:  Talvez. Acho que é o que resta para um lutador decadente como eu.


Kumiko:  Então acho que é isso. Acabamos com esse negócio de heróis?


Hioity: Eu não sei, segui o Ryu por que afinal de contas ele tinha razão em pular fora, mas eu ainda to meio confuso.


Reiko: Tatsumi ágil com a gente dessa forma por que ele visava encontrar o amigo desaparecido. Será que nós podemos culpá-lo, ou jugá-lo por isso?


Maique: Eu também to bem confuso. Mas o cara apagou a gente do mapa, nos transformou em peças de um jogo que ele vem disputando a muito tempo com esses Guerreiros das Trevas. Não da pra negar isso.


Kumiko: No dia em que fui escolhida para ser a Yellow Force, eu perdi meu irmão por que decidi ficar pra lutar. Agora não tem mais equipe, e meu irmão sumiu no mundo.


Hioity: A verdade, é que se todos nos tivéssemos tido escolha no começo, se soubéssemos desde o começo que arriscaríamos a vida por uma única pessoa, que nem sabemos se esta viva em alguma dimensão por ai, nenhum de nos teria aceitado se tornar Force Five. Não se ele não tivesse forçado.


DIMENSÃO DAS TRÉVAS - FORTALEZA NEGRA.


Neste instante na grande Fortaleza negra, Destrus e seu mais novo aliado, Zandor, planejam seus ataques.


Zandor:  Dessa vez nosso ataque a dimensão da Terra será fulminante, os Force Five nem saberão o que os atingiu.


Morgana:  Mas é muito perigoso abrir o portal da Dimensão Fantasma.Você sabe disso?


Destrus:  Não Morgana, Zandor tem razão, os monstros da dimensão Fantasma, em ralação aos monstros dimensionais que nascem na dimensão das Trevas são bem diferentes. Eles são mais cruéis, mais poderosos.


Zandor:  Vamos usar o poder de Sparks para abrir um portal da Dimensão Fantasma para a Dimensão da Terra. Quando os monstros fantasmas saírem para a dimensão da Terra tudo estará acabado e Victor terá que mostrar sua cara.


Destrus estava sentado em seu trono. No momento em que Zandor mencionou Victor mais uma vez, ele começou a lembrar dos eventos ocorridos quando se confrontou com os Force Five pela primeira vez na dimensão de Argos.


Inicio do Flash Back


Red Force(Ryu):  Escutem aqui, sabendo que vocês ressurgiriam para invadir as dimensões, alguém se antecipou e convocou guerreiros para destruírem suas ambições malignas, esses guerreiros somos nós.


Destrus: É uma honra conhecê-los guardiões, então alguém os avisou da nossa invasão e lhes conferiu poderes para me deter?


Blue Force(Maique):  Isso mesmo, somos o ESQUADRÃO DIMENSIONAL FORCE FIVE, a defesa mais poderosa da Terra.


*nota- cenas ocorridas no segundo episódio.


Fim do Flash Back

Destrus: Talvez eu não precise esperar até a dimensão fantasma se abrir.


Destrus se levanta e caminha para a saída do grande salão da fortaleza negra.


Destrus: Continuem com o plano, tragam os Guerreiros Fantasmas e acabem com os Force Five e a Dimensão da terra de uma única vez. Assim que puder eu retornarei.


Zandor:  Vamos trabalhar.


Morgana e Lisandra: OK!!



UM BAIRRO QUALQUER - CASA DA SAORI.


Caminhando pela rua em direção a casa de saori vinha Tatsumi Mitsubasa, agora com uma aparência bem distante da de um empresário de sucesso, até mesmo para não chamar a atenção, ele veste uma calça jeans e uma blusa comum marrom além de sapatos pretos, ele tira o endereço do bolso, cedido a ele por Saori, logo após o mesmo sem ser percebido, presenciar a conversa entre ela e Ryu, e olha o papel confirmando ser a casa que ele procura. Ele se aproxima da porta e toca a campainha. A porta se abre.


Ryu:  Você!? O que faz aqui?


Tatsumi: Precisamos conversar.


Neste momento uma figura ao longe observa...



Ao serem derrotados pelo mais novo inimigo, Zandor, Ryu e seus amigos descobrem a verdadeira luta de Tatsumi e sua verdadeira intenção, encontrar seu amigo desaparecido Zac. Ryu se sente enganado, revolta-se contra Tatsumi e abandona o Esquadrão Dimensional Force Five, os outros quatro também seguem pelo mesmo caminho. Enquanto isso um plano audacioso para abrir a dimensão Fantasma é arquitetado. O que será que Tatsumi fará para trazê-los de volta? Será que os Force Five voltarão? E o portal para dimensão fantasma será realmente aberto?


Ta acompanhando e colecionando
clique na imagem e faça o Download

4 comentários:

  1. Tenso... É a primeira palavra que se pode dizer desse episódio, tenso! Eu creio que apesar da emoção do momento, eles julgaram mal a Tatsumi porque, por um amigo, eles fariam e já fizeram a mesma coisa e mais ainda, se eles acreditam que Tatsumi deveria ter criado tudo para proteger a Terra mas não o fez, eles agora detinham o poder, eles que se importavam com a Terra e seus habitantes deveriam ter dito "ok, quer procurar seu amigo, procure, seus recursos e poderes serão direcionados para proteger nosso planeta e nossas vidas, procure o quanto quiser, mas não nos impeça ou atrapalhe de salvar nosso mundo!" Isso teria sido mais coerente que chutar o cara porque ele quer encontrar um amigo. Por isso eu disse, episódio tenso, perfeito para uma leitura eletrizante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Lanthys meu amigo!! Você tem toda razão, mas creio que o Ryu e os outros precisam amadurecer um pouco mais kkk. Deixaram se levar pela emoção e essa decisão que eles tomaram traram consequências não só para eles mas para a cidade. Aguarde e confie!! Grande abraço!!

      Excluir
  2. Na boa... force five sao herois que merecem ser bem odiados. Eu pensei que estavam amadurecendo... mas, nos últimos episódios só retrocedem.

    Espero que eles aprendam o que é altruísmo um dia.

    Parabéns Rodrigo. Vc retrata bem essa geração de hoje em.dia.

    ResponderExcluir
  3. Caraca quanta tensão no ar.Realmente deveria ter sido melhor explicar tudo de primeira, Tatsumi pegou pesado, vou seguir pros proximos eps e esperar pra ver como isso se resolve e se minha teoria sobre esse Zac se concretiza

    ResponderExcluir