segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Kaijyuu Sentai Pokeranger - Capítulo 01




Olá pessoal, aqui é o FanficMaster, venho colaborando com o pessoal aqui da Planetsatsus traduzindo Giant Savers e agora vou começar a colaborar também postando uma fanfiction minha já de longa data, espero que gostem!


A nossa amada Terra, por muitos anos, ela é protegida por grupos de humanos especializados em artes marciais e que possuem suporte de tecnologias altamente avançadas. A esse grupo de humanos, damos o nome de Super Sentais, os grandes protetores do planeta Terra que lutam em prol da justiça, amor e liberdade. Porém, há muitos anos atrás, quando os humanos começavam a explorar o nosso planeta, seres dotados de grandes poderes protegiam nosso planeta. Esses seres especiais eram chamados de monstros, e tudo na Terra corria bem, até que um humano, muito poderoso, descobriu um meio de se aliar a esses monstros e com a ajuda de um monstro, ele pôde controlar outros monstros de índole má. Muitos anos depois, os monstros de índole boa se uniram aos humanos bons e foram separados daqueles possuídos pelas trevas e então uma guerra constante se iniciara. Foram séculos assim até que, um Mago muito poderoso lançou um feitiço contra esse humano aprisionando ele e seus seguidores num lugar completamente desconhecido, a esse lugar, deu-se o nome de abismo profundo, mas o tal humano, que se auto proclamava Lord Maldito, jurou vingança contra todos e que um dia, voltaria para ter o planeta sob seu comando e destruir a tudo que fosse conquistado pelos humanos, Lord Maldito jurara vingança eterna. Temendo por tal feito, 6 monstros aprisionaram seus espíritos em esferas para assegurar que Lord Maldito não voltasse do abismo profundo por um bom tempo, e um bom tempo se passou, pra ser mais exato, passaram-se 200 anos...

Catch 01: O desafio de dois campeões! Os espíritos guardiões despertam!
Planeta Terra, atualmente, Japão... Em uma escola de artes marciais, passos são escutados até que a cena se foca em uma porta que se abre, dessa porta vê-se claramente uma garota que aparentava ter uns 24 anos, de cabelos castanhos, mais ou menos grande. Ela entra e para de frente para um homem que estava de costas...
- Anne Matsuya se apresentando mestre... – diz ela abaixando a cabeça enquanto fechada os olhos, em forma de respeito.
O homem logo leva um susto, mas se recupera e se vira, era um senhor que aparentava ter uns 40 anos, cabelos quase grisalhos que usava uma jaqueta de couro marrom e uma camisa vermelha por baixo, ele se aproximou de Anne, olhou bem para ela e respirou fundo...
- Anne “Fox” Matsuya... – dizia o velho -... Você criou uma grande reputação durante esse tempo que está treinando conosco, sua habilidade quanto ao Taijutsu é notável. Não é a toa que é a seguidora de Squirtle, o espírito protetor das águas.
- Obrigada mestre *Oak...- diz Anne fazendo reverencia a Oak mais uma vez.
Oak pigarreia, molha a boca, e volta a dizer:
- Porém, logo Lord Maldito irá retornar, eu sinto isso e, como descendente direto do Mago que o prendeu no abismo profundo, não posso permitir que ele faça o que bem entenda, por isso, eu criei esse dojô e treinei, com a ajuda da treinadora Joy e da treinadora Jane, muitas pessoas com potenciais para despertar os espíritos, a primeira a dar indícios foi você Anne, e me orgulho muito disso, porém...
- Sim mestre, fico grata de ter alcançado suas expectativas, porém...? – diz ela curiosa e ansiosa pela conclusão de seu mestre.
- Porém, minha querida... – continuava Oak - devo confessar que você sozinha não será capaz de defender a Terra! – aquilo chocara Anne por um instante que em seguida volta à uma expressão comum e continua ouví-lo - Pensando nisso, coloquei à prova dois fortes lutadores com a probabilidade de despertarem os espíritos de Charmander, o espírito valente do fogo, e de Elekid, o espírito ágil e perspicaz do trovão.
- Entendi mestre, acho que sei onde quer chegar, o senhor... – dizia ela tentando esconder um certo receio - Quer que eu seja o último desafio deles, certo?
- Exatamente minha pupila, certa como sempre. – confirmava ele.
Anne dá um sorriso de canto e pergunta a Oak quem eram eles.
Oak pega um controle remoto e liga o monitor atrás dele, no visor estavam as fichas dos dois rapazes. Oak pressiona um botão que deixa em destaque a ficha de um deles, o nome dele era Rayato Valugi, um expert na arte do Muay Thai, e um exímio controlador do fogo. O outro era Miegel Naoya, que possui um grande respeito por sua nominação passada de geração em geração, era conhecido por Thunder025, pois era um exímio controlador do trovão, ele podia controlar 25 técnicas diferentes com o elemento trovão, o que era um recorde, sua especialização, era a arte do Kung Fu.
Ao ver aquilo, Anne fica surpresa pois os dois realmente eram muito bons, mas não aparentavam tudo aquilo, ela resolve observar bem de perto o desafio dos dois. Mas, enquanto isso, no abismo profundo, alguém escondido pelas trevas acariciava uma espécie de gato...
- Está vendo, meu querido Persian? Os humanos não passam de seres nojentos... Seria repugnante deixa-los viver assim, é por isso que eu tenho de fazer alguma coisa, e eu o farei... hahahahaha! – ele ria enquanto acariciava o pequeno monstro em forma de gato - Chegou a hora da minha vingança! Deixe-me ver... – ele olhava por um monitor imagem de vários monstros, cada um mais medonho que o outro - Que monstro enviar? Que monstro enviar? Hum...
- Se me permite senhor... - diz uma voz vinda do escuro – Por que não envia o monstro Beedrill?
- Você não é de um todo inútil, pode ser uma boa ideia...
De volta ao dojo de Oak, Rayato e Meigel continuam seu árduo treinamento. Rayato passa por uma situação bem desconfortante, ele estava parado na ponta de um planalto rodeado de fogo, a temperatura era muito alta, seu corpo suava incessantemente, o seu objetivo era sair de lá sem ser queimado. Enquanto isso, Miegel era emerso por vigas de aço e seus braços e pernas eram puxados todos ao mesmo tempo, seu objetivo era se soltar antes que seu corpo se quebrasse todo.
Rayato senta no solo de pedra e começa a pensar no que fazer, de repente ele abre os olhos e o fogo em sua volta começa a borbulhar e a se elevar, vários jatos de fogo sobem e começam a se chocar contra o planalto, isso vai acontecendo sucessivamente até que o pedaço onde ele estava se racha e sobe com a pressão, ao alcançar a altura certa, Rayato dá um salto e gira no ar parando do outro lado, já Miegel começa a sentir muita dor e a se irritar, de repente ele grita e pega as vigas, ele concentra o máximo de eletricidade em suas mãos e a solta contra as vigas que conduzem a eletricidade até o mecanismo que as faziam funcionar e, por consequência, param de puxá-lo e o solta. Os dois tocam o chão.
- Muito bem... – dizia Anne se aproximando - Estou surpresa, devo confessar, vocês fazem jus aos seus títulos de luta.
- Obrigado, mas eu sou apenas um principiante ainda... – dizia Rayato um tanto sem graça.
- Você?
Rayato Valugi? Um principiante? Não seja modesto... E você... – dizia Anne se virando para o rapaz de uniforme amarelo - Miegel Naoya, mais conhecido como Thunder025.
- Hã?! É comigo?- dizia ele de forma mais agressiva e marrenta - Hunpf, diz logo, quem é você e como nos conhece? Nunca
te vi aqui dentro.Valugi se aproxima de Thunder025 e dá um soco em sua cabeça.
- Tá maluco?! Fez isso porque?! – diz o rapaz ainda mais irritado.
- Idiota, como não sabe quem é ela? Hunpf... – Valugi fecha os olhos e faz uma expressão de sabedoria misturada com arrogância - Por acaso não sabe da lenda contada nesse dojô?
- Han... Não? – Miegel dizia enquanto coçava a cabeça.
- Hunpf! Em que mundo você vive? – Valugi não conseguia acreditar na figura que estava diante dele - Dexa pra lá! Eu te conto então! Vamos lá... Reza a lenda que a 200 anos atrás, o Lord Maldito foi aprisionado pelo antepassado do mestre Oak, o dono desse dojô e que ele jurou se vingar e voltar...
- Tá beleza mas... – ele bocejava de tédio - Onde ela entra?
- Bem, pelo que eu sei os espíritos que protegiam a terra, se aprisionaram e seriam despertados quando necessário. – ele olhava pra cima como se estivesse raciocinando aquilo apenas naquele momento e então voltando a olhar pra ele em seguida - Ela, meu amigo, foi a primeira a desperta um desses espíritos, o espírito da água: Squirtle – ele se vira pra ela – Estou certo?
- Sim, Sim... – diz ela abrindo um sorriso - Você tá por dentro, hein?
- Então... Se ela está aqui, isso quer dizer que...
- Vocês são fortes candidatos a despertarem os espíritos do fogo e do trovão...
- Hum... – Miegel leva a mão ao queixo, se fazendo de descolado - Interessante... O que estamos esperando, então?
- O meu teste pra vocês! E ele será...
No momento em que Anne iria concluir a frase, o mestre Oak a chama até a sala dele. Ela pede licença aos dois e vai correndo até lá, os dois se olham e então correm atrás. Anne chega à sala e logo em seguida Valugi e Thunder025 que trombam nela e então os três caem no chão, eles tentam se mover e sair um de cima do outro até que Anne percebe a cara de seriedade do Mestre Oak e sai de baixo dos dois, eles param ajoelhados em posição de respeito e o Mestre Oak começa a falar...
- Vocês três são a nossa única salvação no momento...
- O que houve mestre? – pergunta Anne notando a preocupação nele.
- O que eu temia aconteceu, Lord Maldito começou sua vingança. Ele mandou um Pokemon destruir a cidade...
- Um Pokemon, senhor? – diz a garota um tanto que perdida.
- Sim, é como estamos chamando esses monstros... – explica Oak de forma resumida e com pressa - O nome desse monstro é Beedrill, tomem cuidado, ele é um exímio lutador, suas agulhas venenosas são um perigo total, entenderam?
- Peraí mestre... – dizia Valugi o cortando - O senhor está pensando em nos mandar junto com Anne?
- Eu não tenho escolha....
- Peraí, o senhor é louco mestre?- diz Miegel sem se preocupar com a falta de respeito - Nós não despertamos os espíritos do trovão e do fogo ainda, como o senhor acha que poderemos com esse tal Beedrill?
- Eu entendo sua preocupação, mas não tenho outra alternativa, eu tenho quase certeza de que vocês os libertarão...
- Ma-Mas, mestre... – Valugi estava recioso, mas sentia que precisava fazer aquilo e então muda o tom para um mais decidido e positivo - Ahhhhhhhhh... Tá legal, vamo nessa!! Tô inspirado agora!
- Ei! Calma ai mocinho! – intervém Anne quase como uma mãe chamando a atenção dos filhos - Vamos lá sim, mas não se empolgue...
Anne puxa Rayato e Miegel pelos quimonos para fora da sala e então os 3 se dirigem até o centro da cidade de Pallet onde estava ocorrendo os ataques de Beedrill, as pessoas corriam em polvorosa pelos cantos, Beedrill lançava dardos com seus ferrões venenosos pelos prédios que se destruíam, o monstro é surpreendido por uma voadora que o atinge e então ele cai no chão, quem dera a voadora era Miegel que estava junto com Anne e Rayato, Beedrill se levanta e se enche de raiva.
- Grrrrrrrr... – dizia o monstro enraivecido - Quem são vocês e o que querem aqui?! Não me digam que vieram aqui tentar me impedir?
- É isso mesmo, é o que viemos fazer! – dizia Valugi bancando o machão mas sentindo medo por dentro - Não deixaremos que você e seu mestre façam o que quiserem!
- Hunpf... – Beedrill os olha de cima a abaixo - Vocês são patéticos! – o monstro desdenha - Devem morrer, sintam o poder da minha técnica! Sintam o veneno de meu ferrão!
TWIN NEEDLE!!!!
Beedrill se lança contra eles preparando seus ferrões, ele para entre os três rapidamente e atinge Anne e Rayato que são lançados para longe e caem, em seguida ele se vira para atacar Miegel que segura os ferrões de Beedrill.
- Você não é páreo pra mim idiota, você pode ser rápido, mas precisa ser rápido como um trovão, será que consegue? - diz Miegel provocando o vilão.
Beedrill ataca Meigel com o outro ferrão mas o herói escapa, ele dá um salto e se apoia numa pilastra se jogando contra Beedrill que brilha seus olhos e começa a voar escapando do ataque, Miegel para e olha para cima se irritando.
- Maldito... – dizia ele tentando acertar o monstro pulando - Desça daí, monstro covarde! Isso não é justo!!
- Você vai sentir meu segundo poder, idiota!
SKY ATTACKKKK!!!!!
Beedrill começa a brilhar os olhos, ele se lança no ar contra Miegel que observa atentamente aos passos de Beedrill, parecia ser um ataque simples, quando de repente, em volta de Beedrill surgem vários clones dele que preparam seus ferrões contra o rapaz, que tenta escapar mas era inútil e é lançado pra perto de seus amigos.
- Hahahaha idiotas, nunca vocês conseguiriam me vencer...hahahahhaa – desdenhava o monstro.
- N-Não conte vantagem ainda... – Anne se levantava, mesmo ferida um pouco.
- Hã? Mas como?! Você deveria estar caída no chão envenenada agora...!!!
- Você diz por causa disso? – Anne retira uma placa de metal debaixo de seu quimono.
- Co-Como? – Beedrill não conseguia entender quando aquela placa de metal foi colocada ali.
- Você é rápido, mas nem tanto! – explicava a heroína - Eu percebi seu movimento na hora e rapidamente peguei um pedaço de ferro dos destroços que você causou! Hahahaha! – ela tirava sarro do monstro - Imbecil, agora você vai ver...!
Anne ergue seu braço direito, na mão havia um objeto preso ao punho. Ela aperta um botão, Beedrill tenta atacá-la mas ela dá um rolamento e escapa do ataque, em seguida do objeto aparece uma bola com detalhes vermelhos em cima e branco em baixo, ela gira e diz: “Pokébola....vaiiiiiiiii!!!!!!!” a bola se abre no meio e uma luz azul sai de dentro dela que começa a envolve-la. Seu corpo passa a ser revestido por uma roupa especial em coloração azul, o peitoral de Anne toma uma cor de pele com o símbolo da água no cinto em azul, a barriga e o resto do corpo era todo azul com umas manchas de mesma cor porém mais escuras e no centro o símbolo de uma pokebola. A cabeça de Anne é revestida por um capacete todo azul, o visor era preto e em cima do visor, havia uns olhos que lembravam os de Squirtle. A transformação se acaba e Anne para em posição, a imagem do pokemon Squirtle aparece atrás dela.
- Que isso? Hunpf... Não pense que por que ganhou uma roupa nova, pode me vencer... – dizia Beedrill incrédulo.
- Isso nós veremos...
PokeBlue parte para cima de Beedrill que voa para trás e então os dois começam a lutar e a trocar golpes, Beedrill tenta atacá-la com os golpes de outrora mas de nada adiantava, já não funcionava mais, então o monstro levanta vôo novamente e resolve atacá-la com outra técnica: o HYPER BEAM. Beedrill concentra o máximo de energia em suas mãos e então dispara um raio muito poderoso contra PokeBlue que aperta outro botão no objeto em seu braço e uma espécie de casco de aço aparece em sua frente, ela se protege do raio com ele...
- Hunpf! Imbecil, Squirtle tinha um casco muito duro hehehhe. – ela tripudia do inimigo, o deixando ainda mais irritado.
- Então vamos ver do que você acha disso... - Beedrill pega uma pokebola e joga no ar, essa pokebola se multiplica e todas elas se abrem
- Caterpies, venham ao meu comando! – diz o monstro.
Vários vermes aparecem em forma humanoide e começam a lutar contra PokeBlue que se vê cercada deles, ela tenta enfrentá-los, mas nada parecia adiantar, Valugi acorda e vê aquilo, ele tenta se levantar, mas seu braço estava dolorido e numa coloração negra, ele sentia o veneno de Beedrill percorrer todo o seu corpo. Miegel acorda e vê aquilo também, mas ele se sentia imponente perante tudo.
- Se ao menos tivéssemos despertado os espíritos do fogo e do trovão... – pensavam os dois.
Eles viam Anne sendo atacada pelos soldados de Lord Maldito e não acreditavam em seu próprio potencial mais. Anne chama pela ajuda dos dois, mas eles dizem que seria inútil, que a batalha já estava perdida, ela então dá um grito para chamar a atenção dos dois e diz que estava extremamente decepcionada com ambos, que se eles diziam aquilo realmente, eles não passavam de lixo. Os dois ficam mais deprimidos ainda, então, os objetos nos braços dos dois começam a piscar, eles apertam o botão.
- O que vocês estão fazendo? Por que não ajudam Anne? – dizia a voz de Oak saindo de um comunicador embutido no aparelho.
- Mestre... – dizia Rayato envergonhado – Mas, do que adiantaria? Se ela que despertou o espírito da água não consegue, por que nós conseguiríamos?
- Ele está certo. – concordava Miegel - Mestre, nos perdoe, nós não somos capazes de despertar os espíritos do fogo e do trovão...
- Vocês não entendem, não é? – dizia Oak com um tom de decepção - Hunpf, Anne quem insistiu para vê-los treinando! Ela, assim como eu, acredita em vocês! Vocês só precisam acreditar em si mesmos, não desistam antes da hora, ela está lutando por vocês também, por que ela acredita em vocês!
- Mestre, eu... – Miegel fechava os olhos - Me sinto envergonhado, e-eu...
- Mestre... Anne... – Rayato cerra os punhos e então muda para uma feição séria poe firmeza em sua voz – Certo! Eu vou nessa! Yoshiiiiiii... – ele se vira para o amigo - Miegel, levante-se, vamos!
- Como é? Você também? – dizia o jovem surpreso com a reação do amigo.
- Não há tempo a perder, vamos lá! Todos contam conosco!
- Rayato, você também... – ele limpa as lágrimas nos olhos e abre um sorriso voltando a expressão marrenta de outrora – Certo! O que eu estava pensando? Vamos lá!

(música de transformação: Pokemon theme – english version)
Nesse momento, dentro de cada um deles, um brilho vermelho e amarelo surge no formato de um olho, o fogo começa a envolver Valugi e uma forte luz elétrica envolve Miegel. A imagem de Charmander e de Elekid surge atrás deles, isso chama a atenção de Beedrill e de PokeBlue. Beedrill não podia acreditar naquilo, os dois pressionam um botão no objeto em seus braços, uma pokebola aparece e eles as giram dizendo “pokebola vaiiiii!!!!”. Da pokebola de Rayato sai um raio vermelho que toma conta de seu corpo e da pokebola de Meigel sai um raio amarelo que o envolve.
O corpo de Rayato é envolvido por uma roupa vermelha cujo peitoral possuía uma coloração de pele, em sua cintura, o cinto lembrava a calda de um lagarto e, no centro de seu peito, o símbolo de fogo estava localizado. No capacete a boca era toda vermelha em volta, em cima havia o visor negro, com uns dentes em volta dele, e em cima do visor, o rosto de um lagarto.
Já Miegel teve seu corpo revestido por um uniforme amarelo com detalhes negros. No peitoral, estava o símbolo do trovão em negro, e em seus braços, havia duas listras negras em volta, o cinto eram duas listras negras com um trovão no meio. O capacete tinha a boca em amarelo, em cima dela, vinha o visor negro, e em cima do visor uns olhinhos, nos cantos do capacete haviam duas pontas que lembravam muito uma tomada.
Os dois param em uma posição a imagem de Charmander e de Elekid aparecem. Eles correm e então PokeRed ataca os soldados Caterpie com um ataque de SCRATH, ele entra num estado meio animal e começa a arranhar todos os soldados com as garras em suas luvas, em seguida ele começa a atacar os soldados com golpes de Muay Thai como um chute direto no peito dos Caterpies, em seguida chama pelas Fire Gloves e começa a esmurra-los, e por fim ele solta o golpe FIRE BOLT onde ele junta as luvas (que parecem os braços de Charmeleon) formando assim uma boca, e então dispara uma bola de fogo contra os inimigos, acabando com eles. Enquanto isso, PokeYellow parte correndo para cima de mais Caterpies dando murros em todos que passavam. Ele então concentra bastante energia e os ataca com seu golpe o THUNDER SHOCK, ele concentra o máximo de energia elétrica, um raio cai sobre PokeYellow que dispara muitos raios contra uma fila de Caterpies que desaparecem na hora. Em seguida, PokeYellow ataca com chutes baixos e por fim joga uma descarga elétrica através da tomada em sua cabeça.
PokeBlue gira no ar puxando a água de uma praça ali perto e então lança contra os outros, PokeRed tem uma ideia, ele pega uma máquina de gelo caída próxima a ele e taca contra o WATER GUN de PokeBlue transformando o jato em gelo que congela os Cartepies, em seguida ela desliza pelo caminho de gelo e os atinge com seus golpes de Taijutsu, os quebrando todos e vencendo, os três se aproximam uns dos outros e se cumprimentam. Beedrill se irrita e parte para cima deles, mas os três o atingem com um soco que o manda para trás novamente.
- Malditos... – dizia ele furioso - Quem são vocês afinal?
- Hunpf... Você não tá preparado para nós! – dizia ele de forma arrogante - Sou o filho do fogo, protetor da coragem! O seguidor de Charmander, PokeRed!
- Prepare-se para levar um choque... – dizia Yellow logo em seguida - O filho do trovão, o protetor da luz! Seguidor de Elekid, PokeYellow!
- Sou a filha das Águas, a protetora da pureza! – dizia Blue completando a rollcall - A seguidora de Squirtle, PokeBlue!
- Defendendo a terra com a ajuda dos espíritos guardiões, Kaijyuu Sentai... – dizia PokeRed finalizando a chamada olhando pros companheiros.
- POKERANGER!!!!! – diziam os três em uníssono.
- Malditos... Eu me cansei de vocês! MORRAM!!!
Beedrill os ataca novamente, mas os três agora estavam bem mais fortes, eles conseguem ver os movimentos do monstro facilmente! Então, eles começam a lutar usando os movimentos de suas técnicas e as unindo e assim vai até que Beedrill cai no chão, PokeRed chama sua arma, a CharGun, PokeYellow também convoca a sua arma, a KidTaking, uma espécie de tomada que ele segura com as mãos (lembra muito as GekiClaw), e PokeBlue chama as suas, a TurtleShield, juntando, enfim, suas armas. PokeRed pega a CharCanon, em seguida, PokeYellow encaixa a KidTaking na arma de PokeRed, e por fim PokeBlue coloca a TurtleShield por cima eles param em posição e apontam a arma para o inimigo.
- O quê?! - dizia o monstro pressentindo o perigo e sentindo um frio no estômago - Vocês acham que vão me vencer com esse canhão?! – ele tentava esconder o medo – Hahahahaha, não sejam ridículos!!!!!
Beedrill começa a correr na direção deles, PokeRed chama por PokeYellow, que começa a bombear o canhão através da KidTaking, enquanto isso, PokeBlue mira através dos canos no escudo, ela diz que o alvo está na mira, Yellow diz estar pronto, e então PokeRed diz “PowerCannon, fire on!” e então uma enorme bola de fogo é disparada contra Beedrill que é atingido e cai no chão, os três desprendem suas armas e param em posição de vitória, nesse momento Beedrill explode.
Vendo isso, Lord Maldito se irrita e manda um outro monstro: Meowth. O monstro chega no local, os três vêm e param em posição de batalha.
- Vocês acham que acabou? – dizia o Pokemon gato que andava em duas paras e com uma moeda em sua testa – Hahahaha! Não sejam ridículos, tomem isso!!!!
PAY DAY!
O monstro felino lança sua moeda para o alto que se multiplica, essas moedas são lançadas passando por eles e atingindo Beedrill que de repente triplica de tamanho e se torna um beedrill gigante. Os pokerangers olham aquilo espantados, o que será que eles farão?
Continua...

Pokemon desse episódio:

Beedril: é um pokemon do tipo inseto, similar a uma vespa, porém com algumas diferenças. Consegue voar em alta velocidade e possui três ferrões terríveis, sendo o ferrão em sua cauda o mais venenoso deles. Será que os Pokerangers derrotaram ele mesmo?

No próximo episódio:
As coisas se complicam, agora, os nossos heróis têm de proteger a cidade contra um Beedrill gigante, como será que eles vão conseguir?
E o que será que o professor Travis está fazendo? Enquanto isso, Rayato tenta entender por que o treinador Oak está o pressionando tanto. Próximo Catch será: Catch 02: - Queimando a chama do vencedor! PokeFighter Energize!

*Nota: Oak = Carvalho
Rayato Valugi

Miegel Nagoya

Anne Fox

0 comentários:

Postar um comentário