U-CAST Nº 19 KAMEN RIDER AMAZON 1ª TEMPORADA!!!

Vamos falar de Kamen Rider Amazon junto com nossos parceiros.

TOP 10 SÉRIES QUE NÃO PASSARAM NO BRASIL!!!

Vamos continuar nossa viagem pelos temas de abertura.

RADIO TOKUMUSIC DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD!!!

As programações da Radio Tokumusic PlanetSatsus está disponivel para Download! Baixe nossas Programações!!!

Novo Blog do grupo Planet Satsus

Acesse o novo Planet Force - As melhores séries ao seu alcance.

Radio Tokumusic Planet Satsus, sempre uma nova programação

Radio Tokumusic - A Radio que toca o seu coração!

Fan Fic Cast

Curta nossa nova página

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Seiun Sentai Uniranger - Capítulo 06


Data Timming... Inciando transmissão...
Os Unirangers apresentam o cinema à Miya. Aproveitando a oportunidade, Kororu e o novo TechnoMonstro – MovieRoid – os atacam. A Uniana e Yuusuke acabam sendo atingidos pelo ataque do monstro e aprisionados em um mundo cinematográfico onde ambos acabam machucados. Enquanto os outros tinham de lidar com o Império Brazillo e a falta deles, os dois tem de aprender a se dar bem e algo novo parece nascer.
Data Timming... Fim da transmissão...

Yuusuke e os outros ensaiavam seu repertório naquela manhã. Miya os observava, era a primeira vez que ela via o que era uma banda.
- Kinou made mo... (O ontem...) - cantava Ino.
- ... Ashita kara mo (… E o amanhã...) - cantava Yuusuke.
- Onaji hazu datta! (serão sempre os mesmos!) - os dois cantavam juntos. - Yume ga sotto tsugete ita yo tanoshii hodo owari sou de! (Um sonho nos contou gentilmente que o fim parece mais próximo!) Fushigi da yo ne hanareta te ga ochite! (Não é estranho que com as mãos separadas fica menos divertido?)
- Marude maigo mitai itsu no ma ni ka inai... (É como se estivéssemos perdidos
E de repente você se vai...) - cantava Ino sozinha agora.
Miya olhava aquilo encantada. Ela se levanta repentinamente atrapalhando o ensaio e batendo palmas.
- Incrível! - ela dizia encantada. - Incrível!!!
Todos eles param e se olham e então começam a rir. Miya fica confusa sem entender, coçando a cabeça. Uma salva de palmas continuava ao fundo, chamando a atenção de todos. Eles então veem um rapaz de cabelos castanhos e bagunçados. Ele usava uma jaqueta de couro e camisa branca de gola v. Calça jeans e tenis.
- Misaki... - dizia Takato.
- Yo! - ele acenava com um sorriso de canto. - Onii-chan!

Os grandes protetores do universo! Os Guerreiros escolhidos para defender a justiça em todos os planetas... Eles são... Seiun Sentai Uniranger!
Abertura: https://youtu.be/qLuMlTgRlXw


Launch 6 – Reunião de família

- Então é aqui que você anda se escondendo, huh? – indagava o irmão olhando em volta. Eles estavam em um galpão que a banda alugava para ensaiar. – Devo dizer, você já esteve melhor, onii-chan.
- E o que é que você tem a ver com isso? – dizia Takato de forma ríspida.
- Opa, você está muito estressadinho, Tak-kun! – dizia Misaki.
- É... “Tak-kun”! – interrompia Yuusuke em um tom de deboche. – Relaxa!
Yuusuke se vira segurando a risada e olhando para Kenshin que ria contidamente também. Isso muda quando os dois olham para Takato que parecia pegar fogo por dentro. O herói decide ignorá-los e volta seu olhar para o irmão.
- O que está fazendo aqui? – diz ele. – O que realmente quer aqui?
- Só queria ver o meu irmãozinho, só isso! – Misaki respondia sorrindo.
- Desgraçado... – Takato fecha o punho e puxa Misaki pela gola de repente. – Pare com esse cinismo e diga de uma vez! Vamos!!!
Takato estava para dar um soco no próprio irmão quando Ino e Miya intervém. Misaki o olhava espantado. Ele se vira de costas chorando.
- Takato-kun! – dizia Ino. – Olha o que você fez! Seu irmão veio te visitar e agora está chorando!
- Você está bem? – perguntava Kenshin.
- Hunf! – Yuusuke estava de olhos fechados e braços cruzados. – Isso é algo típico do Takato...
- Como é? – Takato o olhava irritado. – O que está dizendo aí?!
- Você está sempre esquentadinho. – Yuusuke o respondia o encarando. – Sempre agindo como mané! Até quando você vai ser infeliz desse jeito, huh?
Takato se irrita com Yuusuke. Ele se aproxima do rapaz e o puxa pela gola preparando-se para dar um soco. Yuusuke fecha os olhos e franze a cara ouvindo apenas um barulho. Ele abre os olhos novamente e vê que o soco havia sido na parede de ferro do galpão.
- Você não sabe de nada! – dizia Takato. – De nada!
Takato se retira do galpão. Preocupada, Miya vai atrás dele enquanto os outros três tentavam consolar Misaki. O rei Ika e a Imperatriz Diiruma observavam a tudo de dentro do castelo.
- Então o SeiunSaturn tem um problema com o irmão, huh? – dizia Diiruma. – Interessante...
-Minha imperatriz, acredito ter encontrado uma forma de explorar isso... – dizia Ruu.
- Mais uma de suas feitiçarias ridículas? – indagava Kororu. – Minha senhora, por favor, deixe-me cuidar disso!
- Não, quero ouvir o que Ruu tem a dizer dessa vez.
- Obrigado, minha imperatriz. – Ruu reverenciava. Em seguida ele balbuciava algumas palavras em uma língua desconhecida enquanto girava seu cajado sob um celular. Uma fumaça envolve o celular e adentra um dos aplicativos nele. Ela sai do celular e toma a forma de um monstro. – Eu lhes apresento o TechnoMonstro Secretappu!
O monstro se movimentava mostrando suas garras. Ele trajava uma roupa elegante, toda branca com adornos vermelhos e botas pretas. Em sua barriga o símbolo de “Power” e sua cabeça lembrava uma máscara de raposa japonesa.
- Secretappu tem o poder de trazer a tona os segredos mais obscuros das pessoas apenas as arranhando com suas garras. – explicava Ruu. – Quando os humanos revelam aquilo que querem mais esconder, suas vidas se tornam um caos e seus corações são cobertos de ódio e raiva.
- Se ele acertar SeiunSaturn e seu irmão, os Unirangers entrarão em conflito e poderemos ganhar uma vantagem, os derrotando... – pensava Kororu em voz alta. – Tenho de admitir, dessa vez você acertou em cheio, feiticeiro!
- Secretappu, vá e não volte até que tenha acabado com os Unirangers, entendeu bem?! – ordenava o rei Ika.
- Agora mesmo, majestade! Grauu... – diz o monstro desaparecendo em um fogo vermelho.
Takato estava sentado em uma praça olhando para uma fonte quando Miya se aproxima dele. O rapaz a olha no que ela se senta ao seu lado.
- Se veio me dizer para voltar e conversar com meu irmão, perdeu seu tempo. – diz ele. – Você não entenderia.
- Não se preocupe. – dizia Miya observando a fonte. – Não vou dizer pra voltar, até porque ele é a sua família. Mas, ficarei aqui caso precise de mim.
- Caso precise de você?
- Sabe, eu tenho assistido umas coisas na televisão ultimamente e pude perceber que vocês terráqueos possuem algo que o meu povo não possuía.
- É mesmo? – dizia Takato. – E o que é?
- Problemas de relacionamento. – Miya responde. – Por conta da guerra contra os Terroristas Espaciais, nós não tínhamos tempo de ter discussões e problemas familiares, nós tínhamos que proteger o nosso mundo e aqueles queridos por nós.
- Miya... – Takato ficava surpreso. – Eu nunca...
- Está tudo bem. – ela o cortava tranquilizando. – Na verdade, eu invejo isso em vocês. – ela olhava para o céu. – Esses problemas que vocês possuem enquanto estão em tempos de paz.
Miya olha para Takato e sorri. O rapaz então se levanta para a surpresa da garota. Ele a olha sorrindo.
- O que foi? – dizia Miya.
- Obrigado. – ele agradecia. – Agora vamos voltar.
Ela se levanta e o acompanha de volta para o galpão um tanto confusa. Porém, no caminho eles se deparam com Secretappu que atacavam as pessoas. Os dois heróis surgem chutando o monstro que se vira.
- Oh, SeiunSaturn! – dizia o monstro contente. – Justo quem eu procurava, grauu!
- Você é um dos TechnoMonstros de Brazillo, não é?! O que pretende atacando essas pessoas?! – dizia Takato.
- Você logo vai descobrir!!! – o monstro corre rapidamente na direção dos dois como se fosse um vulto.
Os dois Unirangers conseguem escapar saltando cada um pra um lado e então se transformam. Miya parte pra cima do vilão com a SeiunKen, o monstro disputa forças com a Uniranger. Eles se encaravam enquanto o vilão raposa grunhia.
- Não é você quem eu quero, grau!!! – dizia o monstro. – Suma daqui!!!
O monstro tenta ataca-la, mas a heroína percebe e salta pra trás. Em seguida, SeiunSaturn parte pra cima de Screatappu com sua SaturnAxe a jogando para cima.
- SaturnChop!!! – ele gritava enquanto pulava a segurava no ar com a lamina carregada de energia.
O herói desce na direção do TechnoMonstro num corte final, no entanto, Secretappu segura a arma mesmo fincada em seu ombro.
- Hehe, te peguei! – dizia o monstro.
- O-O quê?! – dizia SeiunSaturn surpreso.
Secretappu desfere um ataque com suas garras que se enchiam de energia. O nosso herói é jogado pra trás com o ataque enquanto segurava o próprio braço.
- Você se deixou ser atingido pelo meu ataque só pra poder me atacar em seguida?!
- Hahahaha, isso mesmo! – dizia o monstro se vangloriando. – Muito esperto, não acha?
O nosso herói arfava com a dor em seu braço. No mesmo instante, os outros aparecem disparando contra o vilão usando as SeiunLasers. O TechnoMonstro então desaparece dizendo que a missão dele ali já havia se cumprido. Os heróis vão para a UniShip onde Takato recebe cuidados médicos.
- Aiii... – ele diz sentindo dor na região onde foi atingido pelo monstro. – Cuidado aí!
-Me desculpe, Sr.Takato. – dizia Krinus. – Já coletei uma amostra da ferida e enviei para análise como pediu Sra.Miya.
- Precisa mesmo disso? – indagava Yuusuke. – É só um arranhãozinho.
- Claro que é! – dizia Miya puxando a orelha de Yuusuke. – Não sabemos do que esse TechnoMonstro é capaz, mas ele deixou claro que Takato era o alvo e que sua intenção era arranhá-lo. Precisamos ter certeza com o que estamos lidando.
Naquele momento, a porta se abre e Misaki aparece olhando espantado. Ele passa rapidamente por todos e por toda a sala central da nave.
- Ohhhhh! – ele dizia enquanto olhava cada canto. – Ohhhhh! Isso é incrível! Tem até um robô estranho!!!! – ele dizia observando Krinus.
- Estranho? – dizia Krinus tentando assimilar a informação. – Eu posso ser configurado como “estranho”? – ele olhava para Yuusuke, Ino e Kenshin que tentavam disfarçar.
Misaki vê Takato ferido e corre até o irmão da forma mais desajeitada o possível tocando nela inclusive.
- Tak-kun! Você está bem?! – ele dizia tocando na ferida mais uma vez. – Está doendo?!
- Ahhhh! Agora está! – Takato dizia empurrando o irmão. Os olhos dele brilham por um instante sem que ninguém percebesse. – O que está fazendo aqui?! Aliás, como descobriu este lugar?!
- Bom, todo mundo saiu correndo de repente... – ele explicava. – Então eu fui atrás e segui vocês o tempo todo.
- Isso é bem típico de você! – dizia Takato enfurecido. – Sempre se metendo onde não deve!
- Tak-kun, eu... – tentava Misaki se defender.
-Não! – interrompe o herói. – Já chega dessa idiotice! Sem desculpas esfarrapadas! Você sempre se mete em confusão e eu sempre te defendi, mas chega!
- Takato! – dizia Ino tentando controla-lo. Takato a empurra.
- Vocês querem saber o que ele fez?! – o herói continuava. – Esse idiota se meteu com gente errada, criminosos e pra livrar a cara dele, eu acabei tomando a culpa. Me tornei a vergonha da família e por isso tive que vir embora!
Yuusuke fica surpreso. Ele nunca havia visto Takato daquela forma. Ele começava a entender porque o companheiro de banda sempre evitava tomar partido de algo. Takato continuava a esbravejar, assustando a todos. Sua revolta com a presença do irmão era enorme. Misaki o olhava perplexo por ver todo o ódio e revolta do irmão. Ele não estava suportando mais, seus olhos começavam a se encher de lágrimas.
- Ah, não! – dizia Takato o olhando. – Você não vai chorar agora, não vai mesmo! Não vou me comover com essas lágrimas falsas!
- Lágrimas falsas? – dizia Misaki. – Você se tornou um idiota, sabia disso?!
Misaki olha para os outros envergonhado e abaixa a cabeça pedindo desculpas e então sai de lá. Inconformado e acreditando ser tudo um teatro do irmão, Takato sai da nave indo atrás do rapaz. Os outros ficam na UniShip completamente perplexos e sem saber o que fazer.
- Gente, eu nunca vi o Takato alterado desse jeito... – dizia Ino.
- Takato estava passando por um barra dessas há anos e nunca nos contou nada... – dizia Kenshin sem acreditar.
Yuusuke dá um soco na parede da nave, ele estava inconformado.
- Eu sempre o achei um mala por nunca querer tomar partido de nada. – ele chorava. – E ele precisando de ajuda... Só queria entender por que... Porque dizer tudo isso assim, agora.
- Foi o Secretappu. – dizia Miya que estava encostada pensando até então. – Eu tinha minhas duvidas, mas agora está claro pra mim.
- Como? – Yuusuke a olhava surpreso. – Como sabe disso?
- As pessoas que foram atacadas por ele... – Miya dizia lembrando-se.
[Flashback]
- Pare aí mesmo! – dizia SeiunJupiter – TechnoMonstro!
- Hahahaha, tudo bem. – dizia o monstro. – Meu trabalho já acabou aqui mesmo... Nos vemos em breve, Unirangers!!!
Secretappu desaparece em meio a chamas vermelhas deixando os nossos heróis que se destransformam. Eles veem Takato se destransformar e cair sentado no chão com a mão no braço.
- Você está bem?! – perguntava Ino preocupada.
- Isso é o que dá querer ser rebelde sem causa. – dizia Yuusuke o provocando. – Ainda colocou a Miya em perigo.
- Eu estou bem. – dizia Miya ficando sem graça ao reparar na forma como Yuusuke a olhava. Ele segurava sua mão. Miya tira a mão rapidamente. – Estou mais preocupada com Takato.
- Eu estou bem, sério! – insistia Takato se levantando sentindo dor onde havia a ferida e colocando a mão de novo.
- Miya está certa! – diz Ino o segurando. – Vamos te levar pra UniShip e olharemos esse machucado!
- Ino... – os dois se encaram por um instante. Ino parecia confusa com Takato a olhando daquela forma. Ela então mexe sua mão na frente do rosto do rapaz que parece se tocar. – Certo. Vamos.
Quando estavam saindo, Miya repara nas pessoas que haviam sido atacadas ali. Ela via casais discutindo e falando coisas que provavelmente jamais falariam, chegou a ver um rapaz se declarando para uma garota e outro fazendo o mesmo, só que para outro que parecia não ficar muito feliz e sim constrangido. Yuusuke chama a atenção dela e eles vão pra nave.
[Flashback]
- Oh... – Yuusuke parecia se lembrar também. – É verdade, as pessoas pareciam estranhas mesmo. Fiquei tão centrado em Takato que na hora eu nem dei importância! Hehehehehe
- Tem horas que eu não sei como você pode ser um herói... – comentava Kenshin fazendo uma cara de constrangido e com a mão na própria cara.
- Poxa Kenshin, até você? – Yuusuke ficava triste.
- Hehehehe, desculpa. – Kenshin deixava uma gota de constrangimento cair.
Enquanto isso, Takato ia atrás de seu irmão o virando para si. Ele estava furioso com tudo aquilo.
- Você não vai dar as costas pra mim quando eu estiver falando! – dizia ele revoltado. – Não depois de tudo o que passei por sua causa, Misaki!
- Tak-kun! Você é mesmo um idiota! – diz o rapaz. – Não tem mesmo ideia do porque eu vim atrás de você?!
- Não e sinceramente eu não quero saber das suas mentiras! – dizia Takato. – Eu quero você longe daqui, me ouviu bem?! Longe da minha vida! Você já a estragou demais!
- Ora, ora, ora... – dizia Secretappu aparecendo diante dos dois com soldados Dollers. – Irmãos brigando assim, que coisa feia!
- Secretappu, seu desgraçado! – dizia Takato se pondo na frente de Misaki. – O que pretende afinal?!
- Hahahaha, você não percebeu? – indagava o monstro. – Minhas garras tem o poder de trazer a tona todos os segredos que minhas vitimas tentam guardar! Os segredos enfraquecem os humanos e isso tudo torna minha vitória sobre eles mais apetitosa.
- Desgraçado, então foi isso que fez comigo?! – Takato se vira para o irmão. – Misaki, pra trás!
- O que? – indagava Misaki. – Eu sei me proteger! Não preciso de você!
- Hã? – Takato o olhava dando as costas pro inimigo. – Não seja idiota! É claro que precisa!
- Tolo, abaixou a guarda! – diz o TechnoMonstro partindo pra cima dos dois.
Secretappu estava para acertar suas garras contra Takato quando Misaki o empurra e é acertado no lugar. O vilão ri dizendo que Misaki era um tolo e que os dois morreriam naquele instante preparando-se para ataca-los novamente. No entanto, os Unirangers aparecem e disparam contra o monstro que recua para trás no que eles se aproximam dos dois.
- Vocês estão bem? – pergunta SeiunJupiter. Takato assente com a cabeça.
- Takato, leve seu irmão para um lugar seguro. – dizia SeiunVenus. – Nós cuidamos do TechnoMonstro por enquanto.
- Certo. – diz Takato pegando Misaki pelo braço. – Misaki, vamos.
Misaki atende a ordem do irmão de prontidão. Eles se afastam do local da batalha até um lugar onde parecia mais seguro então Takato o solta. Ele tenta checar se o irmão estava mesmo bem, observando a gravidade do ferimento. Misaki o encarava.
- Tak-kun... – diz o rapaz chamando a atenção de Takato. – Eu preciso dizer o que vim fazer aqui.
- De novo essa história? – ele diz sem muito interesse. – Tá bom, o que veio fazer aqui, afinal de contas?
Os olhos de Misaki brilham em questão de segundos. Ele toca a ferida em sua barriga e então finalmente deixa sair.
- Perdão! – ele dizia abaixando sua cabeça. – Tak-kun, eu nunca quis que você passasse por toda aquela vergonha. Eu sinto muito, mesmo!
- Mi-Misaki... – Takato se assustara com aquela coisa repentina.
- A mãe sofreu muito depois que te mandou embora, onii-chan! Eu não suportei e confessei tudo a ela, ela está muito mal por ter te expulsado injustamente. Eu vim aqui te pedir pra voltar! – Misaki puxa sua mão e a aperta com força.
- Misaki, você não está tirando uma com a minha cara, não é?
- Você viu o que aquele monstro disse! Eu também fui atingido pelas garras dele!
- Misaki... – os olhos de Takato se enchiam de lágrimas. Ele sentia uma felicidade enorme.
- Tak-kun... – os olhos de Misaki também se enchiam de lágrimas.
Os dois se olham por um instante e então Takato o abraça forte. Um abraço que ele nunca imaginou que fosse ser capaz de dar. Ele finalmente diz que perdoa o irmão, mas que precisava se juntar aos seus amigos. Misaki entende e Takato sai correndo de volta para o local da batalha. Ao se aproximar, Takato dá um salto acertando Secretappu com uma voadora.
- Secretappu, seu desgraçado! – diz ele. – Seus planos de me enfraquecer revelando os meus segredos e revoltas em cima do meu irmão não funcionaram! Só me deixaram mais forte!
- O-O que?! – diz o monstro. – I-Isso não pode ser!
- É nos períodos de dificuldades e desavenças que mostramos nossa verdadeira força! Isso só mostra que vocês do Império Brazillo não entendem nada sobre nós!
- Desgraçado, farei com que engula essas palavras!
- Isso é o que veremos! – ele dizia ativando o Uni-Maker – Seiun Key! Start Henshin!!!!
- SATURN -
Um brilho envolve Takato, ao fundo aparece o universo, seu corpo brilha intensamente, desse brilho surge um uniforme, que se completa com o capacete em sua cabeça.
- O Guerreiro Explosivo! - diz SeiunMars jogando o tronco pro lado direito enquanto levava o braço esquerdo por cima da cabeça e levando o punho direito pra frente no que a imagem do planeta Marte aparecia no fundo – SeiunMars!
- O Guerreiro Magnetizante! – diz SeiunSaturn batendo com as duas mãos na sua frente e então posicionando a direita ao lado da cabeçca e a esquerda na frente, ambas com o punho aberto como se fosse garras, enquanto a imagem do planeta Saturno aparecia no fundo – SeiunSaturn!
- A Guerreira Brilhante! – diz SeiunMercury rodopiando como se segurasse um véu e então jogando as pernas cada uma para um lado, levando uma das mãos pra cima enquanto a outra se posicionava na cintura enquanto a imagem do planeta Mercúrio aparecia no fundo – SeiunMercury!
- O Guerreiro Turbulento! – diz SeiunJupiter jogando sua perna direito para trás de forma a se cruzar com a esquerda. Ele joga os braços pro lado esquerdo, se levanta jogando o torso para a direita e posicionando o braço direito como se fizesse um muque enquanto a imagem do planeta Júpiter aparecia no fundo – SeiunJupiter!
- A Guerreira da Alvorada! – diz SeiunVenus fazendo movimentos com as mãos na frente da cabeça. Ela desliza a perna direita para trás como num passo de tango joga o braço esquerdo para cima. Em seguida o move rapidamente para o lado enquanto o direito vai pra frente no que a imagem do planeta Vênus aparecia no fundo – SeiunVenus!
- Os guerreiros nascidos das galáxias! Seiun Sentai... - diz Seiun Venus.
- UNIRANGER!! – diziam os cinco em uníssono enquanto uma explosão ocorria atrás e o símbolo de um planeta surgia ao fundo.
- Não pensem que estão com a vitória ganha!!! – dizia Secretappu – Soldados Dollers, acabem com eles!!!
Os Dollers partem pra cima dos nossos heróis que começam a trocar golpes com eles, deixando SeiunSaturn enfrentar o TechnoMonstro. SeiunMars ataca alguns soldados com seu ataque “Mars Dynamic Slash” e os derrota. SeiunJupiter criava luvas de cristais em seus braços para realizar o “Jupiter Lightning Punch” contra os soldados que o enfrentavam. SeiunVenus acabava com os Dollers à sua volta usando o “Venus Plasma Crush” enquanto que SeiunMercury derrotava os seus com o “Mercury Twister”. No entanto, SeiunSaturn não parecia estar com muita sorte. Secretappu era muito rápido e o herói mal conseguia ver seus ataques.
- O que houve, SeiunSaturn? – dizia o vilão correndo muito rápido. – Não ia acabar comigo?! Hahahahaha!
- Droga... Ele é rápido demais, preciso de uma forma de deixa-lo mais lento ou de conseguir enxergar seus movimentos. – pensava Saturn. – Pare de correr e me enfrente de verdade! – dizia o herói.
- Muito bem então!
O monstro finalmente faz seu movimento e o acerta com suas garras algumas vezes fazendo com que o nosso herói fosse ao chão. Saturn não conseguia encontrar um jeito de impedir o vilão. Porém, quando Secretappu ia ataca-lo novamente, Misaki surge em uma moto indo na direção do vilão que interrompe o ataque e se defende partindo a moto em dois. Misaki cai rolando e então para agachado e um tanto machucado.
- Tak-kun, agora! – diz Misaki.
- Certo! Valeu, Misaki! – diz o herói preparando-se para o ataque final. – Saturn Great Impact!!!
SeiunSaturn soca o chão com toda a sua força criando uma abertura que corre na direção do monstro o fazendo perder o equilíbrio. Em seguida, ele finaliza com seu outro ataque, agora segurando sua arma. Secretappu é jogado longe enquanto os outros Uniranger se aproximavam.
- Misaki, você foi muito corajoso e de grande ajuda, mas é perigoso demais, deixa o resto com a gente. – dizia Saturn tocando o ombro do irmão que sai correndo dali.
Secretappu finalmente se levanta um tanto grogue e uma pequena nave surge voando na direção dos nossos heróis. Saturn a segura e a posiciona deitada enquanto os outros auxiliavam.
- MAGNUM CANNON! – dizem os cinco em uníssono.
- Preparar para o lançamento! – dizia SeiunSaturn olhando para SeiunMercury que tentava centralizar o vilão no meio.
- Na mira! – diz ela ao conseguir.
- Disparar! – comandava o Uniranger satuniano.
No que o comando é dado, a cabeça da arma nave é disparada numa velocidade surpreendente. Com a imagem de uma nave espacial atravessando os planetas e asteroides dos respectivos heróis, ela atravessa o monstro com tudo que cai no chão e explode. Os heróis mal tem tempo de comemorar, a imagem do trevo aparece e passa pelo corpo do TechnoMonstro que revive tornando-se gigantesco. Ele tenta atacar os Unirangers que desviam e chamam por seus mechas, realizando o gattai em seguida.
- PODEROSO UNIGREAT! ATERRISSAR! – dizem todos em uníssono.
UniGreat cai em pé no chão batendo suas mãos anunciando que estava pronto para o combate. Secretappu começa a se movimentar rapidamente como se fosse um vulto. O robô tentava acompanhar seus movimentos, mas parecia impossível. O vilão os acerta algumas vezes até que UniGreat para e uma antena sai de seu pé, ele finalmente consegue localizar o vilão.
- UniMísseis, disparar! – diz SeiunMars apertando um botão.
Os misseis são disparados e perseguem o vilão até o atingirem e o fazer cair. Em seguida, UniGreat pega Secretappu e o gira o jogando mais ao longe. Cansado daquilo, Secretappu desaparece como se fosse um fantasma. O céu fica escuro e sua cabeça surge como uma enorme projeção. Ele começa a desferir uma poderosa labareda de fogo contra o robô que recua enquanto tudo parecia pegar fogo em volta dele. Um alerta de perigo começa a soar dentro do UniGreat que parecia enlouquecido.
- UniFlash! – diz SeiunJupiter apertando um botão.
UniGreat dispara um poderoso flash de seus olhos fazendo com que a escuridão clareasse e a imagem da cabeça gigante, assim como o fogo desaparecessem. O monstro volta à aparecer de forma completa.
- Mandou bem, Kenshin! – diz SeiunMars. - SEIUN SABRE!
UniGreat balançava sua espada de um lado para o outro. Em seguida ele puxa a espada e a para em 90º perpendicular à cabeça.
- CHOU SLASHING BOLT! – dizem os cinco em uníssono.
UniGreat enche sua lamina de energia com raios que caíam sob um fundo negro. O robô corre na direção do monstro e atravessa a espada verticalmente e depois horizontalmente. Secretappu gira seu corpo em 360º e se choca contra o chão criando uma grande explosão. UniGreat se posiciona em pé enquanto os Unirangers comemoravam a vitória.
- Isso sim é uma vitória de outro mundo! - dizia SeiunMars fazendo joinha para a tela.
Pouco tempo depois, Takato e os outros estavam reunidos para se despedir do irmão.
- Desculpa, Misaki. – diz Takato. – Meus amigos precisam de mim aqui no momento. Diga à mãe que estou bem e volto quando der.
- Pode deixar, Tak-kun! – ele sorria. – Ela ficará contente ao saber que está tudo bem agora.
- Heh. – Takato sorri. – Venha nos visitar sempre que quiser.
- Ok! Próximo show da sua banda eu vou, pode apostar! – ele dizia colocando seu punho à frente.
- Fechado! – dizia Takato colocando o seu à frente também.
Misaki então adentra o ônibus que parte de volta para sua cidade. Os outros começam a discutir onde poderiam ir agora no que Takato se vira para Yuusuke.
- Yuusuke... – dizia Takato. – Me desculpe por todas as vezes que fui um babaca com você.
- Quê?! – Miya, Ino e Kenshin diziam em uníssono com surpresa. Yuusuke estava confuso.
- Acho que o seu jeito me fazia lembrar dos meus problemas com meu irmão e acabava descontando em você! Desculpa! – ele abaixava a cabeça. – Podemos ser amigos, finalmente?
- Quê?! – Miya, Ino e Kenshin diziam em uníssono com mais surpresa ainda.
- Mas é claro! “Tak-kun!” – dizia Yuusuke com um certo tom de provocação.
- Oh? – Takato não gostara de ouvir aquilo. – Pare com isso!
- Nops! Tak-kun! – continuava Yuusuke brincando.
- Grr... Você é mesmo irritante, não é?! – Takato ficava com raiva. – Não tem como! Não tem como eu gostar mesmo de você!
- Tava demorando... – dizia Kenshin rindo enquanto Yuusuke saia andando dando de costas pra Takato.
- Eu estou falando com você! – dizia Takato indo atrás dele. – Ei! Yuusuke!
Continua...

Pessoal! É hora do Quiz planetário!
A porta da sala de comando da UniShip se abre, Krinus teclava rapidamente no computador. A câmera se aproxima dele.
- Olá! O que acharam do episódio de hoje? Foi uma surpresa e tanto descobrir sobre o passado de Takato, não é mesmo? Ainda bem que eles resolveram! – dizia o robô. - O episódio de hoje foi centrado nele, portanto, vamos falar do planeta Saturno! – ele apontava para o telão que mostrava uma imagem do planeta. - Saturno já foi visitado pelos terráqueos algumas vezes, quantas vezes foram essas?

Encerramento: https://www.youtube.com/watch?v=1gRdGs1kIzg

Pessoal! É hora do quiz planetário!
- Oh, olá de novo! – dizia Krinus. – E então? Descobriram? Bom, a resposta é: quatro vezes! Em 1979 pela nave Pioneer 11, em 1980 as naves Voyager 1 e 2 passaram por lá e em 2004 a nave Cassini foi inserida na órbita do planeta e liberou a sonda Huygens na lua Titã em 2005 enviando uma série de dados durante a descida atmosférica após o pouso bi satélite natural.  Por hoje é só, mas fiquem aí e vejam o que vem a seguir!

Atention! Atention! A nave já vai partir!
Quando Kenshin esbarra com uma garota antipática e mimada, a cidade é atacada pelo monstro MatchRoid que a faz se apaixonar pelo rapaz. Kenshin agora tem que lidar com o vilão e essa garota desenfreada. Launch 7 – Um amor para Kenshin 


Secretappu
 
Misaki

segunda-feira, 19 de junho de 2017

VAMOS FALAR DE POWER RANGERS O FILME 2017? AFF!! VAMOS!


Fala galerinha do Planet Satsus, quem acompanha o blog sabe que eu sou fã tanto de Super Sentais como de Power Rangers e sabe também que não costumo falar sobre os movies que assisto. O ultimo que comentei se não me engano foram os movies de Sharivan e Shaider. Mas infelizmente apos ter assistido duas vezes ao filme de 2017 intitulado Power Rangers, eu senti a necessidade de falar sobre esse filme, que na minha opinião, foi um saco.

Mas Rodrigo, o filme foi um saco e você assistiu duas vezes?

Sim, a primeira eu assisti por que provavelmente gravarei um cast com alguns amigos sobre o filme, a segunda foi pra ter certeza do que eu estava vendo pois a cada cena que se mostrava, eu não conseguia acreditar no que o filme me mostrava.

Claro! O filme não trás tudo só de ruim. Muita coisa eu achei bacana, mas na minha opinião, não tira o fato de que o filme não trás quase nada de Power Rangers a não ser o titulo e as cores.


O QUE EU CURTI NO FILME.

Muito, mas muito pouca coisa me agradou nessa versão de Power Rangers, uma delas, foi o personagem Billy interpretado pelo ator RJ Cyler. Ele é um personagem bem carismático e basicamente o único personagem desse filme com quem a gente consegue criar algum tipo de laço o suficiente pra ser importar com ele, e que nos faz relevar o fato de que o Billy agora é negro(nada contra negros, estou falando do personagen) e não Branco com óculos.

Gostei muito da releitura da personagem Rita Repulsa interpretada pela atriz Elizabeth Banks, apesar dessa personagem apresentada no filme não ter absolutamente nada a ver com a Rita Repulsa que conhecemos da primeira temporada da qual esse filme foi retirado.


É...acho que só foi isso mesmo que eu gostei rsrs. Retiro o que disse acima de que gostei de muita coisa. Eu me enganei!!

O QUE EU NÃO CURTI NO FILME.

A lista de coisas que eu particularmente não curti no filme é gigantesca. Algumas coisas eu achei até bizarro, isso por que estou comparando com os Power Rangers da primeira temporada. Se fosse um filme de heróis que não tivesse ligação com Power Rangers, funcionaria muito melhor.

Os uniformes
Nenhum deles faz alusão ao dinossauro respectivo de cada um. O único uniforme que lembra de longe um Tiranossauro é o do vermelho. Os outros uniformes nem de perto remetem ao tricerátopos, mastodonte ou tigre dentes de sabre, com exceção da Rosa que muuuuuuuito vagamente lembra um pterodátilo.


Os personagens
Affff, O Zac, não é negro, é branco e aparentemente tem uma descendência oriental, O Billy é negro e não usa óculos, A Kimberly não é nem de longe o que seria uma patricinha como a primeira Kimberly se apresenta pelo menos nos primeiros capítulos da primeira temporada. O Jason não é faixa preta de karatê, ao invés disso ele é um jogador de futebol americano que perdeu a maior chance de sua vida adolescente por que se meteu em encrencas. E a Trini, em uma alusão(eu entendi assim), ao fato de que quando morfava ficava com corpo de homem(isso por que o personagem amarelo Tiger ranger da série ZyuRanger da qual Power Rangers foi adaptada era homem), é lésbica. Sério, nenhum dos personagens lembra nem de longe os personagens de Power Rangers.

A Rodrigo, isso é por que é uma releitura.

Pois é, eu não gostei da releitura.

Os Zords
Os Zords ficaram estranhos, pareciam mais uma montanha de ferro retorcido, quando eles se movem você mal consegue entender o que é perna, o que é cabine, qual parte é o que de cada Zord. Eles são estranhos e também não se parecem nada com cada animal pré histórico que deveriam cada um representar.

O Megazord
Virou uma montanha de massa de ferro retorcido em uma estrutura humanoide que mais parecia o Óptimus Prime sem roupa.

Aqui temos o que parece ser um Megazord enfrentando o que parece ser o Goldar

Os Bonecos de massa 
Montanhas de pedras sem sentido visual.

O zordon foi o primeiro Ranger Vermelho e Rita Repulsa a primeira Ranger Verde
 kkkkkkkkkk. Não.

Goldar 
Apesar de ser a unica coisa gigante que você consegue entender dentro do filme, ainda assim, era apenas uma montanha de ouro com braços e pernas. Bem criativo né? Não tinha armadura, não tinha forma, não tinha nada. Parabéns aos produtores!!

O fim do filme
Sério, você assisti o filme por mais de uma hora esperando pelo menos que o final seja no minimo interessante, e ai você vê a seguinte cena:
A Rita pula em cima do Mega Zord, Que nem nome de Mega Zord tinha, pois foi nomeado pelo Billy, e ai o Mega Zord da um tapa na personagem que voa para fora do planeta terra. Caralho!!! Que final me@#$#@ !

Outra coisa horrorosa foi o fato de esperar quase uma hora pra ver a morfagem, e ela não acontecer. Eles sobem em cima de um circulo e ta la, todo mundo com a armadura. Eles não tem morfadores, os Zords não são invocados(eles não invocam os Zords como na série), não tem detonador na cintura. A união dos Zords acontece sabe-se Deus como e de forma totalmente alá Transformes.

Uma grande gama de elementos que fazem parte do Universo Power Rangers foram deixados de fora.

Eles comandam os Zords com a parte frontal do capacete aberta mostrando os rostos. Sinceramente eles passaram uns três minutos no máximo morfados por completo e o resto do filme com a parte frontal do capacete aberta mostrando o rosto. Isso é bem bacana, só que não!

Todos esses elementos comentados acima, me fez ter a seguinte conclusão sobre o filme: Como um filme de super Heróis ele até é legalzinho, divertido e funciona, mas Power Rangers com certeza esse filme não é. De Power Rangers ele só tem nome e o fato de terem cinco personagens um de cada cor, fora isso, mais nada. 

Posso dizer com certeza que foi uma das piores releituras que eu ja assisti em anos. Perdendo apenas para Dragon Ball, aquele filmezinho ridículo.

Nossa!! To mais leve agora.

Se você gostou do filme deixe seu comentário, e se não gostou também.

Fiquem com Deus e até a próxima!!

domingo, 18 de junho de 2017

Mushi Sentai Slyranger - Capítulo 01

Soya! No capítulo anterior...
- Ainda somos muito fracos, nos perdoe, sensei. – dizia Naru abaixando a cabeça em reverencia.
- Não se lamente, Naru. – dizia o Sensei – Vocês já alcançaram um nível surpreendente. Até pouco tempo atrás, mal conseguiam me tocar.
Jethro caminha até um sarcófago, sentindo que estava sendo chamado. Ao tocar a superfície do caixão, uma misteriosa luz inundou seu corpo. Os outros membros da equipe de escavação observaram atônitos à cena.
- O senhor está bem, Doutor? O que houve? - dizia o assistente se aproximando do Dr. Jethro que ficara em silêncio por uns instantes e, então, soltou uma longa gargalhada.
- HAHAHAHAHA!!! Bem? Eu estou mais do que bem!! - Ele abriu a palma da mão e disparou um tipo de raio, que atravessou o peito do assistente e o matou.
- Não desejo sua vida, filho, desejo os seus serviços! Mas, antes de tudo, você deve vestir-se como o príncipe que é! – dizia uma voz enquanto a cena de um dojo sendo invadido e do Sensei Mushi e os outros 4 ninjas era mostrada.
- Vocês precisam ir. – diz o sensei sem tirar os olhos do novo inimigo. – Precisam encontrar o Dr.Jethro, expliquem que são meus alunos, ele vai saber contar tudo o que está acontecendo pra vocês e vai saber o que fazer. – Sensei Mushi olha para os seus quatro pupilos e olha em seguida para Yuu – Eu confio em vocês.
- Mas, sensei...! – ia dizendo Lina ao ser interrompida por Yuu.
- Pessoal, vamos! – ele diz sem tirar os olhos do seu mestre. – É uma missão ninja! Nossa primeira missão!
Lina não gosta nada daquilo. Ela não queria deixar seu mestre, mas os outros saem de lá a arrastando.

==========================================//=====================================================

- Precisamos ajudar o sensei! – dizia Lina querendo voltar.
- Lina, nós não temos a menor chance do jeito em que estamos. – diz Hironobu. – Eu também quero ajudar o sensei, mas é impossível dessa forma.
- Nós precisamos cumprir a missão que nos foi dada. – dizia Naru. – É o que o sensei iria querer.
- Naru tem razão. – dizia Yuu. – Ele está confiando em nós, é a única forma de o ajudarmos agora.
Eles estavam discutindo como fariam para encontrar o cientista que o mestre deles havia mencionado quando escutam um barulho de motor se aproximar. Seguindo o som, eles logo avistam um jipe se aproximar e parar diante deles. Um homem que devia ter mais ou menos a idade de seu mestre abre a porta e sai de dentro. Ele usava um jaleco branco e uma roupa social.

 - Calma! Calma! – dizia o homem ao vê-los se armarem. – Eu vim aqui ajuda-los.
- E quem é você? – indagava Yuu.
- Oh, sim, claro! – o homem ajeitava o jaleco e esticava as mãos. – Eu me chamo Simas, trabalho no laboratório do Dr.Jethro.
-Doutor Jethro?! – Lina estava para se aproximar do rapaz diante deles de forma bem contente quando Hironobu a puxa de volta.
Lina olha pra ele que apenas negava com a cabeça e depois ajeitava os óculos. Yuu se coloca à frente.
- E como vamos saber que está dizendo a verdade? – o rapaz pergunta para Simas, o olhando com desconfiança. – Muito conveniente aparecer assim de repente dizendo o que precisamos.
- Mas, eu estou dizendo a verdade! – dizia Simas um tanto aflito. Ele se aproxima do seu jipe mostrando a logo impressa nele. – Estão vendo?!


  
Eles são guerreiros que lutam nas sombras... Guiados pelos Mushishin, os espíritos insetos... Eles são os ninjas insetos! Mushi Sentai Slyranger!
Abertura: https://www.youtube.com/watch?v=wTm--zamhLw



Passado algum tempo, Marie chega finalmente de volta ao Japão e vai direto para o laboratório se encontrar com Simas.
 - O que houve, Marie? – ele pergunta ao ver a doutora suja de terra e com feições tristes. - Aconteceu algo com você?
- Não... Comigo não... - Marie se põe a chorar, e começa a explicar, entre muitos soluços, o que aconteceu.
- Eu os alertei! Disse que era perigoso se aproximar das ruínas, eles deveriam ter voltado imediatamente após tê-las encontrado!
- Não foi só isso. - dizia ela. - Depois daquele castelo estranho ter saído do nada, três monstros saíram de uma bola de metal e atacaram à mim e Phinneas! Phin me mandou escapar, e ficou lá... Eu receio que ele esteja mo-morto!
- Droga... - dizia Simas dando um soco em sua outra mão - Um humano normal não conseguiria vencer um trio de soldados Kallar!
- O quê?! - Marie estava espantada com a reação do assistente à sua frente - Como pode saber o nome dessas criaturas?
Simas olhou para Marie por um instante e soltou um longo suspiro.
- Venha comigo, doutora. - ele levou a bela moça até um pequeno quarto, onde pegou um estranho aparelho.
- O que é isso, Simas? Parece um controle remoto...
- Está muito longe de ser um controle remoto. Isso é um teletransportador!
Simas pressionou um dos muitos botões, que emitiu uma luz forte, que fez Marie fechar os olhos. Quando os abriu, não estava mais no laboratório. O lugar para onde o teletransportador os levou era enorme, com muitas pessoas indo e vindo. Dezenas de computadores sofisticados, e uma enorme esfera azul tridimensional.
- Que lugar é esse? – ela olhava impressionada em volta. Tudo aquilo parecia surreal.
- Bem-vinda à Base Delux, quartel-general do Projeto SLY! – respondia Simas.
- É incrível... Mas, não entendo: o que é "Projeto SLY"?
- Venha comigo, e lhe mostrarei...
O rapaz começou a andar pelas instalações de Delux. Passando por muitos funcionários apressados, eles finalmente chegaram até uma porta de aço, onde estava escrito "Área de Treinamento". Simas digitou um código na placa numerada ao lado da porta, abrindo-a. O interior era incrível: um grande deserto virtual, onde quatro pessoas usando trajes ninjas e portando armas brancas lutavam contra agressores robóticos.
- Marie, gostaria de lhe apresentar os Slyranger! - disse Simas.
Marie observou os quatro, dois homens e duas mulheres.

- Esse é Sonoda Yuu, escolhido para ser o líder dos Slyranger. - dizia ele se aproximando do ninja de traje todo negro. Logo depois, o doutor se aproxima de outro que usava óculos, seu uniforme ninja possuía partes verdes. – Esse é Hironobu Yasuhiko, mas pode chamá-lo de Hiro... Já esta adorável jovem... - ele segue para o lado mostrando uma garota que parecia ser a mais jovem do grupo. Trajava um uniforme como o dos outros, mas com partes amarelas - É Migarashi Lina.
Simas se move para o lado e encosta sua mão sobre os ombros de outra garota. - Por último, mas não menos importante, essa é Takeuchi Naru. - A jovem era a de menor estatura do grupo. Seu rosto parecia uma obra de arte de tão linda e sexy. Ela trajava um uniforme ninja com algumas partes em azul. Marie notou que os quatro usavam um aparelho no pulso esquerdo.
 - Espera, eu to reconhecendo isso! – ela se aproximava dos 4 e segurava o pulso de Naru que recua no mesmo instante. – Eu trabalhei na criação desse objeto com o Doutor, sempre quis saber do que se tratava. – ela volta seu olhar para Simas. - Ainda não compreendo! O que são esse Projeto SLY e esses Slyranger?
- Muito bem doutora, vou explicar... – disse ele pigarreando e fazendo pose de importante. - Como você sabe, o Dr.Jethro juntou uma equipe renomada de arqueólogos, paleontologistas e cientistas para buscar as ruínas de uma sociedade antiga, perdida nas areias do Egito há séculos. A verdade é que aquelas ruínas são a tumba do Império Vector.
- Imperador Vector? -interrompeu a moça.
- Exatamente! Há centenas de séculos, Vector, liderado pelo Imperador Evee, tentou dominar a Terra com seus poderes derivados da Alquimia. A única coisa em seu caminho era o irmão de Evee, Saag que pôs-se em seu caminho. Como possuía os mesmos conhecimentos de Alquimia do irmão, ele criou os Mushishin, criaturas espirituais que precisavam ser conduzidas por pessoas especiais, que possuíssem o Dom da Magia dentro de suas almas. Ele escolheu cinco dessas pessoas, e os batizou como Slyranger. Os Mushishin e seus companheiros deram suas vidas para vencer o Império Vector, e derrubaram seu Castelo Flutuante Daishini. Evee, temendo a morte, prendeu-se num tipo de sarcófago, e o lacrou com a Chave Kuroshi que foi lançada em Outra Dimensão. O plano de Evee era recuperar suas forças dormindo no sarcófago para, depois, "ressuscitar" utilizando a Chave. Mas ele não contava que toda a magia contida na Chave teria um efeito colateral: Kuroshi acabou se separando em 5 partes distintas... Que, certamente, foram parar na fonte de magia que destruiu seu criador, os Slyranger originais!
- Mas, pensei que eles tivessem morrido! - interrompia Marie novamente.
- Sim e não. - explica Simas - Ao mesmo tempo em que seus corações pararam de bater, seus espíritos puderam alçar voos mais altos.Tenho certeza que seus espíritos reencarnaram, e estão por aí, vivos em novas formas. A missão prioritária do Império - e a nossa também - é encontrar esses Slyranger reencarnados, para recuperar, ou no nosso caso destruir, a Chave.
- Ok, está tudo muito bom e muito bonito. – interrompia Yuu. – Mas, onde é que entramos nisso tudo?
-Agora mesmo. – explicava Simas. – Segundo o Doutor Jethro, a maior prova de que os Slyranger originais reencarnaram é o sensei de vocês! Quando Saag descobriu o plano de seu irmão, ele já estava à beira da morte. Por isso, enviou sua própria alma para Outra Dimensão, onde esperou por séculos. Até algumas décadas atrás, quando ela tomou a forma humana do Sensei Mushi. Em outras palavras, ele é o próprio Saag renascido! Vocês quatro são os novos guerreiros que ele escolheu por terem o Dom da Magia... Vocês são o Super-Livin' Youth... São o Mushi Sentai Slyranger!

Marie sentou-se por um minuto no chão, tentando absorver toda a informação que recebera em tão pouco tempo. Foi aí que ela percebeu algo.
- Mas Simas, só estou vendo 4 deles. Não deveriam ser 5?
- É que...- ele titubeava - Nós ainda estamos procurando o Quinto Membro... – ele dizia olhando com pesar para seus escolhidos.
Enquanto Marie e Simas conversavam, já era noite em Tóquio. Perambulando pelas ruas da cidade, um jovem garoto de cabelos castanhos rebeldes e seu cão de pelagem da cor do mel. O garoto parecia muito cansado, como se não se alimentasse há dias. Suas roupas estavam sujas e com alguns pequenos buracos. A única coisa que levava consigo era um maço de cigarros no bolso interior da jaqueta. Os dois andavam calmamente, até que ouviram um barulho estranho ao passar por um mercado. As portas estavam fechadas, mas as luzes ainda estavam acesas. Uma plaquinha na porta dizia "24 Horas". Dentro da loja, um homem muito alto, usando uma máscara, apontava uma arma para o casal atrás do balcão.
- Vai, vai, peguem logo o meu dinheiro! Se não... - ameaçava o ladrão.
- Tudo bem, tudo bem! Aqui est-
Antes de terminar a frase, o jovem entrou na loja, com um cigarro apagado na boca. O ladrão rapidamente apontou a arma para ele.
- Sai daqui agora, moleque, e você não se machuca!
- Vocês tem fluido pra isqueiro? - pergunta ele sem prestar a atenção no bandido, apenas olhando para os balconistas.
- Err... Acho que temos ainda lá atrás e-
- VOCÊ ESTÁ BRINCANDO COMIGO? - dizia o ladrão indignado - EU VOU ESTOURAR SEUS MIOLOS, GAROTO!
- É comigo? - dizia o rapaz com desdém - Haha, você acha que vai me matar com essa arminha aí?
- Você está desarmado! E isso aqui é uma shotgun!
- Quer bater uma aposta? Eu aposto que consigo te vencer com a minha arma.
O garoto ergueu o dedão da mão direita e esticou o indicador, como que fazendo uma arma.
- HAHAHAHAHA! Você quer mesmo morrer! OK, eu aposto dez pratas!
O ladrão pegou uma nota em seu bolso da calça e colocou no do casaco.
- Então, quando eu contar "3", disparamos, OK?
-Um... Dois... - contava o jovem maltrapilho. Ao lado do ladrão, começou-se a ouvir um rosnado. Quando ele olhou para esquerda, viu um cachorro com todos os seus dentes à mostra.
- Mas de onde veio esse...
- BANG!
Depois dessa "ordem", o cachorro pulou no ombro do assaltante, mordendo com força. O impacto do cachorro levou o bandido ao chão.
- hehe, não te falei? - disse o jovem rindo. Ele se aproximou e pegou a nota do bolso do ladrão inconsciente. Depois, foi até o balcão. - Pode me pegar o fluído de isqueiro?
Os balconistas lhe deram uma caixa inteira de isqueiros. Sorrindo, o rapaz começou a ir embora.
- ESPERE! - gritou o balconista - Qual é o seu nome?
Ele se virou por um instante, acendeu o cigarro, e disse:
- Meu nome é Akira... Hirano Akira!
E se foi.
[Castelo Flutuante Daishini, algum lugar sobre Tóquio]
- Mas, pai, se a Chave está dentro da alma de alguém, como iremos encontrá-la?
- Não se preocupe, filho! Apesar de ainda estar preso nesse maldito sarcófago, eu já tenho poder o bastante para acordá-los!
- Acordar quem?
- Os ShiRei MaShou do Império Vector!!
Uma energia estranha é emitida do sarcófago do Imperador, criando um tipo de portal. Desse portal saem 4 estátuas de pedra.
- Mas o que são essas estátuas, pai?
- Na minha batalha contra meu irmão e o Conselho, eu contei com a ajuda de minhas criações, as criaturas que eu batizei de Vectoid. Quatro deles, porém, receberam um poder a mais, para que pudessem liderar meu exército. Eles são os ShiRei MaShou de Vector! Quando me prendi nesse sarcófago, eles se tornaram estátuas de pedra. Mas, agora, eu vou revivê-los!
Um raio de luz ofuscante vinda do sarcófago atingiu as estátuas. Depois de uma explosão de luz, os Quatro Generais Demoníacos estavam vivos novamente. Uma das criaturas, que tinha um corpo vermelho coberto por uma couraça negra cheia de espinhos, se ajoelhou. Os outros MaShou o imitaram.
- Apresentem-se!
- MaShou Hellofaya!

O primeiro General que se ajoelhara estava agora de pé. O General ao seu lado, que parecia usar uma armadura feita de placas de metal e um capacete que só deixava à vista seus olhos vermelhos, foi o próximo.
- MaShou Naito!

Seguindo ele, uma General que usava uma leve armadura branca, acompanhada de um chicote.
- MaShou Raven!

O último General era o maior deles, e tinha dezenas de canos de armas de fogo pelo seu corpo escuro.
- Mashou Vulture!

 Agora, os quatro estavam de pé, um ao lado do outro.
- Nós o saudamos, Imperador Evee! - diziam os quatro em uníssono.
- Meus Generais, lhes apresento meu filho, o príncipe do Império Vector, Eyes!
Os MaShou fizeram uma longa reverência e clamaram "Vida longa ao Príncipe Eyes!".
- Mas como eles irão ajudar a recuperar Kuroshi?
- Meu filho, as energias dos ShiRei MaShou podem criar um tipo de radar, para assim encontrarmos a Chave.
Os quatro Generais encostaram suas mãos por um minuto, criando uma luz forte. Depois, aquela luminosidade virou um tipo de bola transparente, com algo aquoso dentro.
- Meu príncipe! – dizia Naito - Permita lhe mostrar o Orbbus, um poderoso rastreador de objetos místicos. Com, ele, poderemos encontrar cada um dos fragmentos da chave. Gostaria de lhe pedir para liderar essa busca!
- Muito bem, Naito! Vá e leve alguns soldados Kallar.
Eyes estalou os dedos, e uma duzia de Kallar entraram no salão.
- Como quiser, Vossa Alteza! Soldados Kallar, vamos!
Ao fim dessa frase, Naito e os Kallar haviam se teleportado para a Terra.
[Base Delux, em algum lugar escondido em Tóquio]
Marie escutou as palavras de Simas, que explicava a razão de só existirem 4 Slyranger. Segundo ele, aqueles quatro foram encontrados abandonados em diferentes orfanatos, possivelmente porque seus pais temiam as estranhas habilidades de seus filhos. O sensei Mushi visitou dezenas de orfanatos, guiado pelo espírito de Saag, procurando jovens que possuíssem o Dom. Quando os encontrou, passou a treiná-los arduamente em seu dojô misturando a magia com suas técnicas ninjas para que eles pudessem ser os novos defensores da Terra. Porém, passados 10 anos desde o início do treinamento deles, nunca acharam indícios de um quinto membro.
- Tenho certeza que existe alguém por aí, mas deve estar com seus poderes mágicos adormecidos, não sabemos ao certo e é isso que me preocupa.- dizia Simas.
Cansado de ouvir aquela história toda, Yuu decide sair para espairecer um pouco. Fazia muito tempo que o ninja não via a cidade, ele era apenas uma criança. Ele passava pelas pessoas que simplesmente o olhavam esquisito. Sem entender nada, o rapaz apenas decidira ignorar aquilo e continuar a caminhar. Ele continuava a admirar a cidade à sua volta quando uma explosão luminosa acontece à sua frente. Uma espécie de monstro usando uma armadura surge no meio da praça, segurando um estranho objeto esférico. Yuu vê a cena boquiaberto, até se recompor e pressionar um botão escondido no aparelho estranho que levava no pulso esquerdo.
[Base Delux, Sala de Comando]
O botão que Yuu utilizara era um alarme secreto, que deveria ser usado sempre que ocorressem atividades estranhas.
- O que são esses alarmes? - indagou Marie - O que está acontecendo, Simas?
O assistente olhou para a tela de um dos muitos computadores da Sala de Comando, e viu a cena que acontecia na praça onde estavam Yuu e Akira.
- Hironobu, Lina, Naru! - Os três vieram até ele - Yuu precisa de ajuda. Aparentemente, as forças de Vector finalmente iniciaram seu ataque! Vão, usem o Sly-Turbo!
Os três correram para a garagem de Delux, e veem o Sly-Turbo, o poderoso jipe desenvolvido para o uso do Mushi Sentai.
- Vamos! Eu dirijo! - disse Hiro correndo para o jipe.
- E desde quando você sabe dirigir? – questionava Lina. – Que eu saiba, nunca saímos daquele dojô.
- Isso mesmo. – confirmava Naru. – Nós ficamos sempre estudando.
- Bom, eu consegui dar minhas escapadas...
- Oh... – Lina parecia se lembrar. – Então aquelas vezes que faltou os treinamentos...
Hironobu sorria um tanto sem graça. Rapidamente assumiu o volante, levando Lina ao seu lado e Naru no banco de trás.
- Veículo de Batalha Sly-Turbo, lançar!! – anunciou Simas pela linha de comunicação da base.
O jipe saiu pela base indo até a praça.
つづく...


 Encerramento: https://www.youtube.com/watch?v=Y5zj3dwNxJw

Enciclopédia da Dra.Marie
- Olá. – dizia a Dra.Marie olhando para a tela. – A partir de hoje iniciaremos esse pequeno quadro com curiosidades do mundo dos insetos! Hoje falaremos sobre o besouro girafa!
*O besouro girafa possui uma parte do tórax muito longa, parecendo um enorme pescoço. Daí o seu nome.
*São insetos comuns em Madagascar, na costa africana e só o macho tem o pescoço longo.
*Na época de reprodução eles enrolam folhas para que as fêmeas depositem os ovos.
- Doutora, o que está fazendo? – dizia Simas a interrompendo.
- Passando um pouco do meu conhecimento, Simas. – ela o respondia. – Mas eu já acabei.
- Ótimo! – dizia o rapaz – Será que a senhora pode me ajudar?
Ela olha para Simas que estava no meio de uma pilha de folhas.
- O que aconteceu? – ela pergunta.
- Eles esqueceram a escotilha aberta...
- Oh, céus... – ela olhava para a câmera. – Por hoje é só, nos vemos na próxima vez com mais curiosidades!

Soya! Preparem suas shurikens! Afiem suas Katanas! Nossa próxima missão é...
Finalmente, o Quinto Membro foi encontrado! Mas o quê? Ele não quer ser um Slyranger!? Enquanto isso, Naito e seu monstro Vectoid Crokker estão em Tóquio, procurando as reencarnações dos Slyranger originais... E destruirão a cidade inteira se for necessário para encontrá-las! Layer 02 – The Ballad of the Kabuto.


Simas
 
Vulture
Raven
Naito
Hellofaya
Dra.Marie

Radio Tokumusic PlanetSatsus - Edição 14


Fala galerinha do Planet Satsus. E chegamos a 14ª edição da nossa radio Tokumusic Planet Satsus. E nesse edição infelizmente não temos a participação do nosso DJ William Shimaru, por isso, eu mesmo estou comandando essa Play List

Eu espero que todos curtam. 

Sentem em sua poltrona, de o play e divirta-se com a sua play list em forma de radio.

Fiquem com Deus e até a próxima.

Download da edição da radio

Ou acesse o nosso canal

FAN FIC CAST 07 - INICIATIVA MINDSTORM - BEM VINDO AO NOSSO MUNDO!


Fala galerinha do Planet Satsus!! E depois de muito esperarmos adivinha quem está de volta. É isso mesmo. O FanFic Cast volta a sua programação mensal(ou não) e trás nessa primeira edição de 2017 um bate papo bem bacana com Artur Corval, ou Artur Shadow Moon do antigo Fórum da NipoHero.

Aqui, meu convidado e eu vamos falar de um projeto bem bacana que surge na tokunet pra dar mais enfase ao universo das fanfics. O projeto "Iniciativa Mindstorm" está no ar e quem ganha com isso somos nós que curtimos de mais essa cultura da escrita.

Fan Fic Cast de nº 7, o primeiro de 2017, trás todos os detalhes sobre esse projeto. Essa iniciativa que surge para somar no meio do univcerso tokusatsu.

Então sente na sua poltrona, de o play e divirta-se. Se preferir, clique na setinha do lado direito do player e faça o download.

Espero que curtam o Cast. Fiquem com Deus e até a próxima.

E-mail para Mindstorm: mindstormpro@gmail.com

Blog Mindstorm: http://mindstormpro.blogspot.com.br/

Blogs dos parceiros envolvidos: 
http://nipoheroes.blogspot.com.br/

http://tatisatsu.blogspot.com.br/

http://elninostudios.blogspot.com.br/

http://www.hibikicast.com/

Download do Cast


segunda-feira, 12 de junho de 2017

U-CAST Nº19 - KAMEN RIDER AMAZONS 1ª TEMPORADA


Fala galerinha do Planet Satsus. Como vão todos. Bom, hoje estou aqui pra trazer um Pod Cast muito bacana. A primeira temporada de Kamen Rider Amazon terminou e a segunda temporada já esta rolando, e nesse Cast engraçadíssimo dos nossos parceiros do U-rider, eu Rodrigo Pereira, Hr, Eternal e Jardel, falamos sobre a primeira temporada da série e nossas impressões sobre ela.

Em um bate papo divertidíssimo percorremos por toda a primeira temporada, personagens e os acontecimentos que transformaram essa série, com certeza uma das melhores séries de Tokusatsu já produzidas e a melhor série Tokusatsu de 2016.

Acessem o blog dos nossos parceiros, baixem o Cast e divirtam-se.

Fiquem com Deus e até a próxima.






sábado, 27 de maio de 2017

Top 10 - Momentos Marcantes do Tokusatsu.


EEE aii, galerinha do Planet Satsus, há quanto tempo hein rsrs. Estou de volta e dessa vez quero trazer um top 10 bem bacana, que eu vou chamar de top 10 Momentos Marcantes do Tokusatsu.

Nós "velhinhos" rsrs, assistimos tokusatsu desde que nem sabíamos que esse termo existia, e é claro, muitos momentos foram marcantes para nós, seja pelo momento que estávamos passando ou simplesmente por ser foda mesmo. E aqui, eu quero expor dez momentos que pra mim foram marcantes.

Então vamos as nossas regrinhas para esse top 10:

Primeiro e sempre, vocês devem ter em mente que este top 10 é montado com base na minha opinião e falando sempre, mas sempre mesmo, de séries que eu assisti. Desta vez, este top 10 não será separado por séries que passaram no Brasil e séries que não passaram no Brasil, todas elas entram na brincadeira. E o mais importante, o que pareceu um momento marcante pra mim, pode não ter sido um momento marcante para você, por tanto, é nesse momento do post que eu peço para que você deixe suas opiniões, de forma civilizada nos comentários. Ali poderemos conversar e eu quero muito saber a opinião de vocês.

Agora que já sabemos como tudo vai funcionar nesse top 10, eu vou descrever aqui o meu top 10 MOMENTOS MARCANTES DO TOKUSATSU!

10 - Kamen Rider Decade: All Riders vs. Dai-Shocker


Se todos se atentarem esse parte do post, perceberam que depois da década de 80 e início da década 90, todos os acontecimentos épicos referentes a tokusatsus acabaram acontecendo depois dos anos 2000. O movie Kamen Rider Decade: All Riders vs. Dai-Shoker é um desses momentos. Aqui, reunimos todos os riders até então, Showas e Heiseis, lutando lado a lado contra um dos vilões mais reaproveitados da história dos Kamen Riders, a própria Shoker. A união de todos esses riders, de todos esses mundos, entra como um dos mais épicos momentos da história do Tokusatsu ganhando nossa décima posição.

9 - Gokaiger Goseiger Super Sentai 199 Hero Great Battle


Talvez alguns digam que esse encontro não foi o que se esperava, que não surtiu aquela emoção que todos esperavam, inclusive até eu posso dizer isso rsrs, porém, não há como negar que esse tenha sido um momento marcante para a história do Tokusatsu, onde pela primeira vez(se não me engano), temos o “encontro” de todas as equipes super sentai até então. Movie que se passa durante a série Kaizoku Sentai Gokaiger, série que homenageia os 35 anos da franquia super sentai. Aqui, todas as equipes até então aparecem em meio a trama que envolve Gokaiger e Goseiger. Porém o momento marcante em questão são os poucos minutos da guerra lendária mostrada parcialmente no início da série Gokaiger e aqui no movie mostrada por completo. Quando vi aquilo, disse a mim mesmo, “Muito bem, agora já posso morrer”!

8 - A morte de Black Condor em Jetman


Um momento marcante do tokusatsu que não poderia de jeito nenhum faltar aqui, é com certeza a morte de Black Condor. Um dos melhores Blacks do tokusatsu na opinião de muitos fãs da franquia super sentai. Gai(Black Condor), no ultimo episodio da série tenta salvar uma mulher de um assalto e acaba sendo esfaqueado pelo assaltante, no caminho do casamento de seus amigos Ryu(Red Halk) e Kaori(White Swan). Ali, depois depois da cerimônia ele morre pondo fim a trajetória de um dos personagens mais fodas já criados no universo sentai. Momento que ganha nossa oitava posição.

7 - Gavan e Gavan Type G se transformam juntos

 
Podem dizer o que quiserem desse filme. Mas esse momento em específico, eu levantei do sofá e gritei!! Takeshi Ichijoji e Geki Jumonji se unem na luta contra a tentativa dos remanescentes da Maku de trazerem Dom Horror de volta à vida. E aí, nesse momento, nessa hora, os dois se posicionam um ao lado do outro e fazem o movimento clássico do primeiro policial espacial gritando sua palavra de transformação, Jouchaku, e as armaduras pratas e brilhantes se manifestam em seus corpos com direito a explicação e tudo. Sensacional!! Filme que também levantou na época um possível reavivamento da franquia metal Heros, que apesar de não se concretizar, até hoje seu personagem Gyaban Type G aparece nas produções da dona TOEI. Sua próxima aparição será agora em 2017 em um crossover com Tokusou Sentai Dekaranger

6 - Jiraya perde para Kanin Dragon e para o filho de  Shang Kung Fu.


Depois de derrotar vários inimigos do império ninja e sempre se sair bem contra a trupi de Dokussai, Torra deixa seu ego falar mais alto. Certo de que poderia derrotar qualquer inimigo por ser ele o Jiraya, Torra se joga em uma ferrenha batalha contra Kanin Dragon certo de sua vitória, mas se descuida e não percebe que havia mais um inimigo a espreita. Surge O filho de Shang Kung Fu para vingar a morte de seu pai e assim, Jiraya, pela primeira vez sente o gosto amargo da derrota, e ainda acaba com Rei Yagio fora de combate. Um dos maiores momentos sem duvidas da série, e um dos momentos mais marcantes da historia do Tokusatsu.

5 - Último episódio de Ultra Séven X (2007).
 

Por que eu acho esse momento tão épico? Não darei Spoilers aqui, mas acho que esse final, foi um dos finais mais fodas que já puderam fazer em uma série Tokusatsu. Mas pra resumir e justificar, você imagina que a série se trata de um outro Ultra Seven, sem relação nenhuma com o Ultra seven original e o mundo que vivemos, ou seja, o mundo em que o primeiro Ultra Seven salvou, e no final, tudo se liga, tudo se justifica de maneira esplendorosa. Quer saber como? Só assistindo a série. E por ser foda pra caramba esse momento, Seven X chega ao nosso top 10 de momentos épicos da história do Tokusatsu levando a quinta posição.

4 - O contra-ataque de Daileon
 

O contra-ataque de Daileon é um dos momentos mais marcantes que eu considero na história do Tokusatsu. Jaspion, mesmo em desvantagem vai para cima de Macgaren e sua trupe pra poder salvar a família Nambara, e se coloca em uma situação desesperadora. Então nosso herói começa a evocar o nome de seu Titã de ferro que demora a atender o chamado por estar se recuperando de algumas avarias provocadas pelo monstro na ultima luta. Quando Daileon ressurge, salvando Jaspion e descendo o cacete no monstro da vez, a galera vai a loucura!!! Não tem garganta que não grite neste momento, não tem olhos que não suem, não tem quem não se emocione pelo menos um pouquinho com a reviravolta do nosso herói.

3 - A luta de Change Dragon Vs Buba
 

Esse sim foi um momento marcante no tokusatsu. Não dá pra negar que nós, quando crianças, esperávamos esse combate entre esses dois inimigos desde o início da série, porém, não poderia ser só um episódio construído a base de uma simples luta. Houve um drama, em vinte e quatro minutos, Buba, o personagem do mal que ataca os Changeman ferozmente a cada plano de Bazoo, torna-se o personagem com o qual passamos a nos importar, sentimos pena, nos aliamos a seu drama, para na luta derradeira em que o personagem trava com Change Dragon, nós possamos sentir, não só a vitória de um Herói, mas também a derrota de um vilão. Ambientada em um pôr do sol de encher os olhos o pirata espacial Buba vs Change Dragon ganha a nossa terceira posição e sobe  ao nosso pódio.

2 - A morte de Jiban


Nada, mas nada mesmo é mais triste do que o fim de um relacionamento, a não ser a morte de Jiban. Essa sim foi dura, foi difícil. Ver um herói de aço como aquele, indestrutível e poderoso morrer daquele jeito foi cruel demais pra uma criança, e a criança dentro de mim ainda sofre muito ao ver essa cena. Tá certo que no episódio seguinte tudo fica bem de novo, mas a morte de Jiban, chocou a muitas crianças espalhadas por esse país, e choca, pelo menos a mim, até hoje.

1 - A destruição de Flash King

 
Nós assistimos ao Jaspion e vimos Daileon destroçar diversos monstros. Nós vimos o change Robô descer a espada Relâmpago em diversos monstros até atravessar com ela o próprio Senhor Bazzo, o planeta vivo que queria consumir a terra. E aí, surge Flashman, com o poderoso Flash King que era muito foda, poderoso até no nome, e em um episódio derradeiro surgem os caçadores espaciais comandados por Kaura para destruírem os Flashman e se juntar a La Deus, e logo em sua primeira investida contra o comando Estelar, eis que Flash King tomba perante o poder do inimigo, e naquele dia, em milhares de casas por todo país, houve apenas silêncio que só foi quebrado pelo narrador da série que dizia “Flashman levantem-se, Flashman, responda-nos” e aí o episódio acaba. Um momento épico e uma agonia que tomou conta da alma enquanto esperávamos o dia seguinte. A derrota de Flash King pelo menos pra mim granha o primeiro lugar no nosso Top 10 Memomentos Marcantes do Tokusatsu

E você? Qual é o seu momento marcante favorito? Você concorda comigo? Descorda? Tem outra visão sobre esses momentos marcantes. Estou anciosamente aguardando o comentário de vocês.

Fiquem com Deus e até a próxima!! 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Seiun Sentai Uniranger - Capitulo 05


Data Timming... Inciando transmissão...
O Império Brazillo cria um guerreiro a partir de um aplicativo de celular o chamando de PandaRoid. O monstro ataca as mães de crianças levadas, os prendendo no espelho que guardava em sua testa, irritando Ino. Um rapaz misterioso aparece diante dos Unirangers dizendo ser do futuro e descobrimos que Ino se irritara tanto com Pandaroid porque no passado sua mãe a abandonara quando criança. PandaRoid é derrotado e Ino descobre que sua mãe nunca a abandonou e sim acabou viajando para o futuro e não consegue voltar.
Data Timming... Fim da transmissão...

Tudo começara numa tranquilidade só. Ino, Takato e Kenshin entram na UniShip para visitar Miya e a veem concentrada no computador principal.
- Ei, Krinus... – dizia Kenshin se aproximando do robô. – O que ela está fazendo?
- Monitorando a cidade atrás do Império Brazillo, Sr.Kenshin. – respondia o robô.
- Uhhh... Entendi. – Kenshin olhava bem pra ela e então cochicha com Takato e Ino. – Sacaram o olhar dela? Parece diferente dos outros dias.
- Ela deve estar com saudades de casa. – diz Takato. – Compreensível.
- Vocês aí... – dizia Miya interrompendo os três. – O que estão fazendo aqui tão cedo? Aconteceu algo?
- N-Não. – dizem os três.
- Nós só queríamos ver o que estava fazendo, na verdade. – respondia Kenshin.
- Você fica muito tempo presa nessa nave. – diz Ino se aproximando de Miya tocando seu ombro.
- Pois é! – Kenshin se aproxima também. – Você precisa relaxar! Sair com a gente!
- Estão querendo me levar pra comer animais novamente? – ela dizia com um tom de desgosto. – Porque ainda não superei esse trauma, e minha resposta continuará sendo não.
- Não, não! – diz Kenshin. – Fica tranquila.
- Vamos te levar pra passear no Shopping! – diz Ino tentando esboçar um sorriso.- Vamos lá, por favor.
- Aff... – Miya se desmontava. Ela não queria admitir, mas até que gostava do planeta e dos passeios com os outros.
Ino e Kenshin abrem um sorriso de felicidade e a puxam consigo, deixando Takato sozinho com Krinus que apenas o olhava com seus olhos robóticos que piscavam em azul. Eles se encaram por alguns segundos.
- Então... – ele diz um tanto que desconfortável. – Eu vou com eles.
Os três passeavam pelo Shopping como o combinado. Miya estava adorando o passeio, eles visitaram lojas e mais lojas e ainda passaram por uma de jogos eletrônicos. Ela ficara impressionada com o quão diferente eram suas culturas. Nunca soubera o que significava esse tal “relaxar” que eles tanto diziam. Durante toda sua infância, só conhecera o laboratório do pai e a guerra contra os Terroristas Espaciais. Os nossos heróis se alegravam ao vê-la rindo e se divertindo.
- Então, pra onde a levamos agora? – perguntava Ino.
- Podíamos leva-la ao cinema! – dizia Kenshin.
- Cinema? – indagava Miya. – O que é isso?
- É um lugar onde se passam filmes. – respondia Takato. – Filmes são histórias fictícias que mostram pessoas em determinadas situações, sejam de comédia, ação, drama ou terror.
- É muito legal! – diz Kenshin. – Você vai adorar! Vem!
Kenshin se empolga e a puxa pelo braço. Miya quase tropeça nos próprios pés com a velocidade com que o rapaz a puxava. Naquele momento, Kenshin parecia muito com Yuusuke o que não a agradava muito.
Em Brazidoran, King Ika já não conseguia conter sua fúria quanto a sua derrota nas mãos dos Unirangers. Eles observavam os passos dos heróis.
- Então eles querem descansar e se divertir vendo esses tais filmes, huh? – diz o rei. – Kororu! Rápido!
- Meu senhor! Meu senhor! – dizia Ruu se aproximando com seus pequenos porém longos pés.- Acho que tenho o monstro perfeito para auxiliar Kororu nessa missão!
- Oh? É mesmo? – diz o rei. – Mostre-me.
- Já que querem tanto um cinema... – diz o duende feiticeiro.
O vilão começa a fazer o seu truque. Ele coloca o celular sob uma mesa e começa a balbuciar algumas palavras incompreensíveis. O trevo em sua barriga começa a brilhar e uma energia sai dela misturando-se à fumaça que ele emanava do cachimbo em sua boca. A fumaça se torna brilhante e começa a circular o celular. De repente um dos aplicativos nele brilha de forma que esse brilho atinja a fumaça que se move para o salão principal e tome uma forma ainda esfumaçada que aos poucos vai tomando a aparência de um projetor de filmes com braços e pernas. A lente era o olho do monstro enquanto que em cima ficavam dois rolos de filmes. Em sua perna havia o símbolo de “Power”.
-Techno Monstro, MovieRoid! – diz o monstro mexendo os braços e os batendo na lateral de seu corpo. – Obrigado por me darem vida, serei seu humilde servo.
- Ótimo! – dizia a Imperatriz Diiruma. – MovieRoid, use seus poderes para ajudar Kororu a acabar com esses malditos Unirangers!
- Não se preocupe, minha imperatriz! – o monstro afirmava. – Farei com que a felicidade deles se transforme num terrível filme de terror!
O filme acaba e Miya saía maravilhada, era incrível para ela como que uma tecnologia atrasada podia ser usada daquela forma. Sua alegria e a dos outros logo é trocada por preocupação quando veem pessoas correndo em pânico. Eles logo avistam Kororu e alguns Dollers.
- Kororu, então você voltou! – diz a alien irritada. - O que quer com todo esse caos?!
- Primeiramente irei destruir vocês, então construirei um lugar perfeito para o Rei Ika e a Imperatriz Diiruma governarem hahahahahaha!
- Isso nunca acontecerá!! – dizia Ino.
- E posso saber o porquê? – questionava o vilão.
- Simples... – explicava Takato. - Porque enquanto existirmos, você nunca irá vencer!
- hahahaha, tolos! Como acham que me vencerão?
- Dessa forma!!! – diz Kenshin já irritado ao ver o desespero das pessoas. - Seiun Key!
- Start Henshin!!!! – diziam todos em uníssono.
VENUS SATURN JUPITER MERCURY
–  LAUNCH –
Um brilho os envolve, ao fundo aparece o universo, o corpo de cada um deles brilha intensamente, desse brilho surge um uniforme, que se completa com o capacete em suas cabeças. Os Dollers partem pra cima dos nossos heróis no que os nossos heróis correm em direção aos soldados de Brazillo e uma luta se inicia.

Os grandes protetores do universo! Os Guerreiros escolhidos para defender a justiça em todos os planetas... Eles são... Seiun Sentai Uniranger!
Abertura: https://youtu.be/qLuMlTgRlXw


Launch 5 – Amor ou Amizade?

SeiunJupiter é lançado contra SeiunSaturn e SeiunMercury. SeiunVenus passa por eles indo diretamente pra cima de Kororu atirando com a Venus Shooter. Ela então troca de arma pela SeiunKen. Os dois trocam golpes de espadas no que começam a disputar forças.
- Você é muito boa, eu admito. – diz o vilão a encarando.
- Obrigada. – ela agradece com um certo cinismo.
- Mas isso te deixa com a guarda aberta! – dizia o vilão.
- O quê?! – a heroína fica surpresa com o comentário.
Ela se surpreende mais ainda quando é pega atingida por um ataque surpresa de MovieRoid que estava escondido apenas esperando. Ele lançara dois rolos de filmes contra ela que ao tocarem o chão explodem a lançando na direção dos outros Unirangers.
- Precisamos do Yuusuke aqui. – diz ela. – Onde ele estará?
- Se o conheço bem, é capaz de ainda estar dormindo, aquele preguiçoso. – comentava SeiunSaturn.
Como imaginado pelo Uniranger negro, Yuusuke dormia o sono dos justos em sua casa. Ele acorda com o chamado de Miya, ainda um tanto grogue e tentando entender o que era aquela barulheira toda. Quando se toca do que estava acontecendo, corre para ajudar seus amigos atropelando todo mundo no meio do caminho. Ao sair do prédio em que morava, se depara com um motoboy estacionado e rapidamente pula na moto e a liga, o motoboy fica louco e começa a gritar. Yuusuke acelera o mais rápido o possível.
No meio do caminho vê que a moto era meio esquisita, ela possuía uns acessórios a mais. Um deles era o turbo que decide apertar aumentando a velocidade de um tanto que perde o controle e a moto começa a ficar louca. Yuusuke tenta controla-la, mas não consegue. A moto começa a subir o meio-fio e as pessoas saem correndo assustadas, ele tenta guia-la até o shopping sem muito controle e o invade atingindo a todos, tanto os Unirangers quanto os Dollers até que começa a andar em círculos. O jovem herói gritava por socorro numa cena patética que fazia os vilões rirem.
- Você está bem? – perguntava SeiunMercury que o tirava de cima da moto.
- Arf... Arf... – Yuusuke arfava com a mão no coração. – Valeu! Achei que não ia parar nunca aquela moto...
- Está pronto pra luta? – ela perguntava o olhando.
- Arf... Arf... Tô! – ele respondia. – Só... Calma aí... – ele arfava tentando recuperar o folego. – Agora sim!
- Hahahahahahaha! – ria o TechnoMonstro. – Que entrada patética! E você ainda se diz um herói? Hahahahahaha
- Peraí... – Yuusuke se irritava com o comentário. – Tá rindo de mim?
- E tem algo melhor pra se fazer? – tripudiava Kororu.
- Grr... Não gosto que riam de mim! – o herói cerrava os punhos. – Você vai ver!!! Seiun Key! Start Henshin!!!!
– MARS –
– LAUNCH –

Yuusuke se transforma em SeiunMars e parte pra cima dos vilões retirando seu Mars Blazer em BladeMode atingindo todos os Dollers. Em seguida, dá uma cambalhota ativando a GunMode apontando e disparando contra mais Dollers partindo pra cima do TechnoMonstro. Porém, Kororu intervém e lança um raio com seus olhos fazendo com que o herói levitasse como se estivesse sendo suspenso por cordas. O vilão começa a girá-lo o deixando tonto e o jogando para longe.
- Já chega! – dizia SeiunVenus irritada. – Eu mesma cuido disso!
- Xiii... – dizia SeiunJupiter para SeiunSaturn. – Ela tá uma fera hein?
A heroína parte pra cima de MovieRoid que nota sua aproximação e joga SeiunMars contra ela, o fazendo cair sob ela.
- Idiota, o que pensa que está fazendo?! – diz ela o empurrando.
- D-Desculpa! – ele dizia abaixando a cabeça e esfregando a mão direita na nuca do capacete.
- Abaixaram a guarda!!! – diz o monstro disparando um raio de seu olho que era a lente do projetor de filmes.
Os dois heróis voltam sua atenção para o ataque, mas era tarde demais. Ambos são atingidos com tudo e sugados pra dentro do monstro que apenas passava as mãos em seus lábios.
- Nham, nham! Que lanche gostoso! – dizia o monstro.
- Maldito! – diz SeiunJupiter – O que fez com eles?!
- Hahahahahaha! Muito bem, MovieRoid! – comemorava Kororu. – Unirangers, os seus amigos já eram! Agora são apenas um negativo no filme do TechnoMonstro, eu sugiro que se rendam agora mesmo ou terão o mesmo destino dos dois!
- Essa não! – diz SeiunMercury levando a mão ao capacete, como se quisesse chorar.
SeiunSaturn não diz nada, apenas cerrava os punhos enquanto virava a cabeça pro lado. SeiunJupiter acaba por cair de joelhos, desolado. Yuusuke saia de dentro de um mar carregando Miya que estava desmaiada. Ele não sabia onde estava, apenas se preocupava com a alien que parecia ferida. Avista uma caverna logo mais e a leva até lá. Sua perna estava bastante machucada e ele andava mancando. Miya parecia febril. Ele a deita com cuidado e encosta a cabeça da garota em uma pedra mas colocando sua camisa para deixar mais confortável.
- N-Não se preocupe... – ele dizia. – Não deixarei que nada aconteça a você. – encostava a cabeça na mesma pedra enquanto segurava a mão da alien desmaiada. – Sairemos daqui juntos...
Yuusuke apaga logo em seguida. Dois dias haviam se passado, Yuusuke descansava sentado ao lado de Miya na caverna.
- O-O que houve? – dizia Miya abrindo os olhos.
- Miya-chan! – diz Yuusuke feliz. – Finalmente acordou!
- Yuusuke? – ela dizia tentando entender onde estava.- Onde estamos? O que fazemos aqui? E-Eu não...
- Calma, você ainda precisa descansar. – ele dizia a deitando novamente. – Fomos atacados por MovieRoid e acabamos parando aqui. Essa caverna foi o único lugar seguro que encontrei.
- MovieRoid? – ela indagava puxando pela memória. – É mesmo! Precisamos ir atrás dos outros!
- Não dá. – diz ele. – Acredite, eu já tentei. É como se estivéssemos presos em algum cenário.
- Yuusuke... – Miya dizia não gostando nem um pouco do que estava ouvindo. – Há quanto tempo estive desmaiada?
- Dois dias. – ele diz.
- Dois dias?! – Miya ficava desesperada. – É tempo demais!!! Vamos, nós encontraremos uma saída juntos!
- Beleza... – ele dizia se levantando com dificuldades. Yuusuke quase perde o equilíbrio, mas Miya logo o segura.
- O que houve? – ela pergunta reparando então. – Sua perna!
- Está tranquilo! – o rapaz dizia tentando tranquiliza-la. – Mesmo, ela já está praticamente boa.
Yuusuke tenta caminhar mesmo mancando, porém, era claro que ele sentia muita dor. Percebendo aquilo, Miya o segura e então senta na pedra que antes estava deitada.
- Yuusuke, você explorou o local e cuidou de mim mesmo com a perna desse jeito?
- Heh, eu não podia te deixar jogada aqui e com febre, não é? Afinal de contas, somos amigos. Você pode sempre contar comigo!
- Yuusuke, você... – a alien ficara realmente surpresa.
Miya nunca o vira daquele jeito. Somente ali ela reparou que nunca o vira daquela forma, para ela ele sempre seria um rapaz bobo e atrapalhado. Ela então finalmente percebe o quão errada estava e que talvez, apenas talvez, Yuusuke fosse muito mais do que aparentava ser. Agora era Miya quem devia cuidar dele e, por mais alguns dias, ela o fez. A noite cai e Yuusuke parecia dormir, Miya aproveitava a ocasião para retirar um objeto que segurava sempre consigo. Ela ativa esse objeto mostrando um holograma de uma criatura humanoide que lembrava muito um morcego.
- Kiriba... – ela deixava escapar.
- Então ela tem alguém... – pensava o nosso herói que espiava sem que ela notasse. – Como fui burro...
Um outro dia nasce. Miya acorda e já vê Yuusuke de pé a encarando.
- O que foi? – pergunta a alien.
- Vem. – ele diz esticando sua mão. – Vamos sair daqui!
Ela a puxa no que ela se solta.
- O que está fazendo? E sua perna? – Miya questiona.
- Não sei o que você fez. – Yuusuke mexia a perna livremente. – Mas ela amanheceu 100%. Agora vamos!
Ele volta a puxá-la pelo braço e dessa vez ela o deixa fazer. Os dois saem da caverna e acabam se deparando com soldados Dollers e Ruu que vinha um pouco mais atrás.
- Você é do Império Brazillo, não é?! – dizia Miya em posição de batalha assim como Yuusuke.
- Sou o Duende Feiticeiro Ruu! – diz o vilão se apresentando. – SeiunVenus e SeiunMars, não deixarei que fujam deste filme com vida!
- Filme? – indagava a alien.
- Mas é claro! – Yuusuke dava um tapa na própria cabeça. – MovieRoid é um monstro Projetor de Filmes, ele nos prendeu em um cenário de filme! Duh!
- E como fazemos pra sair desse, er... Filme?
- Bom, somos os mocinhos, certo? – diz Yuusuke a olhando de canto. – O que os mocinhos fazem?
- Salvam o dia!!! – diz Miya correndo na direção dos soldados se transformando em SeiunVenus.
Yuusuke corre se transformando em SeiunMars e os dois começam a lutar contra os soldados. Ruu se afastava um pouco e usava seu enorme cachimbo para desferir bolas de energia contra os nossos heróis causando explosões enquanto estes enfrentavam os Dollers. Enquanto isso, no nosso mundo, MovieRoid aterrorizava a cidade com seus raios.
- Rendam-se humanos! – dizia Kororu. – Este planeta agora é do Império Brazillo!!!
Kenshin, Takato e Ino observavam a tudo da UniShip. Kenshin dava um soco no painel.
- Não acredito! – diz o rapaz. – Não acredito que depois de tudo, nós falhamos!
- Precisamos fazer alguma coisa. – dizia Ino.
- Não sejam tolos. Acabou. – dizia Takato desiludido. – Não somos suficientes sem Miya e aquele idiota do Yuusuke. Só o que conseguiremos é morrer tolamente.
- Desgraçado... – Kenshin cerrava os punhos. Ele se aproxima e puxa Takato pela gola. – Você nunca quis entrar na equipe, não é?! – ele o olhava com ódio. – Tudo porque é um covarde! Sempre com esse papo de “se meter em encrenca”!
- E dai? – questionava Takato. – Você é um tolo igual o Yuusuke. Sempre se metendo nas enrascadas dele.
- Ora, seu...! – Kenshin perde a paciência. Ele fecha o punho e lança um soco em Takato.
Ino gritava para os dois pararem e Takato segura o golpe do rapaz. Os dois se encaravam por um instante quando Krinus chama a atenção deles para algo que estava acontecendo. Eles olham na tela e veem as pessoas tacando latas na direção de Kororu e MovieRoid. Kenshin abre um sorriso e olha para Takato e Ino.
- Eu sei que você acha Yuusuke um idiota. – dizia Kenshin. – E talvez eu seja um por seguir o exemplo dele, mas ele jamais abandonaria essas pessoas. Yuusuke jamais abandonaria alguém, ele nunca me abandonou e é assim que eu quero ser também.
Kenshin sai correndo. Ino estava para o seguir quando Takato segura a mão dela.
- Está tudo bem ter medo. – diz Ino. – Eu também estou. Mas eu não posso virar minhas costas para aquelas pessoas.
Ino se solta e corre atrás de Kenshin. Takato olha pra Krinus que apenas o encarava. Ele então suspira forte e vai atrás dos dois. Os nossos heróis chegam na cidade dando chutes e socos em alguns soldados que estavam com Kororu e MovieRoid.
- Sabia que ia acabar vindo! – diz Kenshin para Takato.
- Não me entenda mal! – dizia Takato. – Ainda acho isso tudo uma tolice, mas aquele robô realmente me incomoda!
- Então querem ter o mesmo fim que seus amigos? – diz Kororu.
- Idiotas, deviam ter fugido! – diz MovieRoid. – Soldados Dollers, acabem com eles!
Os Dollers aparecem em numero indo na direção dos nossos heróis que se transformam e começam a trocar socos e chutes. SeiunMars e SeiunVenus enfrentavam outros sob o comando de Ruu.
- Não deixarei que atrapalhem os planos do Rei Ika! – diz o duende feiticeiro. – Jamais sairão daqui com vida!!!
O duende começa a balbuciar palavras incompreensíveis. O fundo fica todo negro com pequenas trovoadas que por pouco não atingem os nossos heróis. A imagem de trevos de quatro folhas surgia voando na direção deles se prendendo em seus peitos. Os trevos explodem jogando nossos heróis nas pedras próximas ao mar. SeiunMars segura SeiunVenus que se vê diante de um enorme mar.
- Miya-chan! – dizia SeiunMars. – Aguente firme!
- Yuusuke! – gritava desesperada. – Não me solta!
- Não vou! – ele dizia.
O guerreiro vermelho então logo percebe uma coisa. Eles estavam em um filme e em todo filme, existe um mocinho e uma mocinha que está sempre em perigo. O nosso herói então acaba descobrindo como sair dali.
- É isso! – diz SeiunMars. – Já sei como nos tirar daqui!
- O-O quê?! Eu numa situação dessas e você preocupado em como sairmos?!
- Miya-chan, você confia em mim?   
- Não muito!   
- Vai ter que servir!
- Yuusuke, o que você vai... – ela ia dizendo no que é puxada pelo nosso herói e atirada para cima.
Ele então ativa sua arma em GunMode e gira disparando contra os soldados que vão ao chão e explodem. SeiunVenus cai nos braços do herói. Os Unirangers enfrentavam Kororu e MovieRoid quando o monstro começa a sentir uma grande dor.
- MovieRoid, o que houve? – indagava Kororu percebendo que o monstro não parava de sentir dor.
- Minha barriga dói. – respondia o monstro. – Eu acho que vou... Que vou...
MovieRoid se vira para cima lançando um feixe de luz de seus olhos que se torna um forte clarão. Desse clarão aparecem o Duende Ruu e SeiunMars com SeiunVenus em seus braços. Os outros heróis pareciam contentes em vê-los vivos e a salvo.
- Amigos! – dizia SeiunJupiter se aproximando deles. – Que bom que estão vivos!
- Vai ser preciso muito mais que isso pra nos derrotar! Hehehehe – diz SeiunMars.
- Y-Y-Yuusuke-kun... – diz SeiunMercury com um tom de voz sem graça. – Você e Miya... Vocês...
É então que os dois percebem que SeiunMars ainda a segurava em seus braços. SeiunVenus começa a estapeá-lo o chamando de pervertido aproveitador no que o herói a solta pedindo desculpas. Kororu não parecia nada contente com a situação e começa a bater e chutar o traseiro do duende dizendo pra que ele desse um jeito naquilo. O duende faz com que uma folha semelhante à de sua barriga saísse dela. Ele então movimenta o cachimbo em círculos balbuciando palavras em uma língua desconhecida e lançando a folha magicamente sob o monstro. MovieRoid toma uma forma gigantesca.
- Agora sim meu filme será gigantesco!!! – dizia o monstro.
SeiunVenus chama por Krinus que imediatamente pilotava a UniShip a fazendo pousar sob uma montanha. Um compartimento na UniShip se abre e então cinco máquinas se preparavam para sair do deck. Um carro de exploração em cor verde, um caça preto com detalhes dourados, um disco espacial em tom amarelo com o topo preto, um satélite azul e por fim um foguete vermelho com detalhes dourados e led verde.
- LAUNCHING... RED ROCKET! -
- LAUNCHING... YELLOW DISK! -
- LAUNCHING... BLACK FIGHTER! -
- LAUNCHING... GREEN EXPLORER! -
- LAUNCHING... BLUE CRAFT! -

As máquinas são lançadas em direção aos heróis. Seiun Venus salta entrando no mecha e então os outros prontamente fazem o mesmo já iniciando o Gattai.
- SEIUN GATTAI! -
- STARTING! CHOU FORMATION! -

O foguete se encaixa à nave espacial. O jato se divide formando os braços que se acoplam ao robô. O carro espacial toma a forma de uma perna que se acopla à turbina direita do foguete enquanto o satélite toma a forma de uma perna também que se acopla à turbina esquerda do foguete. Um compartimento na parte superior do foguete se abre revelando um rosto que brilha seus olhos intensamente e se mantendo ligado.
- PODEROSO UNIGREAT! ATERRISSAR! – dizem todos em uníssono.
UniGreat parte pra cima de MovieRoid que começa a trocar golpes simples. UniGreat atinge o TechnoMonstro com dois socos o fazendo se afastar.
- UniMísseis, disparar! – diz SeiunMars apertando um botão.
Um compartimento nos ombros de UniGreat se abrem e dois mísseis são disparados contra MovieRoid que despeja faíscas. O monstro parte pra cima de UniGreat que salta numa cambalhota pra trás e o atingindo com um chute o lançando contra o chão. O vilão se levanta indignado.
- Vocês estão estragando o meu filme de Kaijyuu! Tomem isso!
O TechnoMonstro os atingem com os filmes explosivos que fazem UniGreat se afastar. Em seguida, o mecha chama pela Seiun Sabre e desfere alguns ataques contra o monstro que solta ainda mais faíscas.
- SEIUN SABRE! - os cinco dizem no que o UniGreat balançava sua espada de um lado para o outro. Em seguida ele puxa a espada e a para em 90º perpendicular à cabeça. - CHOU SLASHING BOLT!
UniGreat enche sua lamina de energia com raios que caíam sob um fundo negro. O robô corre na direção do monstro e atravessa a espada verticalmente e depois horizontalmente. MovieRoid gira seu corpo em 360º e se choca contra o chão criando uma grande explosão. UniGreat se posiciona em pé enquanto os Unirangers comemoravam a vitória.
- Isso sim é uma vitória de outro mundo! - dizia SeiunMars fazendo joinha para a tela.
Passado algum tempo, os nossos heróis voltam para a UniShip. Eles comemoravam a derrota sob o monstro e o retorno de Yuusuke e Miya. Todos festejavam quando Miya se aproxima dele.
- Obrigada. – dizia a alien.
- Hm? – Yuusuke estranhava. – Pelo que?
- Por me salvar. Duas vezes.
- Eu te falei, somos amigos. – diz Yuusuke. – E depois, você precisa voltar para Kiriba, certo?
- O-O que? – a alien estava realmente surpresa. – C-Como sabe sobre...
- Na outra noite. – cortava o herói. – Você olhava o holograma e deixou escapar o nome. Ele deve ser seu namorado, né?
- Meu noivo. – corrigia Miya. – Mas ele morreu protegendo meu planeta contra Mono, o líder dos Terroristas Espaciais.
- Entendi... – dizia Yuusuke um tanto triste. – Espera, você disse que ele morreu?
- Sim. – Miya estava visivelmente triste. – Se foi com o meu planeta.
- Bom! – Yuusuke se levantava de repente. – Esse papo tá muito deprê! Vamos?
- P-Pra onde? – Miya dizia confusa. – Pro Shopping! Você também, Ino-chan!
O rapaz pega as duas pelos braços e as arrastam consigo. Nos olhos de Yuusuke e Miya, podia-se ver um brilho mais forte como se algo nascesse entre os dois.
Continua...

Pessoal! É hora do Quiz planetário!
A porta da sala de comando da UniShip se abre, Krinus teclava rapidamente no computador. A câmera se aproxima dele.
- Olá! O que acharam do episódio de hoje? Sinto os batimentos da Srta.Miya diferentes hoje, não consigo definir o significado...  – dizia o robô. - O episódio de hoje foi centrado na Srta.Miya e no Sr.Yuusuke, portanto, vamos falar do planeta Vênus! – ele apontava para o telão que mostrava uma imagem do planeta. - O planeta Vênus é tido como o planeta mais quente do Sistema Solar. Porquê?

Encerramento: https://www.youtube.com/watch?v=1gRdGs1kIzg

Pessoal! É hora do quiz planetário!
- Oh, olá de novo! – dizia Krinus. – E então? Descobriram? Bom, a resposta é: devido aos componentes de sua atmosfera. Ela é bem densa e constituída por 96,5% de dióxido de carbono, que não permite que o calor escape da superfície, provocando um efeito estufa extremo no planeta. Outros componentes de sua atmosfera são o nitrogênio, monóxido de carbono, hélio, água, argônio e dióxido de enxofre. Agora fiquem aí e vejam o que vem a seguir!

Atention! Atention! A nave já vai partir!
Takato sempre foi um rapaz meio fechado, sempre teve seu dia-a-dia cheio, tudo ia bem até o aparecimento de seu irmão que guarda um segredo... Qual será? Launch 6 – Reunião de família

MovieRoid