domingo, 10 de maio de 2015

Esquadrão Dimensional Force Five Ep 04



Episodio: Explosão

Fala galerinha, dessa vez os Force Five enfrentam um monstro que espalha bombas por toda a cidade de Net City mas por alguma razão, não é possível localiza-lo. Enquanto este monstro não for encontrado ele continuara explodindo prédios importantes da cidade. Conseguirão nossos heróis parar com essas explosões?
PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA.

Ryu saia do elevador e circulava pelo primeiro andar onde fica o almoxarifado que iria trabalhar, caminhando pelos corredores ele observa a movimentação das pessoas,que iam de lá para cá, com papéis e pastas nas mãos, gritando umas com as outras, até que sua atenção é tirada por um esbarrão que o leva ao chão. Quando ele se levanta, qual não é sua surpresa quando percebe que a pessoa em questão, era uma velha conhecida.

Ryu se levantando:  Saori, o que você faz aqui?

Saor com os papeis em mãos também se levanta.

Saori:  Ryu, quanto tempo!

Ryu: Você...mudou bastante.

Saori era uma garota agora com seus 25 anos, trajava uma blusa aberta de cor cinza com detalhes em preto, também por baixo da blusa utilizava uma camisa feminina vermelha meio solta e uma sai também cinza que descia até os joelhos. Seus cabelos eram negros e lisos descendo até a altura da metade das costas, tinha um rosto bem delineado com lábios destacados pelo batom cor de pele que usava e pouca maquiagem. Saori agora, diferente da Saori que assombrava o passado de Ryu, agora era uma mulher, formada, determinada e trabalhadora.

Saori:  Eu trabalho aqui, terminei a faculdade de administração e consegui um emprego aqui, faz dois meses.

Ryu:  Então, você seguiu a vida!?

Saori:  Não dava pra ficar naquela. Você sabe...

Ryu olha com uma certa magoa e pergunta.

Ryu: Por que sumiu depois que fui preso?

Saori respirando fundo: Ryu, eu sinto muito por não ter ido atrás de você, mas eu nem sabia pra onde te levaram e...

Ryu:  Claro! Você quer que eu acredite que você não sabia onde eu estava? Conta outra.

Saori:  Sinto muito por tudo que você teve que passar por minha causa, mas eu precisei seguir minha vida.

Ryu:  É, eu to vendo. Seguiu sua vida muito bem.

Saori fica sem jeito:  E...Eu tenho que voltar ao trabalho. A gente se fala depois?

Ryu:  Se você não sumir de novo.

Saori:  Então ta, eu vou indo.

Saori se vira devagar ainda olhando para Ryu. Com os papeis e documentos nos braços ela continua seu caminho pelo corredor. Ryu também se vira e segue o seu caminho. No andar acima os outros Jovens juntamente com Hikari e Tatsumi Mitsubasa acabam de desembarcar do elevador.

É NOITE NA CIDADE DE NET CITY

A noite chega e como de prache, o gigantesco prédio sede das industrias Mitsubasa apaga suas luzes, o local fica encoberto apenas pelas luzes dos postes espalhados pela praça na frente do prédio onde os funcionários em suas horas de almoço, gostam de passear e aliviar a tensão do dia a dia, e onde a noite o silêncio prevalece.

Na parte interna do piso terreo do prédio, a tal porta secreta que dava acesso ao elevador que leva ao grande complexo subterrâneo se abre, um vulto caminha em direção a grande porta de vidro da saída do prédio, a abre e caminha para fora passando pela praça, vagarosamente tentando não despertar a atenção de ninguém. Quando chega a uma altura da praça onde ja julgava estar fora dos limites do prédio, ela é surpreendida.

Ryu: Tá indo onde?

Kumiko para e olha para o lado. Ryu estava deitado sobre o banco com o braço direito na frente dos olhos como um mendigo que tenta dormir em uma noite de insônia.

Ryu: Sair na surdina no meio da noite é muito feio sabia?

Kumiko bufa: Ta fazendo o que aqui fora?

Ryu se levanta e se senta feito gente no banco: Eu não aguento ficar muito tempo preso dentro daquela lata de sardinha subterrânea. E você?

Kumiko: Não é da sua conta.

Ryu se levanta e caminha em direção a ela: O Hioity e a Heiko entraram nessa brincadeira de salvar o mundo. O Maique ta indo pelo mesmo caminho e eu to pouco me lixando pra tudo isso, só quero que acabe pra que eu possa me ver livre do Tatsumi pra sempre, como está no meu contrato.

Ryu então passa a rodea-la e encará-la.

Ryu: Mas você… Sua situação é diferente.

Kumiko: Do que você ta falando?

Ryu: Como eu disse os outros estão nessa vibe de salvar o mundo e acham que você também está. Eles já confiam em você. Mas você ta indo embora mesmo assim.

Kumiko: Você e eu sabemos que essa coisa de equipe nunca vai funcionar plenamente. Nós dois sabemos que estar em equipe é correr riscos que não correríamos se estivéssemos sozinhos. Por que começar uma coisa que não vai beneficiar ninguém.

Ryu se senta novamente e abre os braços ocupando todo o banco, em seguida direciona o olhar para a séria garota novamente.

Ryu: Não estou dizendo que você esta errada, muito pelo contrário. Mas você se mostra tão forte, tão imponente que...Se decidir ir mesmo embora…

Ryu se levanta novamente e sai caminhando passando por Kumiko.

Ryu: Ao menos tenha a decência de avisar aos outros pra que eles não contem com você.

Ryu desaparece na multidão deixando Kumiko com seus pensamentos.

DIA SEGUINTE - MANHÃ - PRÉDIO SEDE DAS INDUSTRIAS MITISUBASA - SALA DA PRESIDÊNCIA

Maique:  E então, por que estamos aqui?

Mitsubasa: Quero distribuir suas tarefas pessoalmente, por isso estão aqui. Na verdade isso vai ser bem rapido. A partir deste momento, todos vocês, com excessão de Ryu, respondem a mim como a minha equipe de segurança particular.

Maique debocha -  Nossa!! Tudo que eu sempre quis.

Hikari -  Kumiko, Reiko. O que acharam?.

Kumiko cruza os braços e se senta no sofá a frente da mesa do imponente homem de negócios.

Kumiko:  Tanto Faz!!

Mitsubasa: Com essas funções todos vocês terão desculpas para entrarem e saírem da minha sala quando quiserem, e também sempre poderei justificar as desaparições de vocês.

Hioity:  Isso faz sentido, pode funcionar.

Kumiko: Por que o Ryu não?
Mitsubasa: Como vocês puderam perceber, ele não tem muito apreço pela minha pessoa. Deixá-lo um pouco afastado é o melhor por enquanto. Mas sempre que houver um problema ele sera acionado também.

No andar de baixo, Ryu chegava ao almoxarifado  quando uma explosão em um prédio em outro ponto da cidade chama a atenção e é possível ver as chamas pelas janelas de vidro da lateral do corredor do andar onde ele estava.

Ryu: Um barulho de explosão!

Acima, Mitsubasa, Hioity e Maique, Heiko e Kumiko também escutaram a explosão. Todas as pessoas se aproximavam das janelas do prédio e observavam uma grande cortina de fumaça lá no horizonte.

Maique:  Olhem, acho que a explosão aconteceu lá.

Mitsubasa:  Considerando que estamos em guerra com Destrus e sua trupe, é bom
averiguarmos isso. Hioity,  vá até lá e veja o que está acontecendo.

Hioity:  Certo, eu já vou, mantenho vocês informados.

Hioity deixa a sala.

Mitsubasa:  De qualquer maneira é melhor averiguarmos se nenhum portal foi aberto. Reiko, chame Ryu. Vamos para central Base imediatamente.

Todos OK!

CENTRO DE PESQUISAS BILÓGICAS NET CITY.

O prédio que explodira  foi o Centro de pesquisas Biológicas de Net City. Os cientistas que ali trabalhavam eram atendidos pelas várias ambulâncias estacionadas ao longo da Rua. Os carros de bombeiros também estavam ali tentando apagar as chamas que explosão provocara porém com muita dificuldade. Algumas vitimas passavam em macas pelo local até serem colocadas em ambulâncias que prontamente saiam em disparada para o Hospital mais próximo.

No mesmo local, estavam alguns policiais ajudando os bombeiros a afastarem os curiosos, e um personagem conhecido, Keniche Kampei, ex- parceiro de Hioity, também estava lá. Ken conversava com algumas pessoas anotando tudo que podia sobre o ocorrido.

Ken:  Então você não viu nada de anormal antes da explosão?

Vitima: Não, foi tudo muito de repente. O fogo a explosão aconteceu no subsolo eu acho e depois todo o fogo se espalhou.

Um soldado do corpo de bombeiros se aproxima de Ken.

Bombeiro: Detetive, vasculhamos a área toda por dentro, enquanto os outros bombeiros apagavam as chamas daqui de fora, parece que não houve vitimas fatais todos que estavam no prédio se salvaram devido ao material especial ao qual as paredes eram revestidas, todos tiveram tempo de sair.

Ken:  Ótimo, mas encontraram algum vestígio da bomba?

Bombeiro:  Ainda não, mas estamos procurando, qualquer coisa entro em contato.

O bombeiro se afasta e retorna a seu grupo para combater as chamas, neste momento
uma moto estaciona logo após a faixa que interdita o local. Hioity tira o capacete e desce da moto indo em direção a seu ex-parceiro.

Hioity:  Ken, Ken sou eu, Hioity.

Ken olha para trás e vê o antigo companheiro.

Ken: Hioity! Cara! O que faz aqui? Você sumiu!!

Hioity se aproxima e passa por de baixo da faixa.

Hioity:  Eu vi a explosão e vim ver o que aconteceu, parece que não houve uma denuncia de bomba não é?

Ken:  Fomos chamados pelo corpo de bombeiros por que suspeitavam que o explosão pudesse ter sido provocada por intermédio de alguem.

Hioity:  Que estranho! Mas por que o prédio de pesquisa biológica?

Ken:  Eu não sei, mas mudando de assunto, fiquei chocado com sua demissão. Por que saiu? Pensei que gostasse de estar na policia. Era seu sonho não era?

Hioity:  É complicada, um dia prometo que lhe conto tudo.

DIMENSÃO DAS TREVAS - FORTALEZA NEGRA

Durante 100 anos, a Dimensão das trevas foi a prisão de todos os rebeldes que lutaram na
Guerra Dimensional, com a construção da fortaleza negra e o fim do poder do selo que os mantinham prisioneiros na dimensão das trevas, eles agora intitulados guerreiros das trevas, desejam a conquista da unica dimensão que reside ainda de pé, a dimensão da Terra.  É aqui na Fortaleza Negra que Destrus e seus comparsas comemoram com seu plano de destruição em andamento.

Dentro do grande salão, Destrus, Lizandra, Metarabolt e Morgana, riem do acontecido na dimensão da Terra.

Destrus:  É mesmo um plano interessante, destruir a Dimensão da Terra acabando com os prédios mais importantes de Net City.

Morgana: Sim é verdade, primeiro o prédio de Pesquisas Biológicas, onde suas descobertas são muito importantes, agora ele não existe mais. Logo outros prédios importantes sofrerão com o mesmo destino,hahahahahah!!

Metarabolt:  Nosso espião está se locomovendo pela cidade e plantando suas bombas. Ele tem a capacidade de se camulflar entre os terráqueos escondendo assim sua presença. Dessa forma, ele jamais sera localizado pelos Force Five.

Lizandra:  Logo não haverá mais Net City, e depois a dimensão da Terra inteira será nossa.

Destrus:  Muito bem, Lizandra, quero que de cobertura ao nosso monstro Dimensional, não deixe que nada o atrapalhe, principalmente os Force Five, entendeu?

Lizandra:  Sim senhor.

CENTRAL BASE - ABAIXO DO PRÉDIO SEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA.

Reiko, Kumiko, Mitsubasa, Maique e Ryu estavam na central base neste momento esperando o resultado da investigação que Hikari fazia pelo sistema para descobrir se existiu algum registro de portal aberto próximo do local da explosão.

Hikari:  Como eu suspeitei, a alguns metros do prédio que explodiu, um portal foi aberto minutos antes.

Maique:  Pode ser um Guerreiro das Trevas então?

Ryu que até então só pensava em seu reencontro com Saori, estava meio fora do ar.

Mitsubasa:  Temos que encontrá-lo, se é ele que está provocando explosões por ai, com certeza não vai parar com a primeira. Ryu, Ryu, está me ouvindo?

Ryu:  A...A...o que?

Kumiko: Ta dormindo Ryu?

Ryu:  Eu não tava prestando atenção, mas sei que falavam de um Guerreiro das Trevas não é?

Mitsubasa:  Sim, isso mesmo. Quero que se espalhem pela cidade e investiguem até encontrar este guerreiro.

Todos:  Sim.

Neste momento o Hioity abre comunicação com a central base.

Hioity pelo comunicador:  Pessoal, aqui é Hioity, a explosão aconteceu no prédio do centro de pesquisas biológicas, parece que ninguém morreu, mas muita gente se feriu.

Mitsubasa se aproxima do comunicador:  Hioity, é possível que estejamos lidando com um guerreiro  da dimensão das Trevas. Estou mandando os outros para patrulhar a cidade, quero que faça o mesmo. Entendeu?

Hioity pelo comunicador:  Sim, Hioity desligando.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Durante os próximos dias que se seguiram os Force Five investigam, mas não encontram nada. E as explosões continuam acontecendo em vários prédios importantes da cidade, a prefeitura, alguns bancos, hospitais entre outros. O monstro ou guerreiro, conseguia entrar e sair das cenas do crime sem ser detectado instalando suas bombas e nem os Force Five, e nem a tecnologia Dimensional de Tatsumi e Hikari conseguiam pega-lo.

Mais um dia se passa e chega a madrugada e mais uma explosão acontece pela cidade, o Museu de artefatos pré históricos foi reduzido a cinzas, Bombeiros e policiais não davam conta de atender a tantos chamados e os hospitais não conseguiam atender a tantos feridos vitimas de queimaduras decorrentes das explosões.

No terceiro prédio atacado os policiais estavam lá, não chegarão a tempo de evitar a explosão, mas estavam tentando ajudar as pessoas, pois os bombeiros demoravam a chegar por conta de problemas em outros locais. Ken socorre uma vitima, quando seu celular toca. Ele posiciona a pessoa no chão para que essa se recupere enquanto leva a mão ao bolso e puxa o celular para atender a ligação.

Ken: Sou eu, o que houve?

A fisionomia de Keniche Kampei muda repentinamente quando assimila a informação passada a ele pela ligação.

………………………………………………………………………………………………………..

Em outro ponto da cidade mais um prédio residencial foi vitima dos atos terroristas. Com
a ausência dos bombeiros neste caso os Force Five também tiveram que entrar em ação, eles chegam no local do prédio em chamas correndo por entres as pessoas que estavam ali.

Red Force pergunta a um morador:  Quantas pessoas ainda têm no prédio?

Morador:  eu não sei, talvez três ou quatro, não sei ao certo.

Black Force:  Afaste todos daqui, nós vamos entrar.

Red Force:  Vamos lá!

Todos -  Ok!

Entrando dentro do prédio eles se separam, Pink Force vai até o quarto no primeiro andar e encontra um senhor desmaiado. Ela corre passando pelos escombros que caiam em chamas.

Pink Force:  O senhor está bem?

Ela o pega e o tira do quarto apoiando ele sobre seu ombro direito, e o leva para fora. Em outro ponto mais acima Blue Force encontra uma garota presa no quarto de um dos apartamentos que estava tomado pelas chamas.

Garota: Socorro, eu to presa aqui dentro!!

Blue Force:  Afaste-se da porta, vou derrubá-la.

Com um chute ele põe a porta em chamas a baixo, agarra o braço da garota e volta a descer em direção a saida, e em meio a fumaça que se intensificava cada vez mais.

Blue Force:  Depressa, por aqui!

Red Force vai até o elevador e ouve gritos.

Pessoas: Socorro, socorro! Alguem nos ajude!!!

Red Force:  Estão presos no elevador. Esperem vou tirá-los daí.

O elevador estava parado entre um andar e outro, Red Force consegue com as mãos abrir a porta do elevador.

Red Force:  Depressa, me de a mão.

Era um casal de namorados que havia ficado preso ali. Com a explosão o elevador travou e parou de funcionar. Red Force puxa a garota pra cima, em seguida o garoto. Neste momento Yellow force aparece.

Yellow Force: Hikari scaneou todo o prédio. Não tem mais ninguém.

Red Force:  Tire o garoto daqui, eu desço com a garota.

Yellow Force:  Ta legal.

No ultimo andar, em um dos quartos, Black Force tentava chegar até um garotinho de 5 anos que estava próximo da janela.

Black Force:  Garoto, não se mecha, eu vou pegar você.

Ele anda se desviando das chamas e dos escombros que caiam desprendidos do teto, chegando perto do garoto na janela ele o segura no colo, quando se vira com o garoto no colo para voltar percebe que o fogo já tomou conta do quarto todo.

Garoto:  To com medo tio.

Ele olha ao seu redor e não encontrando outra saída, se volta para a janel e pula por ela do ultimo andar do prédio com o garoto nos braços, pousando em segurança no chão. Todos os outros Force Five saem do prédio com as pessoas em segurança, as ambulâncias começam a estacionar no local. Uma senhora vem em direção a Black Force.

Senhora:  Meu filho, graças a Deus, muito obrigada.

Ela agradece, pega o garoto e é atendida por um paramédico que a afasta do local. Os outros Force Five se Juntam a Black Force.

Pink Force:  Parece que estão todos a salvo agora, e o dia já ta amanhecendo.

Red Force:  Espero que não haja mais explosões por hoje.

Blue Force:  Pensou rápido Black.

Pipipipipipipipipipipipi:   Toca o comunicador.

Hikari pelo comunicador:  Pessoal, tivemos uma ocorrência em outro prédio. Dessa vez uma instituição de idosos.

Black Force:  O que!? Só tem uma instituição de idosos em Net City, o pai do Ken esta lá.

Blue Force:  Vai lá Black, cuidamos das coisas por aqui.

Black Force: Obrigado.

……………………………………………………………………………………………………...

Preocupado com seu amigo Ken, Black Force se dirige para o local da segunda ocorrência.
Chegado no local ele pode perceber a fumaça que saia de parte da instituição de idosos e apenas destroços, uma boa parte da instituição havia sido destruida na explosão. Algumas pessoas eram atendidas por ali em volta e outras eram colocadas dentro de ambulâncias. As chamas haviam acabado de serem combatidas e estavam sobre controle.

Hioity olha para o outro lado e ve Ken sentado numa calçada um pouco afastada olhando para o nada segurando uma espécie de chapéu. Hioity se lembrava daquele chapéu. Quando ele e Ken eram crianças e brincavam, aquele chapéu sempre foi usado pelo pai de Ken. Hioity desce da moto  e se aproxima de Ken.

Hioity:  Ken, você está bem?

Ken com os olhos cheios de lagrimas olha para Hioity:  O meu pai, ele… Ele estava em uma das salas que foi atingida pela expolosão.

Hioity: Não me diga que...

Ken olha para uma das macas paradas na rua com o corpo envolvido por um saco preto.

Hioity: Eu devia...eu devia ter ficado com ele, deixei ele sozinho nesse lugar por que achei que aqui ele estaria protegido e no entanto....

Hioity: Ken, eu...eu sinto muito.

O pai de Ken a poucos anos sofreu um AVC e ficou com algumas sequelas, sendo necessários cuidados diários, por isso, como Ken não podia cuidar do pai dia e noite pela profissão de policial, precisou deixa-lo nessa instituição.

Ken se levanta: Você!! O que você esta fazendo no meio de tudo isso? Como policial você devia estar ajudando as pessoas mas.você simplesmente sumiu.

Hioity: Eu ja te disse, é complicado.

Ken enfurecido vai pra cima de Hioity e o agarra pelo colarinho.

Ken: Tem pessoas sofrendo, meu pai morreu vitima dessas malditas explosões. Tem monstros invadindo essa cidade você sabia disso? E o que você ta fazendo? Sumiu pra cuidar da propria vida ou fazer sei lá o que.

Ken empurra Hioity que cai no chão.
Hioity fica calado olhando para baixo.

Ken: Eu vou pegar esse cara ou seja lá quem ta plantando bombas por ai. Vou acabar com ele. Por que eu ainda sou um policial.

Ken se vira e vai para perto do corpo do pai fica ali alguns segundos e em seguida sai correndo.

DIMENSÃO DAS TRÉVAS - FORTALEZA NEGRA

Destrus:  Hahahahahahaha! Sensacional, o ataque secreto provocado por nosso espião é sensacional!  Nem mesmo os Force Five podem encontrá-lo. Continuem, explodam toda a Dimensão da Terra e não deixe que ninguém sobreviva, hahahahaha.

CENTRAL BASE - ABAIXO DO PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA.

Hikari passa para os cinco Force Five o resumo dos prédios atacados pela madrugada.

Hikari:  Foram muitos os predios, a Prefeitura, o Museu e dois residenciais, em todos eles, minutos antes um portal foi aberto.

Mitsubasa:  Mas como? Como ele consegue burlar nosso sistema? Como ele consegue ser tão rápido com as bombas?

Kumiko:  Se continuar assim, ele vai destruir toda a cidade.

Hikari:  Parece que no terceiro atacado, um oficial dos bombeiros perdeu a vida.

Ryu:  Isso tem que parar.

Hioity: O pai do Ken, ele também...E eu não pude fazer nada.

Hioity da um soco na mesa descontando sua frustração e sua raiva.

Hioity: Eu devia ter contado pro Ken que sou um Force Five, pra ajudar a caçar esse desgraçado que provocou tanta dor e sofrimento as pessoas.

Tatsumi: A melhor maneira de você ajudar o seu amigo é mantendo a calma. Precisamos pensar numa maneira de encontrar este monstro dimensional antes que ele exploda mais algum prédio.

Hioity: Vocês pensam em alguma coisa, eu vou caçar esse cara a moda antiga.

Hioty se prepara para deixar o complexo subterrâneo quando Kumiko entra na sua frente.

Hioity: Sai da minha frente!!
Kimiko: Você ta com raiva. Se sair desse jeito só vai se colocar em perigo e comprometer a gente no processo.

Hioity: Sai do meu caminho!!

Ele estica o braço na tentativa de tirar Kumiko de sua frente, ela segura seu braço com a mão direita e o empurra contra a mesa pressionando seu ombro com  a mão esquerda imobilizando-o.

Hioity: Me larga!!

Kumiko: Voccê precisa se acalamar!!

Ryu: Solta ele, deixa ele ir!!

Kumiko então solta o braço de Hioity que se levanta, olha para todos e sai em seguida.

Heiko: Deviamos deixar ele sair assim desse jeito?

Ryu: Não se preocupe, vamos ficar de olho nele.

USINA DE NERGIA DE NET CITY.

Imaginando que a usina de energia da cidade pudesse sofrer o próximo ataque, Ken sozinho, fica de tocaia próximo ao prédio esperando assim que o bandido incendiário se revelasse.

Ken escondido:  Maldito, sei que você vai aparecer por aqui, você vai explodir quantos prédios quiser mas uma hora vai ter que vir pra cá.

De repente, olhando atentamente para o pátio na entrada da usina, Ken visualiza uma pessoa com uma roupa toda preta correndo por ali.

Ken:  Mas quem será, será que ele é...?

Ken então dispara a correr entrando na usina e indo em direção ao homem misterioso homem de sobretudo preto.
RUAS DE NET CITY

Hioity em sua moto procurava desesperadamente seu amigo mas não o encontrava, até que o comunicador toca novamente.

Hikari pelo comunicador: Hioity, tenho novidades, consegui localizar a abertura de um portal na dimensão da Terra.

Hioity:  Onde?

Hikari pelo comunicador:  Na Usina de Energia, vá para lá, os outros já estão a caminho.

Hioity: Eu to indo pra lá.

Ele acelera a moto e corre para o local.

USINA DE ENERGIA DE NET CITY.

Ken caminhava dentro do enorme pátio da usina vagarosamente tomando cuidado para não ser ouvido.

Ken em pensamento:  Mas onde ele foi? Tenho certeza que vi alguém entrar aqui.

De repente na frente de Ken uma figura aparece usando um sobretudo preto, um chapéu tambem preto e óculos escuros.

Ken sacando sua arma:  Levanta as mãos pra cima devagar.

Homem misterioso:  Ora, ora! Então fui descoberto por um terráqueo, e eu tomei todo o cuidado que pude.

Ken:  Seu desgraçlado!! É você que esta espalhando bomabas pela cidade não é?

O homem começa a caminhar em sua direção. Ken dispara várias vezes contra o individuo mas sua arma de fogo não surte efeito, ele fica perplexo com o que vê.

Ken:  Não pode ser!

O homem agarra seu pescoço e o ergue a centímetros do chão.

Ken:  Argh, mas...afinal... quem é você?

Homem:  Hahahahaha, meros terráqueos  não podem me ferir.

Ele arremessa o policial contra o portão da usina, ele bate no portão e cai no chão com violência.

Homem:  Vou lhe mostrar quem sou pra você não morrer sem saber quem te mandou para o inferno.

O homem começa a retirar a própria pele, rasgando-a e mostrando por baixo uma outra pele meio azulada e uma imensa energia surge em suas mãos e ao seu redor. Ken observa aquilo e fica surpreso quando vê a verdadeira face da figura..

RedDragonArchfiend.png

Uma espécie de dragão ou lagarto de três chifres com cauda e uma pele dura aparentemente escamas. As mãos do monstro brilhava uma especie de energia que ken não sabia reconhecer.

Ken:  Meu Deus.

O monstro começa a caminhar na direção de Ken que começa a se arrastar para trás na tentativa desesperada de escapar de.

Monstro:  É o seu fim, depois que acabar com você vou explodir a usina de energia prejudicando assim todos os outros prédios importantes dessa cidade.

Ken -  Não, não se aproxime de mim.

Neste instante surge Hioity com sua moto ele passa pelo portão semi-aberto adentrando a usina, empinando a moto ele bate com a roda dianteira contra o monstro que atingido é jogado para trás afastando-se de Ken. Hioity para a moto na frente do amigo, desce e corre para ajuda-lo

Hioity:  Ken, você está bem?

Ken: Hioity! Como sabia que eu estaria aqui?

Hioity: Eu...er...imaginei que talvez a usina pudesse ser um possível alvo. Quando cheguei vi você em perigo, então corri pra ajudar.

Ken sorri: Nós somos mesmo parceiros hein!! Você teve a mesma idéia que eu.

Monstro se levantando: Eu sou o MONSTRO DIMENSIONAL DÍNAMO.

Hioity ajuda Ken a se levantar e se coloca na frente dele voltando-se contra o monstro.

Hioity:  Então se tratava mesmo de vocês.

Ken: Hioity, ele pode se transformar em humanos!

Hioity em pensamento: Então é assim que ele consegue se movimentar tão rapido sem que a gente perceba. Ele se camufla na multidão.

O monstro faz surgir em suas mãos duas bolas de energias transparentes e dentro delas uma espécie de bomba com vários dinamites amarrados e um relógio ao centro.

Monstro Dínamo: Chega de conversa! Morram! ****BOMBAS INFERNAIS***

O monstro arremessa as duas bombas contra os dois e uma explosão acontece lançando-os ao ar.

Ken e Hioity: AAAAAAAARRRRRRRRGGGGGGGGHHHHHHHHHH!!!!

Eles caem no meio do patio da usina de energia. Ken desmaia com o impacto. O monstro então começa a avançar contra Hioity e seu amigo desacordado. Das mãos do monstro surgem mais duas bombas que ele joga em direção a Hioity que se abaixa e abraça o amigo desmaiado para protegê-lo das bombas. Quando as bombas vão atingi-lo surge Red e Blue Force na frente deles rebatendo as bombas com suas Sabres. As bombas explodem longe deles. Também aparecem saltando e dando um chute no monstro Yellow e Pink Force que no ar esticam suas pernas desferindo um chute no monstro que com o impacto do golpe é arremessado a metros de distância e se choca com o solo. 

Ele cai, os Force Five se juntam a Hioity.

Red Force:  E ai cara, tudo bem?

Hioity:  Estou bem, chegaram na hora exata.

Pink Force:  Seu amigo está desacordado, temos que tirá-lo daqui, Yellow, me ajude, por favor.

As duas pegam Ken nos ombros e o coloca em um lugar seguro, depois se unem à equipe novamente.

Hioity: Pessoal, ele se transformava em ser humano, por isso não conseguíamos identifica-lo.

Nesta hora, um portal se abre ao lado do monstro de onde surgem Lizandra e uma horda de Espectros.

Lizandra.png

espéctros_exercito.jpg

Red Force:  Lizandra, já chega de baderna, vocês vão sair dessa dimensão agora.

Lizandra:  Vocês são apenas um obstáculo a ser superado, sem vocês nada poderá nos deter.

Hioity: Vocês tentaram acabar com a dimensão da terra e feriram várias pessoas no processo, e tiraram a vida de gente inocente. Não vou perdoa-los!!

Dínamo:  E o que vai fazer seu moleque?

Hioity:  Eu vou te fazer em pedaços.

Hioity dá dois passos à frente dos amigos.

Hioity:  ***FORCE DIMENSÃO***

Uma imensa luz envolve o corpo de Hioity transformando-se em seu traje tornando-o assim Black Force.

Black Force:  ***BLACK FORCE***

black.jpg

Red Force:  ***ESQUADRÃO DIMENSIONAL FORCE***

Todos:  *** FIVE***

force-five-grupo_4.png

Lizandra:  ESPÉCTROS ATAQUEMMM!!!!

Red Force:  ***FORCE SABRE***

Os soldados também usam suas garras e atacam com intensidade, Red Force se defende de um e com um chute derruba o outro, ele rola no chão escapando de outro ataque e corta o soldado ao meio, Blue Force também saca seu sabre e parte para cima de mais alguns Espectros, ele passa por vários deles cortando-os com a espada, depois salta pra cima de outro soldado e ao pousar o corta ao meio, neste momento Lizandra o ataca, ele, com o sabre, se defende.

Lizandra:  Vou acabar com você.

Blue Force: Isso é que quero ver.

Enquanto isso Yellow Force derrubava outros Espectros, ela da vários saltos mortais para trás passando por um corredor formado por muitos deles, ao parar, outro espectro a ataca com sua garra, ela rola para direita esticando a perna e atingindo outro Espectro ao lado, quando percebe que o da esquerda vinha em sua direção, ela joga o outro soldado em cima dele, ainda no chão ela saca sua arma.

Yellow Force:  ***FORCE LASER***

Ela dispara sua arma contra todos os soldados que a atacavam atingindo-os mortalmente. eles caem um a um. Pink Force também lutava usando seu sabre, quando percebe, se vê cercada por vários soldados que atacam ao mesmo tempo, ela se abaixa sumindo na multidão de Espectros, apóia uma de suas mãos no chão e começa a girar o corpo rapidamente passando uma rasteira em todos eles levando -os ao chão, em seguida ela salta para os céus desarmando sua sabre e transformando a lâmina em sua Force Laser.

Pink Force:  ***FORCE LASER***

Ela começa a cair em queda livre disparando contra os soldados que estavam no chão sem que eles tenham chances de se defender. Em outro ponto da Usina Black Force derrubava os últimos soldados, ele agarra um dos espectros e o levanta com os dois braços, jogando-o contra os outros que vinham em sua direção, virando-se para Dínamo, ele parte para cima do monstro

Black Force:  Você é meu!!

Dínamo:   Acha que pode me derrotar?

Black Force salta e arma um chute contra o monstro que dispara um raio de seus olhos atingindo Black no peito provocando uma pequena explosão em seu corpo e jogando-o contra o chão.

Black Force:  ARRRGGHHH!!

Dínamo então avança contra Black Force e o agarra pelo pescoço, com uma joelhada atinge o estomago do guardião que se inclina para frente com a dor, depois, Dínamo, com um poderoso soco atinge as costa do guerreiro que vai ao chão mais uma vez.

Black Force:  AAAARRRGGHHH!!!

O Monstro Dínamo então pisa no peito do herói, por diversas vezes. Ele começa a forçar seu pé contra o guerreiro afundando-o no chão.

Dínamo:  Saiba que foi muito prazeroso para mim ter destruído aqueles prédios, quando me livrar de vocês vou explodir o resto da cidade, em breve explodirei toda essa dimensão, hahahahahahah.

Black Force:  Arghhh...Eu não vou permitir.

Quando Dinamo ergue seu pé para dar o golpe de misericórdia na intenção de esmagar o peito de Black Force, este saca sua arma.

Black Force:  ***FORCE LASER***

A arma é disparada queima-roupa contra o rosto do monstro que se afasta, Black Force então se levanta e salta para os céus, desarma a Force Laser transformando-a na Force Sabre.

Black Force:  ***FORCE SABRE***

Ele desce do ar cortando o monstro Dínamo ao meio, uma explosão acontece no corpo do monstro dimensional que vai para trás. Ele passa pelo monstro cortando sua cintura com a espada, outra explosão no corpo do monstro acontece. Ele corta a costas do Monstro.

Dinamo:  AAARRRRGGGGHHH!!!!

Ele energiza sua espada com a sua energia dimensional.

Black Force:  ***BLACK ATAQUE FINAL***

O monstro é atingido pela espada de Black tendo várias explosões provocadas em seu corpo e lançado a metros de distância caindo perto de Lizandra.

Dínamo se levanta cambaleando. Os Force Five se juntam a Black Force.

Red Force:  Você conseguiu Black.

Black Force cai ajoelhado devido aos ferimentos, Pink Force e Yellow Force o seguram.

Yellow Force: Aguenta firme Black.

Black Force:  Yellow, Obrigado!!Eu estou bem, vamos acabar logo com isso.

Red Force:  Muito bem. Estão prontos?

Todos: Prontos!!!!

Os cinco materializam novamente suas Force Sabres e juntos, lado a lado correm em direção ao monstro. Seus corpos começam a brilhar em uma energia branca que os converte em cinco bolhas de energia, essas bolhas se transformam em uma bolha ainda maior que voa em uma velocidade absurda para cima do monstro Dínamo.

Force Five: ***FORCE FIVE VICTORY***

A bolha de energia passa pelo monstro atravessando seu corpo. Os corpos dos cinco se materializam novamente pousando metros atrás do monstro que explode consumido por chamas e fumaça.

Lizandra:  Malditos ***SPARKSSSSS!!!!***

Da dimensão das trevas, das mãos de Morgana, a bola de cristal cria Tentáculos e se transforma no Monstro Dimensional Sparks abrindo um portal e chegando no local da batalha.

Pink Force:  É aquele monstro de novo.

Sparks dispara de seus Tentáculos uma rajada de energia contra o corpo do monstro que se levanta e ganha um tamanho descomunal, tornado-se, alem de gigante, ainda mais poderoso. Sparks então retorna para seu local de origem, as mãos de Morgana na dimensão das trevas voltando a ser uma bola de cristal.

Lizandra: Gigante Monstro Dínamo, Esmague os Force Five.

Após dar a ordem ao monstro Lizandra se retira da batalha abrindo um portal e passando por ele.

Dínamo:  Isso será um prazer.

Red Force:  ***ROBÔ FORCE DECOLAR***

CENTRAL BASE - ABAIXO DO PRÉDIO CEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA.

De um túnel no interior da central base, o Robô Force é acionado pelo chamado de Red Force. Seus pés acionam foguetes, e o robô começa a subir. Quando esta quase atingindo o topo um portal é aberto e o Robô atravessa passando por ele e chegando ao local da batalha onde os Force Five o esperavam.

USINA DE ENERGIA DE NET CITY.

O Robô Force pousa em meio as torres de energia.

11157034_1084875868196178_1372305758_n.jpg

Uma vez dentro da cabine os Force Five se preparam para atacar.

Red Force na cabine:  Vamos com tudo!!

O monstro Dínamo caminha em direção ao Robô Force dando-lhe um chute que o afasta para trás, depois um soco que o arrasta para trás mais uma vez.

Impacto na cabine: AAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRGGGGGGGHHHHHHH!

De seus olhos o monstro dispara um poderoso raio que explode no peitoral do Robô Force que vai ao chão em uma queda violenta.

Impacto na cabine: AAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRGGGGGGGHHHHHHH!

Red Force:  Que droga!!!.

O monstro então arma suas bombas.

Dinamo: ****BOMBAS INFERNAIS***

O monstro lança duas bombas contra o Robô Force, que rola no chão escapando delas. Elas explodem ao lado do gigante de metal.

Red Force:  *** ROBÔ FORCE  RAIO***

Ainda no chão o Robô Force abre as comportas de seus ombros e dispara os raios que atingem o monstro desestabilizando-o. O monstro cai.

Red Force :  ***ESPADA DIMNESIONAL***

O céu que cobre a usina se escurece, relâmpagos cruzam os céus e trovões são ouvidos, neste clima um portal se abre e dele surge a Espada Dimensional que vem em queda livre.

Red Force:  *** ROBÔ FORCE  SALTAR***

O Robô sobe aos céus agarrando a espada.

O Robô desce em queda livre vindo em direção ao monstro, sua espada é energizada.

Red Force:  ***FORÇA PRÓTON***

O Robô passa pelo monstro cortando-o ao meio, pousando logo atrás dele. Com o ataque do Robô Force o Monstro é destruído envolto a uma grande explosão.

Black Force:  Isso é pelas pessoas que vocês feriram.

CEMITÉRIO DE NET CITY

Depois dos acontecimentos na usina de energia, Ken voltou para a delegacia a cidade onde trabalhava  se demitiu de seu trabalho, em seguida partiu para o sepultamento de seu pai, muitas pessoas entre familiares e amigos do senhor Kampei estavam na serimonia. O clima estava frio e uma  chuva fraca mas intensa caia, Hioity fica próximo de Ken e os dois juntos assistem ao enterro. Apoiando Hioity, do outro lado do caixão encontravam-se no meio das pessoas, Maique, Kumiko e Reiko. Tatsumi Mitsubasa prestando suas condolências também estava ali. Tinha comparecido não só ao enterro do senhor Kampei como também de várias outras vítimas das explosões causadas pelo Monstro Dínamo.

Ken:  Hioity, quero agradecer por ter me salvado ontem.

Hioity -  Que nada, você teria feito o mesmo por mim.

Ken:  É, mas não consegui fazer pelo meu pai.

Hioity:  Acho...acho que ele se foi,tendo a certeza de ter deixado para o mundo um filho bom e justo que buscou e ainda busca ajudar as pessoas. Ken, foi por isso que nos tornamos policiais juntos. Você se lembra?

Ken:  Sim, me lembro. E assim como você eu deixei a policia.

Hioity:  O que!? Mas por que?

Ken -  O que você me contou quando acordei foi que aqueles Force Five lutaram contra aquele monstro e o derrotaram, eu quero descobrir quem são esses monstros, de onde vêm e por que eles causaram dor e sofrimento, quero ajudar os Force Five a destruí-los. Aquele nã foi o primeiro que apareceu e com certeza não será  o ultimo

Hioity:  Ken!!

Ken então se vira e atravessando os convidados sai do cemitério sendo alvejado pelos pingos de chuva que escondiam suas lagrimas, Hioity olha de baixo da chuva o amigo partir, Maique, Kumiko e Reiko também o observam.

Hioity em pensamento:  Ken, espero que essa sua dor passe um dia e se transforme apenas em saudade.

PRÉDIO SEDE DAS INDUSTRIAS MITSUBASA.

Devido a todos os ataques dos ultimos dias as Empresas Mitsubasa sedeu o da de trabalho aos funcionários para que todos pudessem ficar com seus entes queridos  e principalmente para que pudessem cuidar de familiares feridos nos ataques. O prédio começava a se esvaziar.Ryu, o único que não havia ido ao enterro do senhor Kampei, trabalhava no almoxarifado do prédio, organizando algumas coisas nas estantes de metal, neste momento Saori, que ele havia reencontrado  dias antes se aproxima e fica no balcão. Ainda de costas para o balcão ele percebe sua presença.

Ryu:  Resolveu aparecer foi? É estranho por que ultimamente você tem levado dois anos pra fazer isso!

Saori compreensiva:  Ryu, será que pode esquecer isso? Não podemos começar de novo?

Ryu se aproxima e se debruça no balcão ficando olho no olho com Saori.

Ryu:  É difícil Saori, eu imaginei que você pudesse aparecer pra pelo menos... me agradecer pelo que fiz, mas não apareceu. De repente eu te encontro aqui, caminhando com sua vida perfeita. Acha que isso é fácil pra mim?

Saori:  Eu sei que não, mas estive pensando esse tempo todo, e quero tentar me redimir com você. Eu só quero uma chance, só isso.

Ryu olha para ela e os olhares dos dois ficam serenos, de repente as bocas dos dois começam a se aproximar até que...

Ryu:  Ta, tudo bem, eu vou tentar esquecer isso, podemos tentar de novo sim.

Ele então se afasta.

Saori sem jeito: Obrigada Ryu, mas mudando de assunto, por que não acompanhou seus amigos ao enterro daquele senhor que morreu em um dos ataques.

Ryu:  Não são meus amigos, são só...colegas de trabalho, sei lá. Além do mais pessoas morrem todos os dias, o mundo não para por isso.

Saori:  É mas quando pessoas próximas a nós morrem, é como se o mundo parasse sim. Você pode imaginar o que os familiares, estão sentindo?

Saori se afasta do balcão caminhando pelos corredores rumo ao elevador deixando Ryu com seus pensamentos.

DIMENSÃO DAS TREVAS – FORTALEZA NEGRA.

Destrus:  Eu não posso acreditar que mais um plano nosso tenha ido por água abaixo.

Lizandra:  Sinto muito senhor, acho que temos subestimado a força dos Force Five.

Metarabolt:  Temos que destruí-los antes que se tornem uma ameaça ainda maior.

Morgana:  Eles são poderosos mas não são invencíveis. Eu tenho uma idéia em mente mas preciso amadurecê-la, com licença.

Morgana se retira do salão.

Destrus:  Hum, eu só estou preocupado com uma coisa. Certa vez eles disseram que alguém previu a nossa chegada e lhes conferiram poderes para que pudessem lutar contra nós, eu não dei atenção na ocasião não consegui confirmar se essa pessoa era Victor... Aquele maldito Guardião que nos trancafiou aqui,

Lizandra:  Temos que encontrar uma forma de confirmar isso.

Destrus:  Sim, afinal, ele foi o ultimo sobrevivente daquela guerra, e o responsável por nossa prisão.



….> Continua.

Download do PDF

7 comentários:

  1. Começo apontando o posicionamento de Ryu com uma atitude, embora ele não perceba isso, digna de um líder ao conversar com Kumiko, mas muito mais que isso, vi um episódio onde a amizade e a família foram postos a prova e em conflito... Momentos do passado e do presente de Hioity se mostraram fortes o bastante para dar grande profundidade ao personagem e também mostraram o seu lado humano ao entrar em fúria e em conflito com seus aliados, mesmo sendo até agora pelo menos, um dos mais racionais deles! O plano maligno também fora bem cruel o que te faz detestar mais ainda os vilões e isso é muito bom, leitura recomendadíssima para todos que curtem uma trama bem entrelaçada e momentos de grandes surpresas!

    ResponderExcluir
  2. Adorei essa frase:
    Mitsubasa: Como vocês puderam perceber, ele não tem muito apreço pela minha pessoa. Deixá-lo um pouco afastado é o melhor por enquanto. Mas sempre que houver um problema ele sera acionado também.

    Cara...que personagens fodas...e a interação entre eles...Ah o nome do Monstro devia ser TALIBAN!

    ResponderExcluir
  3. Depois daquelas palavras, se eu fosse a Kumiko voltava pra cama e n saia mais, que toco. Esse é um dos meus, usa monstros de yugioh de base, nice. Muito vacilo o Hioty n poder contar pq né: "Ta todo mundo aí sofrendo e você aí parado!" "Cara, eu sou o Black lá dos Force Five, :v" "Ata". Curti esse modelo do robo ficou muito bom. Por ultimo meus pesames pelo pai do Ken ;-;.

    ResponderExcluir
  4. E... a kumico levou uma boa lambada. Kkkkk. Ryu agiu como um grande lider deve. Ele vai capitanear a todos pelo visto.

    Parabéns por mais um excelente episodio ...

    Rodrigo... eu me espanto peli detalhamento de sua série. É assustador. Meu nobre... Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Artur. A Kumiko é uma personagem que ainda vai receber o seu destaque, e será desenvolvida no tempo certo. E sim, nesse episodio, Ryu acaba sendo um grande lider. Grande abraço

      Excluir
  5. Mais um capítulo bem legal... Vc desenvolve de forma ótima seus personagens e a história segue muito bacana.
    Parabéns e até a próxima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela leitura e confiança para acompanhar minha saga Norberto. Grande Abraço!!

      Excluir