quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

ESQUADRÃO DIMENSIONAL FORCE FIVE - EP 18


Fala galerinha. O grupo PlanetSatsus está de volta e para abrir os trabalhos em 2018, fique com mais um episodio de Esquadrão Dimensional Force Five.

EPISODIO - 18 FIM DA VINGANÇA


Nos episódios anteriores de Esquadrão Dimensional Force Five, Ryu volta à vida graças ao sacrifício do espírito do guardião Tristan, que estava unido ao King Force. Enquanto isso na dimensão da terra, Black Force, Blue Force e Pink Force lutam contra os Espectros que são comandados por Morgana a Feiticeira Dimensional. Zandoriam após ser recarregado, ataca a cidade de Net City ferozmente. Black e os outros Force Five tentam atrasá-lo, porém, o poder dos três é inútil perante o poder de Zandoriam. No momento em que Zandor com seu poderoso Titã vai desferir o golpe derradeiro, eis que surge King Force, controlado por Red Force e Yellow Force. Agora, está prestes a começar uma das maiores batalhas de toda essa saga, entre duas poderosas forças. Quem sairá vitorioso? A máquina de destruição controlada por Zandor, ou o Gigante guardião, agora unido aos cinco Force Five.

Fique agora com com mais um episódio de ESQUADRÃO DIMENSIONAL FORCE FIVE.

O sol começava a nascer no horizonte, porém, como se fosse um capricho dos deuses querendo preparar um terreno pára o que estava pra ser uma batalha épica, as nuvens começam a se aglomera, trovões ecoam, relâmpagos rasgam os céus, e em seguida uma torrencial chuva começa caindo sobre a lataria dos dois titãs que estavam parados a desafiar um ao outro. Dentro do King Force, Red Force mantinha suas mãos no controle olhando fixamente para qualquer movimento do inimigo. Dentro de Zandoriam, Zandor, acompanhado de seus Lacaios Grégor e Tritus, fazia o mesmo até que mais um relâmpago rasga o céu novamente. Esse foi o sinal para que os dois robôs fossem instigados por seus controladores a correrem um para cima do outro. Os passos dos Mechas fazia toda aquela área da cidade de Net City tremer. Ao se aproximarem, os dois, Zandoriam e King Force desferem seus poderosos socos ao mesmo tempo fazendo seus punhos se chocarem. O impacto do choque, além do um barulho ensurdecedor de metal, gerou uma corrente de ar tão poderosa que derrubou o que restava dos prédios destruidos a sua volta, e estremeceu os outros mais afastados. Red Force empurra o Joystick para frente e mais um soco é dado por King Force, soco esse defendido por Zandoriam, que mesmo defendendo, sente o impacto que o arrasta alguns metros para trás.

Zandor dentro da cabine de Zandoriam: Miseráveis, como se atrevem a desafiar o meu poder? Eu vou destruí-los!!

Red Force: O poder do King Force é realmente impressionante!

Black Force: Sim. Agora nós estamos lutando em outro nível.

Os dois Robôs partem pra cima um do outro novamente e Zandoriam desfere o primeiro golpe, King Force gira o corpo desviando do ataque, passando por Zandoriam e desferindo uma braçada nas costas do oponente que é lançado alguns passos para frente. Zandoriam se vira novamente para King Force já com suas lâminas no lugar dos pulsos e ataca King Force com o primeiro golpe de cima para baixo atingindo-o e provocando explosões em sua lataria em seguida passa por ele cortando-o na altura do abdômen provocando mais explosões. King Force agora se vira para Zandoriam e nesse momento com um golpe de sua lâmina de cima para baixo novamente Zandoriam ataca, porém, dessa vez King Force agarra a lâmina com a mão direita, e descendo uma braçada com o braço esquerdo na mesma, a quebra em dezenas de pedaços. Zandoriam ataca com a outra lâmina que King Force também defende com uma mão, e com a outra, desferindo um poderoso soco, a quebra em seguida desarmando o inimigo por completo.

Red Force: ****KING FORCE RAIO*****

Dos olhos do King Force, raios óticos são lançados e explodem a queima roupa no peito de Zandoriam que dá vários passos para trás até que se desequilibra e cai por cima de um dos prédios semi destruídos convertendo-o em milhares de pedaços de concreto enquanto ele tomba no chão. Uma forte poeira se levanta em meio ao clima chuvoso. Mesmo assim, o poderoso Zandoriam se levanta mais uma vez abrindo algumas comportas em seu peitoral e disparando todos os misseis que tinha disponível contra King Force .

Os mísseis vão explodindo em cima e ao redor de King Force que imponente e poderoso, caminha por entre as chamas e explosões geradas, indo na direção de Zandoriam. King Force, agora a mais nova arma de batalha, não, o mais novo parceiro dos Force Five, agora demonstra sua superioridade contra Zandoriam.

Zandor: Miseráveis!! Como é possível?

Gregor ao lado de Zandor: Esse novo Robô está superando a capacidade de batalha de Zandoriam. Talvez devêssemos nos retirar e repensar nosso plano de ataque.

Zandor: Não!! Não vamos a lugar nenhum. Os Force Five morrem de uma vez por todas hoje!!!

Obedecendo aos controles de Zandor, Zandoriam manifesta seu chicote laser e ataca jogando-o contra King Force, que sob os controle dos Force Five, se joga para o lado dando um rolamento no solo enquanto o chicote atinge outro prédio semi destruídos e provoca mais uma explosão. King Force salta, Zandoriam joga seu chicote laser na direção do Titã guardião. O chicote envolve seu pulso e puxa King Force para baixo fazendo voltar ao chão. Do pulso de Zandoriam uma poderosa rajada de energia é emitida correndo pelo chicote e explodindo em cima de King Force. As explosões se espalham por toda a extensão da lataria do Robô.

Todos na cabine: AAAARRRRRRRGGGGGGHHHHHHHH!!!

Yellow Force: O nível de energia começou a cair.

Black Force: É o chicote, precisamos nos livrar dele.

Blue Force: Aguentem firme! Vou acessar os arquivos e ver quais as armas disponíveis.

Pink Force: Não temos muito tempo.

As explosões continuam intensas do lado de fora do Robô.

Zandor: HOJE EU ACABO COM VOCÊÊÊÊS!!!

Blue Force: Red Force, encontrei!!

Red Force: Muito bem, vamos usá-las!!*****KING FORCE REVERTER ENERGIA*****

Um campo de energia é gerado no corpo do gigante Robô que acaba por repelir os raios enviados através do chicote fazendo-os voltar e explodir em cima de Zandoriam, que com o impacto, da alguns passos para trás. Ainda não se dando por vencido, o titã do mal dispara seu poderoso raio ótico contra seu oponente.

Red Force: *****KING FORCE ESCUDO*****.

O King Force ergue seu escudo de formato circular, com um V amarelo atravessado sobre a superfície do escudo. Com esse escudo, King Force defende o ataque do inimigo que explode em cima da superfície de ferro da arma de defesa, gerando bastante fumaça. Saindo de dentro da fumaça, surge King Force novamente. A superfície do escudo se retrai para dentro da letra V, que em seguida se abre alguns graus, tornando-se um bumerangue.

Red Force: ****KING FORCE BUMERANGUE***** 

King Force lança o bumerangue contra Zandoriam. A arma provoca uma forte explosão na lataria do inimigo que mais uma vez é arrastado para trás. E em seguida, sem nenhum tempo para uma reação, Zandoriam recebe em seu peitoral um poderoso soco tão forte de King Force que sua lataria afunda para dentros junto com uma forte explosão que acontece em seguida. Um segundo soco atingiu o abdômen do poderosa arma de destruição, fazendo Zandoriam se afastar novamente. Dentro da cabine de Zandoriam, várias explosões começam a acontecer decorrente dos golpes que o poderoso titã estava tomando de seu oponente.

Zandor: MISERÁVEIS FORCE FIVE!!!

Red Force: Você usou essa maquina de destruição e tirou várias vidas. Nós não vamos te perdoar, Zandor. Hoje, nós acabamos com sua jornada de destruição para sempre.

De baixo para cima, com um poderoso gancho, King Force atinge a mandíbula de Zandoriam que é lançado para os céus enquanto várias explosões acontecem em seu corpo.

Red Force: Esse é o fim!! 

Todos: ****KING FORCE DINAMIC VICTORY****** 

O poderoso King Force inclina seu tronco um pouco para trás, uma poderosa energia liberada de dentro de seu corpo percorre toda a extensão do robô até chegar a letra V amarela em seu peito. Toda energia acumulada é disparada de seu peito seguindo numa velocidade descomunal para cima de Zandoriam ainda no ar sem a menor chance de se defender.

Zandor: NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOO!!!!!

O poderoso Zandoriam, aquele que tirou diversas vidas de guardiões, aquele que devastou várias dimensões, finalmente encontra seu fim, atingido em pleno céu com o poderoso DINAMIC VICTORY de King Force e se desfazendo em uma explosão que iluminou ainda mais, toda aquela área da tão sofrida Net City, mandando assim para o inferno, junto com ele, Grégor e Tritus, os dois últimos remanescentes da Triade Fantasma. King Force finalmente baixa sua guarda enquanto os pedaços do que restara de Zandoriam caiam em meio aos destroços de concreto e ferro dos prédios, juntamente com a chuva.

Red Force: Nós...nós… conseguimos!!

Todos gritam incessantemente a plenos pulmões a vitoria que tanto almejavam desde a queda do Robo Force. Yellow force, em meio a comemoração de seus amigos, apenas respira aliviada. Porém, nenhum deles percebeu que de dentro das chamas dissipavam-se nos céus, uma pequena cápsula, pouco maior que um carro, caia no solo da cidade em meio aos destroços, se chocando contra uma parede.

As portas da cápsula se abre e de dentro da dela, arrastando-se todo ferido, sai Zandor. Ele mal conseguia se mover. Apoiou-se em uma mureta e fez o máximo de força que consegui para ficar de pé. Levou a mão ao Elmo, arrancando-o de sua cabeça, buscando conseguir puxar mais ar para seus pulmões que provavelmente estavam comprometidos. É quando o Elmo dele cai no chão que ele olha a sua frente e percebe a presença daquele a quem ele tanto queria destruir. Estava em sua frente, Tatsumi Mitsubasa, ou para ele, Victor, o guardião lendário.

Zandor: Você!! Maldito!!

Tatsumi: Zandor, é hora de parar com a destruição. Você já perdeu. Saia da dimensão da terra.

Zandor então, sorrindo como um louco, puxa sua arma de seu coldre, e aponta para o chefe dos atuais guardiões. Porém, ainda assim, Tatsumi Mitsubasa não esboça nenhuma reação. Apenas fica olhando para ele.

Zandor começa a dar pequenos passos vagarosos em direção ao guardião lendário, até ficar apenas a alguns metros dele, ainda com sua arma apontada.

Zandor: Você não se lembra não é? Mesmo eu tendo dado todas as pistas, você não se lembrou.

Tatsumi estranhando: Do que você está falando? Será que…?

Flash Back 

Tatsumi: Zandor, como conseguiu esse ferimento?

Zandor: Só posso dizer que esse ferimento, tem tudo haver com o que me tornei. Force Five, por hora deixarei que se recuperem dessa batalha. Já deu pra perceber que errei em não ter liquidado vocês da primeira vez em que nos encontramos. Victor, nós vamos nos encontrar de novo, e quando isso acontecer, eu completarei a minha vingança. Todo e qualquer guardião que exista nesse universo Dimensional vai encontrar a morte pelas minhas mãos.

Fim do Flash Back

Tatsumi: Esse ferimento, é a razão de tudo isso?

Zandor: Durante a guerra de 100 anos atrás eu vivia com ela. Ela era linda, seus cabelos voavam com o vento que espalhava seu doce perfume pelas colinas daquela pacífica dimensão. Eu devia ser nessa época, o que os terráqueos interpretam como uma criança de 12 anos. Nossa dimensão era linda, pequena mas linda. Mesmo durante a guerra, a paz reinava lá. Mas naquele dia, naquele dia um maldito guardião atravessou um portal junto com um monstro dimensional com quem lutava. Eu me lembro como se fosse hoje. Minha mãe gritou para que eu voltasse para dentro de nossa casa. Acho que na cabeça dela, ela imaginou que estaríamos seguros dentro da nossa pequena casinha de madeira. O monstro disparou uma rajada de energia que o guardião repeliu, direcionando para nossa casa. Foi quando a aquela maldita coluna de madeira em chamas caiu sobre mim me provocando esse ferimento.

Zandor então aponta para seu rosto deformado.

Zandor: Enquanto eu estava embaixo daquela coluna, eu só conseguia gritar, e minha mãe tentava me ajudar quando o teto também em chamas desabou sobre ela. Eu gritei, Eu gritei muito. Mas parece que o guardião lá fora, não deu ouvidos ao meus pedidos de socorro. Foi naquele dia que minha mãe morreu, e que o caçador de guardiões nasceu.

Tatsumi: Então é dai que vem seu ódio mortal por guardiões. Por isso você quer tanto me matar? Por que eu sou o último daquela época?

Zandor: Não! Eu quero arrancar  a sua cabeça, por que o guardião que lutou naquela dimensão e levou com sua luta maldita a vida da minha mãe, era você. Eu descobri tempos depois que aquele maldito guardião prateado era você.

Os olhos de Tatsumi se arregalam, sua espinha gela e seu estômago embrulha, ao ouvir as últimas palavras de Zandor. Ele tinha sido responsável pela morte da mãe do Zandor? Então ele criou Zandor? Ele tentava, dentro de sua memória, buscar o momento em questão. Talvez pudesse com isso encontrar alguma justificativa, dizer algo ao caçador que pudesse fazer com que ele parasse com sua vingança desenfreada, mas na guerra, foram tantas lutas, tantas batalhas perdidas e vencidas, tantas situações desesperadoras, tantas vidas perdidas, que ele não se lembrava, mesmo que puxasse o máximo de sua memoria, ele não se lembrava da ocasião.

Zandor da mais um passo para frente apontando sua arma para Tatsumi.

Zandor: E então Victor, você se lembra agora? Você tem ideia da dor que me fez passar esses anos todos. Foi você quem me criou, eu sou o que sou graças a você, então, todas as pessoas que eu matei estão na sua conta seu maldito miserável. EU QUERO OUVIR VOCÊ DIZER QUE SE LEMBRA DO QUE FEZ!!!!!!

Tatsumi cai de joelhos e baixa sua cabeça perante o caçador de guardiões.

Tatsumi com lágrimas nos olhos: Eu….eu...sinto muito...mas eu...Eu não me lembro disso!

Zandor: O que?

A chuva ainda caia sem tréguas em Net City, mais relâmpagos cortavam os céus e nos intervalos entre um relâmpago e outro, apenas o silêncio entre os dois participantes daquela conversa.

Tatsumi: A guerra a cem anos atrás provocou a morte de milhares de seres dimensionais, guardiões, muitos perderam, muita coisa aconteceu, e eu...infelizmente não tenho as memórias desses acontecimentos que você está narrando. Eu realmente, sou um monstro egoísta. Eu...eu...Como pude causar tanto sofrimento, e nem ao menos me lembrar do que fiz?

Zandor: Seu maldito Guardião. VOCÊ VAI MORREEEEERRRR!!!!

Mas antes que Zandor pudesse disparar sua arma….

Red e Yellow Force: ****FORCE LASER****

Dois tiros de laser surgem dos céus e atinge a mão do caçador que derruba sua arma no chão. Enquanto o caçador segura seu pulso atingido com a outra mão intacta, os Force Five surgem se colocando na frente de Tatsumi Mitsubasa.

Red Force: Eu to cansado de ouvir as pessoas, e até eu mesmo culpar o Tatsumi por tudo. Cansado! Ele não é melhor homem desse universo dimensional e ele fez muita coisa duvidosa, mas quem aqui não fez. Todos nós aqui cometemos erros, lutamos contra as coisas que outras pessoas acreditavam e tudo mais. Mas diferença entre nós e você seu maldito, é que nós resolvemos usar nosso passado ruim como força para ajudar outras pessoas. Você por outro lado, levantou sua espada para acabar com a vida daqueles que viviam para proteger os mais fracos. Eu tenho pena da sua mãe, que colocou nesse universo dimensional um ser nojento e mesquinho como você.

Zandor: Como foi que disse? Lave a boca para falar de minha mãe!!

Red Force: Zandor, se prepare. Hoje nossa luta é decisiva.

Os cinco ao mesmo tempo levam suas mãos ao lado esquerdo do cinturão e uma pequena luz materializa suas Force Sabres.

Todos: ****FORCE SABRES****

Zandor por sua vez puxa sua espada de dentro da bainha e avança para cima dos cinco guardiões. Os guardiões fazem o mesmo deixando Tatsumi, que se posiciona para assistir a batalha. Os dois primeiros a atacar com suas Sabres são Red Force e Black Force que tem suas espadas defendidas pela lâmina do caçador e passam por ele, em seguida, Blue Force e Yellow Force desferem um ataque na horizontal com as lâminas. Zandor coloca sua lâmina na posição vertical defendendo os ataques de Blue e Yellow, empurra sua espada para frente afastando os dois e dando uma voadora frontal em seguida acertando os dois que tem seus corpos projetados no ar chocando-se em seguida com as costas no solo. Logo depois aparece Pink Force que desfere um ataque de cima para baixo, Zandor rebate a lâmina da guardião que passa por ele, neste momento Zandor se vira e com um corte na horizontal atinge as costas de Pink Force que tem explosões provocadas em seu corpo e vai ao chão. Red e Black avançam contra ele novamente mas Zandor passa a mão pela lâmina tornando-a uma lâmina laser, ele aponta a espada na direção dos dois e o laser se desprende da lâmina explodindo no peitoral de Black e Red.

Red e Black Force: AAAAAAARRRRRRRGGGGGHHHHHHHH!!!

Os dois caem com violência no chão. Neste instante Blue, Yellow e Pink se juntam a eles.

Yellow Force: Vocês estão bem?

Red Force se levantando: Sim!!

Zandor aponta a lâmina da sua espada para o céu, os relâmpagos caem sobre a sua lâmina que ele aponta para os Force Five.

Zandor: ****RELÂMPAGO ASSASSINO***

Os relâmpagos se desprendem da lâmina explodem em cima dos guardiões que são projetados no ar caindo em seguida em meio aos escombros contorcendo-se com a dor provocada pelo golpe recebido.

Todos: AAAAAAAARRRRRRRRRRGGGGGGGGGGHHHHHHHHHHHHH!!!

Blue Force no chão: Maldição….Mesmo ferido desse jeito ele ainda tem todo esse poder.

Red Force se levantando: Pessoal, levantem-se, não desistam. Zandor tirou centenas de vidas, atacou a nossa dimensão machucando diversas pessoas. Um ser como ele não pode nos vencer. Nós não podemos nos dar ao luxo de perder pra um ser desprezível como ele.

Black Force se levantando: Claro, você tem razão.

Pink Force: Ainda não fomos derrotados.

Yellow Force: Temos muito mais pra mostrar ainda.

Blue Force: Sim, vamos com tudo.

Zandor: Ora, seus miseráveis!! Calem a boca!!

Zandor ergue sua lâmina mais uma vez solicitando os relâmpagos que descem dos céus e energizam sua espada e…

Zandor: Morram de uma vez!! ****RELÂMPAGO ASSASSINO***

Os relâmpagos explodem mais uma vez em cima dos guardiões levantando muita fumaça e poeira enquanto as chamas provocadas pela explosão vão se dissipando. Porém, assim que as chamas se abaixam, surge saltando para frente saindo do meio da fumaça Black Force, dando uma cambalhota no chão, e em seguida indo para cima de Zandor. Durante a corrida, Black Force materializa suas duas Blasters nas mãos, ao se aproximar de Zandor, da uma voadora frontal no caçador que se abaixa enquanto gira o corpo, Black Force também gira o corpo acompanhando os movimentos do caçador, porém ele se abaixa colocando o cano das Blasters no abdomem de Zandor que ao percebe a intenção do oponente, não tem tempo de reação.

Black Force: ****BLACK FORCE BLASTERS****

Ele dispara as Blasters a queima roupa. o impacto dos lasers liberados pela arma é tão forte que o corpo de Zandor, além da explosão recebida, é projetado para trás voando pelo local. Black Force gira o corpo mais uma vez ao mesmo tempo em que conecta uma arma na outra formando seu Black Blaster Cannon. Aponta para Zandor e dispara com todo poder acumulado.

Black Force: *****BLACK BLASTER CANNON*****

O tiro da arma de Black explode em cheio no peitoral de Zandor.

Zandor: AAAAAAAARRRRRRRGGGGGGHHHHHH!!!!

Zandor cai em seguida por cima de uma pilha de pilastras de concreto. O impacto do corpo do caçador despedaça as pilastras espalhando pedregulhos para todo o lado e levantando uma enorme cortina de poeira branca. O caçador de guardiões ainda assim se levanta, mas mal tem tempo para respirar, já percebe a presença de outro oponente vindo em sua direção. Blue Force armado com seu Pant se aproxima, Zandor desfere um ataque com sua espada que é prontamente esquivado por Blue Force que já arma um soco direto no peitoral. Zandor vai para trás, em seguida mais um soco na boca do estômago, outro na coxa esquerda e outro na direita faz o caçador de guardiões cair ajoelhado. Zandor aproveita a posição para desferir um ataque na horizontal com sua espada, mas Blue Force salta por cima da lâmina dando uma mortal e enquanto vai se afastando no ar …..

Blue Force: *****BLUE FORCE ONDAS RELÂMPAGOS*****

Ele vai socando o ar e vários relâmpagos em formatos ondulados vão saindo das luvas e atingindo o corpo de Zandor provocando várias explosões fazendo ir cada vez mais para trás até cair com o corpo envolto em muita fumaça enquanto Blue Force pousa leve no chão apoiado a seu joelho esquerdo. Nesse momento, Pink Force corre, salta pisando no ombro de Blue Force e se impulsionando para cima materializa seu arco armando um novo ataque..

Pink Force: *****PINK TEMPESTADE DE FLECHAS*****

Pink Force dispara uma Flecha que se multiplica várias vezes atingindo Zandor provocando ainda mais explosões no corpo do caçador.

Zandor: AAAAARRRRRRRGGGGGHHHHHHHHH!!!!

Zandor vai ao chão rolando em meio aos destroços dos prédios. Ele mal se levanta e já percebe que um objeto se aproximava dele. Vinha girando com tremenda velocidade o Machado de Yellow Force que ele rebate com sua espada. O machado de Yellow voa dando a volta no ar e voltando para as mãos dela que para na frente de Zandor.

Yellow Force: *****YELLOW MAX TERREMOTO******

A guardiã bate a lâmina de seu machado no chão, a energia gerada corre rasgando o solo e explode no corpo do caçador de guardiões que não conseguiu contê-la. O corpo de Zandor é projetado pelo ar novamente e ao cair, bate em um carro tombado que ali estava e logo em seguida vai ao chão.

Zandor se levantando: Mal….malditos...Miseráveis!!!!

Red Force: Ainda não acabou.******RED FORCE FIRE SLAAAAAAAASH!!!****

Surge Red Force vindo dos céus com sua Force Espada posicionada acima de sua cabeça segurando-a com as duas mãos. Ele vem caindo na direção de Zandor, que instintivamente coloca sua espada na horizontal acima de sua cabeça. Red Force pousa descendo um corte com sua espada de cima para baixo que não só parte a lâmina de Zandor ao meio como ainda corta seu peitoral do caçador e provoca uma explosão tão forte que faz o caçador voar mais uma vez tendo seu corpo projetado para trás e em seguida se chocar e sair rolando pelo solo. Os outros Force Five se juntam a Red Force e os cinco, mesmo feridos, mesmo quase esgotados, fazem frente ao caçador que insistia em se levantar.

Zandor cambaleando: Não...eu..eu não posso ser derrotado ainda...eu… minha vingança…!!!

Red Force: Ultimo aviso!! Sai da dimensão da terra para nunca mais voltar!!

Zandor: EU VOU ME VINGAAAARRRR!!!!!

Zandor, tomado pelo desespero e pelo ódio resolve correr pra cima dos guardiões, sem nenhuma arma e com o corpo todo avariado, declarando assim, sua sentença.

Yellow Force: Vamos acabar logo com isso.

Os cinco levam suas mãos ao cinturão materializando novamente suas Force Sabres. Eles passam a mão pela lâmina tornando-as lâminas lasers, e iniciam, lado a lado, uma corrida contra o Caçador que vinha em sua direção. Os corpos dos cinco brilham intensamente com suas respectivas cores e se transformam em esferas de energia, essas cinco esferas se unem em uma única esfera que ganha um gigantesco tamanho e uma tremenda velocidade…..

Force Five: ****FORCE FIVE VICTORY*****

Finalmente, a bolha de energia atravessa o corpo do caçador de guardiões que após ser perfurado por ela, fica estático, enquanto logo atrás dele a bolha de energia materializa novamente os corpos do cinco Force Five que pousam no chão, lentamente se levantam, porém não se viram ainda, ficam de costas para Zandor, estático, parado ali com seu corpo exalando fumaça decorrente dos golpes que levara.

Zandor: N...Não...Pode ser...Eu, o caçador de guardiões, derrotado por meros guardiões terráqueos....

O corpo de Zandor começa a cair lentamente até se chocar com o solo e explodir gerando uma grande cortina de chamas, fumaça e poeira que se levanta graças a explosão. Nesse momento os Force Five finalmente se viram para verem de camarote a destruição de um de seus maiores inimigos até o momento.

Tatsumi sai do lugar onde assistia a luta e vem caminhando na direção dos heróis. Os cinco desativam sua transformação voltando a sua forma civil e agora era possível ver seus rostos machucados e roupas chamuscadas, resultados de suas últimas batalhas desde o momento em que entraram no Robo Force e foram para dimensão de Argós onde foram derrotados por Zandor e Zandoriam, até agora.

Tatsumi se aproximando: Como é bom ver vocês vivos.

Ryu: É bom estar de volta.

Por um breve momento os cinco, até mesmo Kumiko sorriem, ao ouvirem as palavras de Tatsumi sobre eles estarem vivos, sãos e salvos, porém, o momento de felicidade dos seis é quebrado por uma pequena explosão que acontece em cima deles.

Todos: AAAAAARRRRRGGGGHGHHHHH!!!

Os seis caem no chão. quando se levantam e olham para frente, percebem a presença de três seres se aproximando lentamente na direção deles. Os três já eram velhos conhecidos dos Force Five e param a alguns metros de distância fazendo frente aos guardiões.

Tatsumi: Destrus!

Ryu: Metarabolt!

Reiko: Morgana!

Destrus estava ao centro enquanto Metarabolt de seu lado esquerdo segurava sua espada, e Morgana, a feiticeira Dimensional, do seu lado direito, trazia consigo como sempre seu cajado em uma mão, e na outra sua bola de cristal que flutuava sobre sua mão esquerda. Destrus debochadamente batia palmas.

Destrus: Parabéns Force Five!! Foi realmente um show magnifico.

Tatsumi tomando a frente: O que você quer?

Destrus: Nada nesse momento. Por enquanto, vamos deixar vocês curtirem essa vitória. Afinal, não é todo dia que se derrota um caçador de guardiões. Eu não pude deixar de notar que vocês possuem um brinquedo novo.

Destrus levanta a cabeça apontando para King Force que estava em pé ali em meio aos prédios destruídos.

Destrus: O que significa que o nível de vocês aumentou bastante então prestem atenção. Estejam preparados, por que da próxima vez que eu atacar, não será como das outras vezes. Eu vou quebrar todos vocês até que não haja nada pra vocês acreditarem. Eu vou exterminar não só seus corpos, mas seus espíritos. Pessoas vão morrer, até não restar mais nada pra vocês. Ai eu vou arrancar suas cabeças e colocar na sacada da Fortaleza Negra. E quando eu me cansar de olhar para suas cabeças mortas, eu vou jogá-las no solo da dimensão das trevas para alimentar meus monstros.

Ryu: Eu to loco pra ver você tentar!!

Destrus: HAHAHAHAHAHAHAHAAHAAAA!!!! Esperem e verão.

Um portal se abre atrás dos três guerreiros das trevas. Destrus, Metarabolt e Morgana começam a dar passos vagarosos para trás até adentrarem o portal e desaparecerem dentro dele. Em seguida o portal se fecha.

TEMPOS DEPOIS - NOITE - PRÉDIO SEDE DAS INDÚSTRIAS MITSUBASA - TERRAÇO

Era noite, ventava um pouco mas o vento era fresco. Kumiko estava no terraço do prédio, apoiada a grade de segurança, olhando para o céu que naquela noite, depois de toda a chuva que caiu durante o dia, estava estrelado. A tempos ela não parava para admirar as estrelas, costume que ela, seu pai e seu irmão tinham quando estavam em fuga por algum trabalho desempenhado de furto. Na porta a alguns metros atrás dela, um homem surge, jaqueta preta e calça jeans, diferente do terno e gravata que o acompanha em seu dia a dia, Tatsumi Mitsubasa se aproxima. Com as mãos nos bolsos, ele logo para ao lado da garota que se mantém concentrada nas estrelas, mesmo percebendo sua presença.

Tatsumi: Esse prédio está aqui desde que essa cidade começou a ser construída. Ele foi a base do início de toda a economia de Net City, e eu nunca tive a curiosidade de vir aqui, olhar as estrelas, mas hoje, tanta coisa aconteceu que...eu consigo admirá-las agora e dar muito mais valor ao fato de poder vê-las, do que eu dava antes.

Tatsumi então vira seu rosto para Kumiko.

Tatsumi: Como é pra você? Saber que elas ainda estão lá porque você lutou hoje?

Kumiko então vira seu rosto para Tatsumi: Eu não sei! É estranho mas...Eu gosto de saber que estou protegendo alguma coisa. Gosto de saber que to lutando por algo mais do que eu...É por isso...É por isso que não entendo...Por que considerou que eu sairia da equipe se encontrasse meu irmão?

Tatsumi: Eu te devo desculpas por isso. Eu realmente mudei meu modo de ver as coisas, mas demorei pra entender que vocês também mudaram. A kumiko que conheci a meses atrás talvez tivesse a atitude de ir embora, mas essa que estou vendo agora não é mais ela.

Tatsumi tira então um papel de seu bolso e oferece para que Kumiko o pegue.

Kumiko: O que é isso?

Tatsumi: O local onde seu irmão está. Já está mais que na hora de vocês se encontrarem novamente.

Kumiko então olha para o papel, ameaça pegá-lo, e então desiste.

Kumiko: Ele está bem? Meu irmão está bem?

Tatsumi: Sim. Eu mesmo cuidei para que ele tivesse um local bem confortável para te esperar.

Kumiko: Então isso é tudo que preciso saber.

Tatsumi: Você..tem certeza?

Kumiko sorrindo: Não to tomando essa atitude por você. O Ryu me disse algumas coisas enquanto estavamos procurando o King Force, e eu só acho que ele tem razão. O mais criança e irresponsável de todos nós, cresceu e se tornou uma pessoa melhor do que aquele babaca que ele era no começo. E a gente nem se deu conta disso.

Os dois riem juntos por causa do comentário da Kumiko em relação a Ryu. Eles então em silêncio, voltam a admirar as estrelas da Dimensão que graças aos Force Five, viverá mais um dia!

CASA DE SAORI KITAGAWA

Mais um dia amanhecia na cidade de Net City, e como sempre, Saori se levanta de sua cama. Com o corpo dolorido e cansado da carga de trabalho que tem recebido nas empresas Mitsubasa graças às intervenções de Makoto Akio que tem pegado no seu pé uma boa parte do tempo, ela entra em seu banheiro, deixa deslizar pelo seu corpo a camisola que usava, liga o chuveiro dando um tempo para que a água esquente, e em seguida entra de baixo molhando seus cabelos negros e rosto. Ela deixa uma determinada lembrança vir a sua memória enquanto a água cai pelo seu corpo. Os Force Five enfrentavam Dante, um guerreiro das trevas que tinha a intenção de destruí-los com seu poderoso escudo. Em um determinado momento da batalha, os Force Five são derrubados pelo guerreiro que vinha de outra dimensão, e suas formas civis, suas verdadeiras identidades foram reveladas a presença dela. Desde então, nos ultimos dias, ela não conseguira falar com Ryu e os outros. Agora ela entendia o por que de Ryu ter saído da prisão antes do tempo, o por que de estar sempre junto de seus novos amigos, cujo no inicio ele mal suportava, mas se forçava a ficar ao lado deles. Ela queria falar com ele, queria fazer perguntas, queria abraçá-lo, mas também queria bater nele por ter mentido, ou omitido a verdade...Ela ainda organizava seus pensamentos.

Ao sair do banho, vestiu sua saia preta social, sua camisa branca, colocou um salto alto, penteou os cabelos, foi até a cozinha e apertou o botão da cafeteira para que um café fosse sendo preparado enquanto ele recolhia alguns papéis e colocava em sua pasta. Não demorou muito para que seu café ficasse pronto. Cansada do jeito que estava, descartou a pequena xícara e foi direto para uma caneca, encheu com o liquido quente preto recém coado. Antes que pudesse tomar o primeiro gole de seu café, ela ouve a campainha de sua porta tocar.

Saori: A essa hora da manhã? Quem poderia ser?

Ela caminha até a porta com a caneca em mãos e abre a porta imediatamente na intenção de atender o aspirante a visitante inconveniente. Quando a porta se abre, seus olhos se arregalam e sua caneca de café despenca no chão se despedaçando e espalhando café pelo carpete, ao ver a figura que estava a sua frente.

Ele, o homem que apareceu em sua frente, usava um sobretudo preto, com uma máscara que aparentemente lembrava muito uma máscara de gás. A som da respiração do homem parado a sua frente lembrava o som da respiração de um famoso personagem do cinema americano, Darth Vader. Ela fica ali de olhos arregalados e ele ali do lado de fora da porta, os dois se olhando até que o homem misterioso resolve quebrar o silêncio.

????????: Ahhh!!! Esqueci que estou com essa máscara meu amor!! Perdoe meus modos!!

Imediatamente após a frase, o homem leva suas mãos a cabeça retirando a mascara e revelando seu rosto.

??????? sorrindo debochadamente: E então querida!! Como vai?

Com o choque por reconhecer a pessoa a sua frente, Saori cai pra trás desmaiada sobre o tapete da sala. O homem então entra, fecha a porta e se abaixa próximo a ela, a pega no colo e a coloca no sofá.

?????????: O Papai sempre disse que o café da manhã é a refeição mais importante do dia...E parece que você não aprendeu rsrsr!!

PRÉDIO SEDE DAS INDÚSTRIAS MITSUBASA - ULTIMO ANDAR 

Pelos corredores daquele andar vinha caminhando, trajando seu terno preto de que lhe era peculiar, Tatsumi Mitsubasa, seguido de sua fiel companheira, parceira e amiga, Hikari. Ele sabia que ali na sala de reuniões a frente, teria uma importante batalha a travar contra aquele a quem ele confiava, aquele a quem ele ensinara tudo que sabia, aquele a quem ele deu todas as oportunidades do mundo para que se tornasse o homem mais influente e poderoso que pudesse ser, Makoto Akio. Infelizmente para Tatsumi, Makoto Akio resolveu usar tudo que aprendeu para traí-lo. Recentemente, em uma manobra por debaixo dos panos sem que Tatsumi Mitsubasa soubesse, Makoto Akio com o apoio dos principais investidores e acionistas, se tornou vice presidente das empresas Mitsubasa, cargo esse nunca antes necessário. Em seguida, com mais manobras de indoles duvidosas, Makoto Akio convenceu os investidores e principais acionistas que Tatsumi Mitsubasa, não estava mais apto a estar a frente da empresa, usando como carta de barganha com os investidores, o momento vivido pela cidade com os ataques de monstros. Uma reunião foi marcada com antecedência para decidir se haverá ou não uma votação para um novo presidente. Tatsumi sabia que se fosse decidido pela votação, Makoto Akio que tinha um apoio político que ele teve tempo para consolidar, ficaria com o cargo, porém, isso não poderia de forma nenhuma acontecer, ou muitas pessoas inocentes, trabalhadores, iriam sofrer com as consequências. Evitar que Makoto avance em seu plano de conquista empresarial, era tão necessário quanto derrotar Destrus e sua trupe.

Finalmente Tatsumi se aproxima da porta da sala de reuniões, que Hikari abre lhe dando passagem e entrando em seguida. Ao adentrar a sala havia uma mesa retangular com uns cinco metros de comprimento. Em sua extensão pelas laterais da mesa, vários homens trajando ternos, alguns calvos, outros com os cabelos bem penteados para trás, com óculos ou não, sentados a ela. Havia na sala uma vidraça que dava visão a uma boa área da cidade de Net City. Na ponta da mesa ao fundo da sala estava Makoto Akio, e sua secretária particular recém contratada Helena Akiko, sentava-se ao lado dele. Makoto então se levanta em tom de deboche a saúda Tatsumi.

Makoto: Ora vejam só senhores!! O nosso excelentíssimo presidente chegou, agora já podemos começar a reunião.

Tatsumi mantendo o tom sério, se senta a mesa, Hikari o acompanha sentando-se na cadeira ao lado.

Acionista 1: Bom senhores, creio que essa reunião não vá tomar muito tempo de todos nós aqui, então, acho que podemos ir ao que interessa. Seremos rápidos. Todos aqueles que concordam que haja uma mudança na presidência da empresa, levantem as mãos.

Tatsumi se levantando: Um momento senhores.

Todos interrompem seus movimentos e passam a prestar a atenção em Tatsumi.

Tatsumi: Antes de mais nada, eu gostaria de pedir a gentileza de vocês, de me deixarem dizer algumas palavras. As empresas Mitsubasa nunca estiveram tão bem em anos. Mesmo em épocas de crise, nossa empresa continuou trabalhando e atendendo a nível internacional como sempre. Nossas filiais, mesmo em países em que a crise financeira foi maior, cresceram exponencialmente. E eu sei que os senhores acham que todos esses feitos, fazem parte do curriculo do senhor Akio, e eu mesmo, egoísta que era, atribui várias vezes esses feitos a organização e administração dele. Mas na verdade, tudo isso não aconteceu por causa dele, e sim por causa do maior recurso que qualquer empresa pode querer, a fidelidade e o coração das pessoas.

Todos os investidores e acionistas começam a se entreolhar. Makoto Akio lentamente, e demonstrando insatisfação, se levanta novamente. Ao perceber que ganhara a atenção dos engravatados, Tatsumi começa a caminhar pela sala ao mesmo tempo em que continua sua explicação.

Tatsumi: Todas as pessoas que estão na empresa hoje, em todos os lugares do mundo onde trabalhamos, tem familias, tem vidas e muitas delas, em muitos momentos, abriram mão disso para estar com a empresa lutando ao nosso lado, para fazer com que o dinheiro de vocês não fosse perdido. Toda a vida boa que vocês têm se deve ao trabalho dessas pessoas. Mesmo se o capital de vocês entrar na empresa todos os dias, de nada ele valerá, se não dermos valor as pessoas que trabalham com o coração pra manter seus empregos todos os dias, e consequentemente, manter a vida maravilhosa que vocês levam. Eu sei que a administração do senhor Akio para trazer mais dinheiro a mão de vocês será pautada em cortes. Cortes de pessoas, de verba, de melhores condições de trabalho, e essa administração, eu posso garantir aos senhores, trará um prejuízo muito maior que qualquer valor financeiro pode concertar. Vamos perder a confiança e o coração das pessoas. E se isso acontecer senhores, a empresas Mitsubasa, jamais será a mesma.

Makoto: É claro que você tentaria algo desse tipo senhor Tatsumi, é bem sua cara, mas todos nós aqui sabemos que o senhor tem deixado essa empresa de lado nos ultimos meses e a questão aqui, é que com tudo que tem acontecido na cidade, muitos investidores estão com medo de deixar seu capital aqui, e eu prometi a esses investidores que se continuassem comigo, eles teriam lucro, e é justamente o que pretendo entregar a eles, caso eu seja o novo presidente. Então, eu acho que nesse caso, tendo dito isso…

Makoto se apoia na mesa olhando para os acionistas.

Makoto: Amigos, podem levantar as mãos de vocês e votar.

Haviam na sala, dez acionistas ao todo, e dois senhores que representavam os investidores mais assíduos da empresa, que tinham uma procuração cada um, que lhes davam o direito de responder pelos demais investidores pequenos, que eram muitos. Esses senhores eram os que davam apoio a Akio, até o momento. Dos dez acionistas na sala, cinco levantaram a mão para a mudança da presidência, e um dos investidores sinalizou estar a favor de Akio. Então pelas contas, houve um empate.

Makoto sorri debochadamente: Parabéns senhor Tatsumi, lutou bem. Estamos empatados.

Nesse momento Hikari interrompe.

Hikari interrompe: Na verdade não. Ainda falta um voto.

Makoto Akio: Do que esta falando, claro que não falta voto nenhum.

Hikari então pega o celular de sua bolsa, ela digita alguns números, leva-o até o ouvido e…

Hikari: Pode entrar!

As portas da sala de reuniões se abrem como se fossem as portas de um programa de televisão dando acesso ao palco para o artista que estava prestes a entrar. Um homem de meia idade, cabelos brancos, olhos negros e sorriso de canto de boca, entra na sala trazendo consigo um envelope que ele prontamente entrega a Hikari.

Makoto: O que está acontecendo aqui?

Hikari se levanta e colocando suas mãos sobre o ombro direito do homem que acabara de entrar, o apresenta.

Hikari: Perdoem-me a todos pela falta de educação. Esse senhor é Shio Ashioji, ele é dono de uma das maiores, se não a maior rede de Fast Food Japonesa com sua matriz residente no Brasil.

Makoto bate na mesa demonstrando desespero: O que esse homem tem haver com nossa reunião?

Shio Ashioji se aproximando de Makoto: Senhor Akio, seu muleque!! É isso que o senhor é, um muleque!! O senhor realmente acha que um cara como Tatsumi Mitsubasa, o cara que te fez o que é hoje, não teria uma carta na manga contra você?

Makoto: Como é?

Hikari: Eu pessoalmente entrei em contato com o senhor Shio, e pedi a ele que secretamente buscasse e comprasse o máximo de ações possíveis das empresas Mitsubasa, sem que meu nome ou o de Tatsumi aparecesse no mercado. Quando você se tornou vice presidente, eu já previa que seu próximo passo seria destituir Tatsumi Mitsubasa, então eu me adiantei.

Hikari abre o envelope e joga os papéis que havia dentro dele em cima da mesa. Procurações e outros documentos que comprovam a veracidade das informações dadas por ela

Shio Ashioji: Com as ações compradas em meu nome, hoje eu detenho mais de quarenta por cento das ações das empresas mitsubasa, fora o fato de ser um cliente fiel das empresas, e também um dos maiores investidores, o que significa que mesmo que seis acionistas votassem a favor, sera o meu voto que decidirá o destino da empresa. Então nesse caso, eu peço aos senhores que se retirem dessa sala, nunca mais tentem apoiar esse dito cujo ai, e aguardem o dinheiro de vocês cair na conta, em casa. Saiam da sala agora.

Os homens engravatados ainda estavam atordoados com a reviravolta da situação, se entreolhavam, mas não levantavam. Até que Tatsumi toma a palavra.

Tatsumi: Não ouviram o senhor Ashioji? Saiam daqui!!!

Todos se levantam e começam a se retirar da sala. Cumprimentam Tatsumi na saída, meio sem jeito e vão saindo aos poucos. É nesse momento que Makoto Akio olha para sua secretária que se levanta, e os dois começam a caminhar até a saída, passam por Tatsumi, Hikari e Shio. Makoto se vira para Tatsumi.

Makoto: Isso ainda não acabou.

Tatsumi: Acabou sim. Essa empresa é minha, e eu sempre estarei um passo a frente de você.

Makoto então então sai, juntamente com Helena, e a porta se fecha. Passado o momento de tensão, Shio Ashioji e tatsumi abrem os braços um para outro sorrindo e se abraçam demonstrando serem velhos conhecidos.

Tatsumi: Shio, a quanto tempo meu amigo. Como está?

Shio: Faz muito tempo mesmo rsrs!!

Eles se desvencilham do abraço e iniciam sua conversa mais informal.

Shio: Eu estava na inglatera revendo alguns amigos quando Hikari entrou em contato. Aproveitei para dar um “oi” também.

Tatsumi: Obrigado amigo. Lhe agradeço muito. Sabe que eu nunca acreditei que você era o culpado com aquele incidente com o Power Robô! Mas aquilo acabou criando uma nova geração de equipe e um cuidado maior com a segurança.Ouvi dizer que você continua com o projeto.

Hikari: Achei que esse projeto tinha se findado.

Shio então caminha até uma cadeira e se senta.

Shio: Minha nossa, não sou tão jovem como antigamente, minhas pernas doem rsrs. Sim, ele foi finalizado entre aspas, mas a SS reapareceu no Brasil e estamos combatendo esses malditos. Fiquei um pouco sentido com eles, mas logo passa. E você, como anda com os Force Five.

Tatsumi se sentando também: Tivemos dias difíceis nos últimos tempos. Muita coisa. Zandor, a triade fantasma, Destrus, Makoto Akio...Mas o pior...É que sinto que sempre que tento fazer alguma coisa certa, decepciono eles de alguma forma, e com isso, nossa confiança se abala. Mas o engraçado é que mesmo assim, eles continuam lutando ao meu lado. Engraçado isso não é?

Shio: Tatsumi, eles continuam lutando ao seu lado por que decidiram ser heróis, e isso, essa decisão, não tem nada haver com você. Isso é algo que demorei a entender com minha equipe, mas hoje ao ver você falar está tão claro como agua pra mim.

O velho herói se referia ao trio que deixou no Brasil antes de viajar para a Inglaterra

Hikari: O que quer dizer senhor Shio.

Shio: Nós somos chefes, líderes de equipes, nossas decisões sempre em algum momento vão decepcionar, ou irritar um deles. A questão é que se confiarem que eles farão suas escolhas por si mesmos, as coisas podem melhorar. Houve um momento em que minha equipe precisou decidir em continuar comigo ou seguir outro caminho. os que eu escolhi decidiram seguir outro caminho mas eu não os culpo, por que sei que eles fizeram a escolha certa pra eles e confiei neles. Quando estiver pronto para confiar em todos eles Tatsumi, não importa a decisão que tomar, eles confiarão em você.

Tatsumi: Shio Ashioji, muito obrigado por sua ajuda.

Os dois se levantam e se abraçam novamente. Em seguida Shio se dirige a porta.

Shio: As ações logo estarão em suas mãos novamente Tatsumi, está tudo certo para isso. Pense no que te falei e tenham uma boa batalha. Eu voltar ao Japão em breve, espero que vocês tenham vencido.

Tatsumi Mitsubasa: Obrigado por sua ajuda, e tenha um ótimo retorno ao Brasil.

Os dois se despedem sem nem ao menos imaginar, que aquele seria o último encontro do velho guerreiro e do guardião lendário.


Está colecionando Faça o Download


Nota: Ultima cena foi em homenagem aos 12 anos da Fanfic Power Man, escrita pelo Fictor Felipe Maretta. Essa homenagem marca também o retorno da saga.


Trabalhos de felipe Maretta: http://elninostudios.blogspot.com.br/

6 comentários:

  1. Rodrigão! Que Belo desfecho de saga! O combate final foi sacrificante mas novos poderes e atitudes se mostraram fortalecendo o grupo é principalmente Ryu que está quase a altura de um grande líder Red. O final estilo disputa corporativa foi a cereja do bolo. Com um grande personagem ali no final ficou ainda mais saboroso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe Maretta, obrigado pela leitura. Espero que a homenagem tenha sido a altura de Power Man. Grande Abraço.

      Excluir
  2. Faço minhas as palavras do Mega Silver. Excelente final de saga mesmo. A entrega de todos foi fenomenal. Eu comecei odiando o Ryu, mas ele evoluiu muito. Ele era um cara mimado e egocêntrico. Tinha atitudes que não se voltavam para o grupo... Agora não... ele venceu a confusão de sua mente e encarou a liderança de respeito.

    Acabei de ler Power Man a primeira temporada de Power Man agora. Estou gostando, mas viajando muito kkkkk.

    Mas, esse ep aqui foi bom pois já me fez o grande valor de SHIO! SPOILER pra mim kkkkk. Brincadeira.

    Esse foi só o final de uma saga né? Ainda tem os demais eps né? AT´w pq tem muito vilão e mistério ainda....

    ABraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Artur, ainda não acabou não cara. Tem muito mais de onde saiu esse. Agora iniciamos uma nova saga rumo ao final da série. Espero que você continue acompanhando. Grande Abraço!!

      Excluir
  3. Bom, eu sei que demorei, porém tardo mas não falho! Eu de início queria dizer o seguinte: BUDAQUEOPARIUQUEEPISODIOSODABAGARAI!!! Foi isso a primeira coisa que me surgiu quando terminei de ler e entre tantas outras coisas eu vou citar algo simplesmente incrível: - Tudo que eu pensava "seria muito bom se fizesse tal coisa agora" aconteceu, era como se eu tivesse lido já o episódio, ou como se tu estivesse lendo meus pensamentos senhor Rodrigo! Mas vamos ao episódio em si:

    1) KingForce - Aqui é onde reside a maioria dos meus acertos sobre "o que acontece agora" pois tudo que eu imaginava "seria legal acontecer agora" aconteceu. Simplesmente uma batalha incrível digna dos melhores mechas que já vi! Ele me pareceu e muito com o Super Live Robo, seu estilo caminhando pelas chamas e indo pra cima do inimigo mesmo com seu ataque incessante foi exatamente do mesmo tipo de emoção que vi em Liveman, te confesso que reli a luta ouvindo o tema "Gattai! Live Dimension" e cara, foi arrepiante, principalmente quando chegou ao climax do "Cosmo Flash / Dinamic Victory" tu narrou uma das melhores lutas de mecha que já vi em todos os tempos e por isso, bato palmas para ti!

    2) A luta contra Zandor - Ele foi resistente, ele deu trabalho, ele fez o que pode, mas NeoChangeman, ele não mais enfrentava apenas cinco jovens poderosos, ele enfrentava uma equipe, eles estavam unidos, entrosados e cara, muito furiosos... Muito mesmo... Ele usou o que tinha, mas não era o suficiente, ele não era mais páreo aos Force Five e sinceramente, eu tava com sangue nos olhos junto com eles principalmente depois das palavras do Ryu... O que sinto ao ler os trechos de meus personagens em Neo, eu senti lendo o combate deles contra Zandor, foi maravilhoso, épico, fantástico e mais uma vez bati palmas pela tua capacidade em realizar algo tão empolgante!

    3) O desfecho nas empresas - Nossa sinhora, aquilo foi lindo de ver, aquilo foi algo esperado e muito, foi com um sorriso largo no rosto e um dedo em riste pra tela do PC que eu disse "se ferrou magrão" depois que o babaca precisou se retirar... Me lembrei de Morgan Freeman dizendo ao acionista das empresas Wayne "ué, não recebeu o memorando?" Eu não queria ser um trapaceiro em empresa tua não senhor Rodrigo, jogada de mestre meu amigo, simplesmente show!!

    4) Shio Ashioji - Essa foi uma cena que eu não poderia prever... Mais uma vez tu me surpreende com a interação entre universos sem que a gente nem sequer possa pensar que isso seria possível... Quando li o nome fiquei com olhos arregalados e pensando "como assim, como ele vai conseguir fazer isso, que que tá acontecendo aqui..." e foi perfeito como tudo rolou, a botada final no Akio, o grito para saírem da sala, a paulada de "terminou sim, esta empresa é minha e sempre estarei um passo à sua frente", fechou com chave de ouro, foi a maionese extra no X-Bacon muito bem feito. Sem falar na homenagem mais que digna, então, simplesmente bato palmas pra ti de novo!

    5) A ameaça - Como não poderia deixar de ser, a ameaça foi fortalecida e refeita e agora o combate se torna mais intenso e mais dramático... A equipe está coesa, os Force Five finalmente estão unidos e acredito que nada os dissolverá agora... Destrus pensa que está dominando, mas acho que ele se arrependerá de ter desafiado a equipe.

    Rodrigo, não sei mais o que dizer sem ser redundante... O troço foi fantástico, impecável, emocionante, porradeiro, emocionante, muito bem alinhavado, tudo liga a tudo... A única coisa que ainda não entendi e não era pra entender mesmo... Pai da Saori?? O_O

    Que venha o próximo, a ansiedade é grande e desculpe a demora pra responder, demoro mas tô aqui sempre! Vida longa a Force Five e King Force!!!! \0/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Mestre Lhantys, mais uma vez uma honra ter seus comentários em mais um episodio de Force Five. Sim, a equipe está mais unida, todos estão mais fortes, afinal, ja é o décimo oitavo episódio de um período em que todos eles tiveram que aprender a viverem juntos, lutar, chorar e sorrir juntos. Eles tem um li der maduro agora que eles vão seguir até onde for necessário. Ryu e Kumiko principalmente caminharam por caminhos tortuosos até chegarem onde estão. E Makoto teve o que mereceu, mas sua influência nas empresas ainda é muito forte, então, mesmo tendo perdido a corrida para a vice presidência, ele ainda será figura carimbada nas empresas Mitsubasa. Agora uma nova saga se inicia, novos inimigos aparecerão, novos amigos também. Obrigado mais uma vez e aguarde o próximo que ja está em produção.

      Excluir